7 passos infalíveis para quem quer vender no Facebook

Na boa, esse não é um texto dos menores que você vai ler hoje. Mas, de verdade, o conteúdo descrito aqui pode fazer toda a diferença para todo mundo que quer vender no Facebook.

E isso porque nem precisamos falar muito sobre essa mídia social, né.

Mas, vamos mostrar alguns dados aqui interessantíssimos:

  • O Facebook é a maior rede social do mundo,
  • É um dos sites onde tem a maior concentração de usuários do mundo,
  • Ao todo são mais de 1 bilhão de usuários,
  • Provavelmente quase todas as pessoas do mundo estão diariamente no Facebook.

Isso é muito bom, não é?

Mas, olhando o ponto de vista de negócio isso pode ser ainda muito melhor.

Então, vamos lá: se praticamente todas as pessoas que a gente conhece e praticamente todos os brasileiros que têm acesso à internet estão presente no Facebook, não tem como a gente imaginar um canal melhor do que esse para as vendas!

Chegamos ao ponto importante deste conteúdo: vender através do Facebook!

É isso que a gente vai falar aqui.

Então, se esse é um assunto que te interessa, leia com bastante atenção.

O que temos aqui são algumas dicas de como vender no Facebook e podemos considerar, assim sendo, um passo a passo de como você começa a estruturar o seu Face, a sua fã pag da empresa e tudo que é importante para vender mais!

Com tanta ênfase e importância, vender no Facebook é possível e pode te ajudar a chegar aos seus melhores resultados.

7 passos para vender no Facebook

Uma notícia boa é que você pode começar a vender no Facebook com mais regularidade do que está acostumado, no que é chamado de negócio sustentável e escalável.

E antes que você pense que já tentou de tudo, que já fez anúncio, que já como tentou usar o Facebook para vender, acredite: é um mito esse negócio de que o seu público não está no Facebook.

Todos os públicos estão no Facebook!

Então, você tem audiência lá também.

Isso porque praticamente todo tipo de produto ou de mercado tem espaço no Face.

Agora, obviamente, existem estratégias para que você consiga atingir a sua audiência do jeito certo lá dentro. E você está no lugar certo para descobrir isso.

Então, com esse passo a passo tudo vai ficar muito claro para você vender no Facebook.

Você vai ter mais facilidade para conseguir atingir o seu público.

Isso é importante para que você comece a se relacionar com as pessoas de forma mais assertiva. E comece, também, a engajar essas pessoas.

Consequentemente, você vai realizar vendas para essas pessoas.

Entendido a importância de saber como vender , então vamos lá a partir de agora vou te passar aí nove passos para você começar a vender através do facebook.

1 – Ter uma fanpage

Para vender no Facebook, a 1ª coisa que é preciso considerar é justamente a importância de ter uma fanpage.

Isso pode parecer bobo demais, mas é mesmo necessário.

Então, usar o perfil pessoal para isso é um grande erro.

Como pessoa física você pode ser o administrador de uma página comercial.

Então, a fanpage é justamente essa página comercial.

Afinal, é ali que vai estar a sua marca, o seu conceito.

E tudo bem se você não tiver fãs ainda porque isso vai ser necessário e começar do zero não será um problema.

Inicialmente, para não ter que gastar dinheiro, você pode optar pelo trabalho orgânico, isto é, a busca sem investimentos financeiros dos interessados pela sua página.

As informações da fanpage

Aqui ainda estamos falando sobre a fanpage, então, considere o preenchimento correto das informações porque uma configuração bem feita é tudo que você precisa para começar bem.

Existem muitas situações onde os campos não são preenchidos corretamente e aí, o que acontece?

Sem os campos, sem uma foto de capa legal, sem uma foto de perfil… Sem isso tudo, o seu canal de comunicação ficará “feio” para os visitantes.

Então, vamos ao que interessa: você precisa de uma fanpage totalmente preenchida.

Anote aí: foto de perfil, foto de capa, uma boa descrição, preencher a aba sobre a sua página com detalhes sobre o seu produto, sobre a sua empresa, contar a história, o horário de atendimento…

Lembrando que ali é o cartão de visita da sua página no Facebook.

Por exemplo, o horário de atendimento.

Isso muita gente desconsidera, mas é importante.

Se tem o horário de atendimento, o interessado vai saber o horário exato para entrar em contato, tal qual uma chamada no Messenger.

Assim ele vai conseguir entender a sua explicação quando acontecer uma demora na resposta – afinal, ele está fora do horário de atendimento.

É o seguinte: considere o endereço!

Se você achar que é relevante, ok.

Isso porque com o endereço você consegue fazer até mesmo impulsionamento geolocalizado quando for preferir um investimento para vender no Facebook.

Imagina se você tem o endereço de um showroom de uma loja física em um bairro que você costuma atender… Com o endereço cadastrado na fanpage, você consegue dizer para o Facebook que você quer atingir um raio exato.

“Eu quero atingir pessoas que estejam procurando pelo meu produto em até um quilômetro de distância do meu negócio” ou “a 10 quilômetros de distância do meu negócio”.

Assim tem como a gente fazer isso se você tem o endereço informado.

Logo, o cadastro das informações corretamente é sumamente importante.

