Confira 5 passos para vender no Mercado Livre e trabalhar em casa

PROPAGANDA

Atualmente, o Mercado Livre é considerado o maior marketplace do Brasil. Em 2018, a plataforma registrou um número de 25 milhões de compradores e 8 milhões de vendedores. Por isso é que tem se transformado em uma forma de as pessoas ganharem dinheiro trabalhando de casa.

Se você também está pensando nisso, saiba que os primeiros passos é justamente reconhecer como isso é possível. Abaixo, a gente trouxe os 5 passos iniciais para quem quer começar a vender no Mercado Livre para criar a chance de trabalhar de casa no próximo ano.

Se por um momento você via a plataforma como opção para vender objetos que você não usa mais, saiba que hoje em dia dá para vender produtos novos e importados também. E isso é o que tem feito muita gente ganhar dinheiro online.

1 – O Mercado Livre

O primeiro dos passos, que talvez seja o mais importante deste conteúdo, é você conhecer a plataforma e saber quais são as regras dela. Essa é, inclusive, uma regra geral de todo tipo de trabalho: você deve saber e conhecer o seu local de atuação.

Então, estude como é possível ganhar dinheiro no Mercado Livre e descubra as melhores dicas de segurança para evitar prejuízos também. Até mesmo porque fazer isso é muito simples: primeiro você acessa a página do Mercado Livre, depois lê o Termo de Uso.

PROPAGANDA

A partir dessa página você poderá ter instruções importantes sobre a compra e venda de produtos, sendo que é isso que vai fazer você lucrar na plataforma ou no app gratuito. Para se ter uma ideia, você pode usar até mesmo o Mercado Livre Premium, que é uma ferramenta.

2 – O Mercado de Atuação

A próxima dica é você considerar o seu mercado de atuação ou, como muitos gostam de dizer, o seu nicho de mercado. Isso vai ser importante para você configurar a sua venda, a sua campanha e o seu produto também.

O Mercado Livre é como um grande campo, aberto, de possíveis negociações. E não é inteligente da sua parte querer vender de tudo lá. Você deve focar em determinados produtos, de determinadas categorias, por exemplo. Isso vai aumentar as suas chances de venda online.

Uma boa dica é encontrar os melhores produtos para serem vendidos no Mercado Livre. Você tem que estudar, por exemplo, que toda venda tem o custo do frete. Além do mais, nem todo produto é bom para ser vendido nessa plataforma.

O seu resultado, independente do que você vai vender, tem que ser um produto de qualidade.

3 – O Planejamento de Marketing

Mais uma das dicas para quem quer trabalhar de casa vendendo no Mercado Livre é sobre o planejamento que se deve ter. Como em qualquer outro e-commerce, você vai precisar disso, inclusive, saber o seu mercado de atuação vai influenciar nesse planejamento.

Verifique como o seu produto é visto no mercado, saiba quais são os seus concorrentes, estude a precificação do seu produto, estude as possibilidades de frete, entenda o que o público está buscando nessa plataforma, etc.

Isso tudo faz parte do seu planejamento de marketing, que também deve envolver as questões financeiras. Você tem que saber que, como todo tipo de negócio, nesse você também tem que ter o seu lucro, mas sempre respeitando o seu público.

Ah, e não se esqueça do marketing digital. Por ser uma plataforma online, o marketing digital vai estar ao seu lado na hora de focar em uma companha ou propaganda mais bem direcionada ao seu público. Isso gera acessos, vendas e lucros.

4 – A Descrição do Produto

Mais uma boa dica é se atentar a sua descrição do produto. O que é importante na hora de vender no Mercado Livre? Entre tantas coisas, considerar a qualidade do seu produto, o seu atendimento, a sua entrega e o bem-estar seu comprador.

Então, a descrição do produto tem que ser ótima, perfeita, completa. E deve vir com explicações, passo a passo, imagens verdadeiras, modos de usar, etc. Isso vai fazer toda a diferença na hora de a pessoa te ver como um bom vendedor.

Você também pode gostar de ler essas matérias:

O resultado é direto: os compradores se sentem mais seguros e confiam mais no seu produto antes mesmo de finalizar a compra. Portanto, dedique mais tempo nesse ponto, já que pouca gente tem feito isso e os resultados aparecem de forma negativa.

Quanto às fotos, seja realista. Evite tirar fotos de ângulos escuros ou embaçados ou que não permita uma ótima visualização do tamanho real do produto. Aposte em modelos e cores diferentes para mostrar a diversidade do seu produto.

5 – O Relacionamento com o Cliente

Para finalizar essa lista de como vender no Mercado Livre, considere a importância de ter e criar um bom relacionamento com o seu cliente. Dentro do marketing, esse ponto é um dos indicadores para dizer se você terá sucesso no negócio online.

Até mesmo porque com o marketing digital você tem uma resposta muito rápida. Se atrasar na entrega, por exemplo, você vai receber a reclamação aberta ao público. Se entregar um produto de qualidade ruim, também.

Então, uma boa ideia é sempre manter um bom relacionamento com o seu cliente. Se for atrasar na entrega, ofereça um desconto, um pedido de desculpas ou até mesmo uma explicação a ele. Claro que isso não vai ser melhor do que não atrasar, mas é um bom começo.

Esse relacionamento com o cliente é o que vai criar a sua reputação dentro do Mercado Livre e, como você deve saber, quanto melhor ela for, maiores as chances de você vender mais.

PROPAGANDA