10 curiosidades sobre Viver na Tailândia

A Tailândia é um dos locais mais pitorescos do mundo para morar e não é à toa que atrai muitos estrangeiros todos os anos. Se você está querendo viver na Tailândia ou apenas passar um tempo lá, melhor ler estas curiosidades antes.

Só que antes de falar dessas curiosidades, vamos citar o que é preciso para ter uma vida na Tailândia, seja para buscar empregos em Bangkok ou para estudar lá.

E isso porque estamos levando em conta que morar na Tailândia vai muito além de fazer um turismo por lá.

Você pode trabalhar, estudar, fazer negócios… Você pode ter uma vida na Tailândia se quiser.

Mas, para isso vai precisar acertar as questões mais burocráticas.

Burocracia: o que é preciso para viver na Tailândia?

O procedimento é o mesmo valido para a maioria dos países do mundo – e não é muito demorado, apenas burocrático.

Os brasileiros precisam de visto para viver na Tailândia e para solicitar esta autorização é preciso seguir o seguinte passo a passo:

  • Apresentar um passaporte com validade mínima de 6 meses,
  • Assinar um formulário na embaixada ou consulado tailandês em 2 vias,
  • Apresentar 2 fotos 3×4 ou 5×7.

Além disso, você vai precisar apresentar uma carta convite da empresa que você pretende trabalhar em papel timbrado ou uma carta de intenção de negócios.

E é muito importante que conste o seu nome e o número de seu passaporte neste documento se você quiser morar na Tailândia por um tempo.

Por fim, recentemente tem se tornado obrigatório também apresentar um certificado internacional de vacinas que comprove que você está vacinado.

Especialmente contra febre amarela.

Viver na Tailândia

Depois disso, o prazo para liberação do visto é de uma semana.

E é importante que você saiba que existe uma taxa consular para retirada do visto, que é de R$ 190.

Além disso, são cobrados honorários de aproximadamente R$ 280.

Terminado os trâmites burocráticos, você já pode conhecer esse país riquíssimo e as curiosidades apontadas pelos brasileiros que tiveram a oportunidade de viver na Tailândia.

Curiosidades de se viver na Tailândia

Abaixo temos 10 curiosidades fundamentais e que precisam ser conhecidas por quem pretender viver na Tailândia.

1 – Onde comer na Tailândia?

Os tailandeses têm o costume de se alimentar na rua.

Portanto, não precisa ter muito preconceito quanto a isso.

Claro que é preciso a prestar a atenção em algumas características dos locais.

Se você é novato, o ideal é observar quais os lugares mais frequentados.

E considere a gastronomia da Tailândia – que é o próximo tópico.

2 – O que comer na Tailândia?

Olha, os tailandeses não são conhecidos por serem muito higiênicos… De fato!

Então, na hora de escolher uma comida, procure pelos alimentos cozidos, especialmente se você está habituado apenas a comida brasileira ou dos países ocidentais.

Isso vai te garantir, pelo menos, estar seguro quanto as esterilização dos alimentos que passaram pelo cozimento.

E por aqui comemos muitos alimentos cozidos, mais do que os crus.

3 – A religiosidade tailandesa

Os tailandeses são um povo bastante religioso.

Portanto, se você vai viver na Tailândia, é imprescindível que respeite os costumes locais.

Em Bangkok, capital e maior cidade do País, vivem mais de 8 milhões de pessoas e quase todas expressam o budismo com bastante veemência.

Pela cidade você encontra diversos templos e em quase todos os lugares você encontra estatuetas de Buda.

4 – O trânsito às avessas da Tailândia

O trânsito na Tailândia é o contrário do Brasil.

Não entendeu? Espera, vamos explicar melhor.

Lá os motoristas utilizam a mão-inglesa, ou seja, inversa à mão-americana que utilizamos no Brasil.

E acreditem: você não vai se interessar em dirigir por lá e vai querer encontrar formas alternativas de se deslocar porque o trânsito é, simplesmente, caótico.

5 – Uma Belém do Pará asiática

A Capital do Pará e a Tailândia não tem muita coisa em comum, está bem?

Mas guardam uma característica bastante parecida.

A umidade em Belém é de aproximadamente 65%, em média, ou seja, bem alta.

Isso torna as chuvas diárias comuns.

Além disso, potencializa um pouco mais a sensação térmica e causar muito suor.

Na Tailândia não é muito diferente: o país também está próximo a linha do Equador.

Então, os brasileiros na Tailândia, se forem do Pará, não vão sentir muitas dificuldades quanto ao clima e ambiente local.

6 – É fantástico, mas cuidado

É fantástico, mas assim como no Brasil, tenha muita cautela.

O Ministério das Relações Exteriores do Brasil, o Itamaraty, recomenda atenção aos brasileiros que tenham intenção de viver na Tailândia.

Isso vale especialmente para as questões de segurança quanto aos roubos.

7 – Quanto custa viver na Tailândia?

Viver na Tailândia pode ser um pouco mais em conta do que viver no Brasil em termos financeiros – isto é: mais barato.

Os brasileiros na Tailândia contam isso.

Inclusive, aqui do Nomadan.org já falamos disso: você pode ver que é possível gastar, em média, 8 dólares por dia para sobreviver na Tailândia.

O que deve dar cerca de R$ 30 por dia – dependendo da cotação da moeda norte-americana.

O aluguel mensal de uma casa custa em média R$417.

A mesma quantia que se gasta com a compra de comida, seja para preparo próprio ou na rua – que as vezes é mais barato – e com água mineral, por exemplo.

Outras despesas ficam na casa dos R$ 300.

É bom lembrar que na Tailândia não são todos estabelecimentos que aceitam o dólar.

Quanto ao Real, nem pensar! Por isso, é importante utilizar a moeda local, o Baht.

Para se ter uma ideia, na cotação de moedas estrangeiras, 1 Baht é igual R$ 0,116.

Isso mostra que o custo de vida na Tailândia tende a ser mais baixo do que no Brasil.

8 – Tailândia é terra que atrai os nômades digitais

Embora os alertas de cuidado do governo brasileiro, a Tailândia é um país procurado por muitas pessoas que buscam aumentar a qualidade de vida.

O país, curiosamente, é um dos destinos favoritos dos de diversos nômades digitais.

“A realidade que lá tive foi de um conforto incrível”, relata Dan Cortazio.

9 – Comunicação universal na Tailândia

Quem quer viver na Tailândia precisa se alertar com outra coisa: é quase impossível aprender thai, o idioma oficial da Tailândia.

Desta forma, a mímica, a “linguagem universal”, é uma boa pedida.

Em Bangkok, uma metrópole, o inglês pode ajudar, mas prepare os braços e as mãos porque eles vão ser muito utilizados.

Essa é mais uma questão que os brasileiros que vivem a Tailândia apontam.

10 – Brasileiro nos campos tailandeses

Quem está na Tailândia, quer matar um pouco de saudade do Brasil e ver uma partida de futebol, pode se deparar com o atacante Diogo, ex-Palmeiras, Santos e Flamengo.

O jogador vive no país desde 2015, defendendo o Buriram United.

Em entrevista ao site Trivela, Diogo disse que os tailandeses são fanáticos por futebol, embora, ao contrário do Brasil, ele aponta que nas derrotas, ao invés de cobrar os jogadores, continuam apoiando.

“Eles têm uma hospitalidade e um calor humano que deixam qualquer um tranquilo para viver aqui”, afirma o jogador que vive na Tailândia há 3 anos.

Da redação

Add Comment