Anote tudo de forma certa: endereço, horário de atendimento, contato, e-mail, telefone e um histórico geral da empresa!

Preenche todos os dados e deixe as informações da sua página completas.

2 – Conteúdos, Imagens e Textos

Conteúdos, imagens e textos!

Sim, não adianta criar uma página que não tem conteúdo, tá bom?

Então, você precisa publicar de maneira regular, conteúdos!

E produzir conteúdo para ser publicado na sua página não é tão difícil e nem tão fácil.

Isso porque esse conteúdo tem variações.

Não adianta só testar a sua imagem ou o seu vídeo. Tem que testar todo conteúdo.

O Facebook  gosta que você produza conteúdo relevante para o seu público!

Conteúdo Relevante para o seu Público… Isso é importante, então, anote aí!

E o seu público, independente do assunto, gosta de um pouco de variedade, tá bom?

Nada de textos chatos ou imagens ruins.

Faça um misto, mas sempre faça com qualidade.

Uma ideia: na imagem motivacional coloque frases de efeito, isto é, frases de impacto que você pode produzir para motivá-los no dia a dia.

Os vídeos para sua audiência também são importantes.

Inclusive, é o que mais tem engajado no Facebook ultimamente.

São os vídeos!

E você pode, eventualmente, produzir textos.

Os textos devem curtos.

Lógico que também podem existir os textos mais longos, que ao contrário do que muita gente pensa, as pessoas leem sim.

Desde que estejam entregando um conteúdo de valor.

3 – Impulsionar os Conteúdos

Outra dica importante para vender no Facebook, saiba que é preciso (muito necessário mesmo) impulsionar os conteúdos!

O conteúdo do Facebook vai mostrar isso para um grupo pequeno de pessoas!

Mesmo que você tenha um grande número de fãs, ele vai mostrar isso para um número pequeno de pessoas, tá bom?

Ainda assim você vai precisar impulsionar o conteúdo e você vai entender os motivos.

É o seguinte!

O Facebook vai ter a chance de impulsionar para muita gente, mas ele faz um teste. E, logo nas primeiras horas, dias, semanas ele testa o seu retorno. Quanto mais resultado você der, mais ele vai divulgar sua publicação.

Agora, se você não gerar bons resultados, a publicação ficará restrita a um pequeno número de pessoas interessadas.

A dica é testar as melhores publicações possíveis.

O fato é que você pode impulsionar conteúdos de forma simples e com apenas R$ 1 por dia já pode gerar um impacto significativo.

Criar conta de anúncios

Ainda faz parte desse passo: a criação de uma conta.

Quando falamos em impulsionar os anúncios no Facebook, você deve considerar a criação de uma conta para isso.

De forma simples, você precisa de uma conta de anúncio para conseguir fazer anúncios e fazer publicidade dentro do Facebook.
Então, no menu principal da sua conta no Facebook tem aquela setinha para baixo que você clica ali e vai aparecer uma série de opções.

Uma das opções é criar anúncios!

E quando você clicar ali pela 1ª vez, vai abrir uma tela pra você configurar a sua conta de anúncios.

E aí vai você vai preencher os dados e tudo vai ficar muito mais fácil para você conseguir criar os seus anúncios no Facebook e impulsionar os seus conteúdos de forma mais profissional.

4 – Gerenciamento de Anúncios

Se você entendeu a importância de anunciar no Facebook e viu com é criar uma conta, agora vamos ao próximo ponto que é entender o gerenciamento de anúncios.

Se você quiser ir ainda mais adiante na produção de conteúdo, você pode criar um gerenciador de anúncios.

Assim, você vai acessar um link chamado business media.

Esse gerenciador de anúncios vai te dar muito mais funcionalidade para você gerenciar o negócio completo dentro do Facebook.

Esse gerenciamento é importante, por exemplo, para quando um funcionário de uma agência precisa usar a conta para gerenciar os anúncios e fazer a inclusão de conteúdos.

5 – Configurações Necessárias

Antes mesmo de chegar ao gerenciamento do Facebook, saiba que tem algumas configurações que são necessárias de ser feita inicialmente e que não podem ser alteradas depois.

Então, presta a atenção!

Moeda

O Facebook vai te perguntar em qual moeda você quer ser cobrado e às vezes as pessoas saem clicando nessa parte e não vê o que estão escolhendo…

Mas, se você escolher o dólar, saiba que os dólares não podem ser um problema para você.

O que é você vai ter que pagar?

Se for via cartão de crédito, o que vai acontecer é que quando a gente é pago alguma coisa em moeda estrangeira no nosso cartão é cobrado o IOF, isto é, Imposto de Operações Financeiras.

Então, além dos gastos, você vai ter um custo a mais com o imposto.

O mais recomendável para todo mundo que está começando é selecionar o real brasileiro.

E assim você vai ser cobrado em real e você não vai ter gastos desnecessários com o IOF, por exemplo.

Acima de tudo, até a sua publicidade fica mais barata.

Além da moeda, outra coisa também não pode ser alterada: o fuso horário.

Fuso Horário

O fuso horário da sua conta tem o padrão para o Facebook, que é o fuso horário da Califórnia!

E na Califórnia são mais ou menos 24 horas a menos que o Brasil.

Isso não chega a prejudicar a sua conta. No entanto, há problemas.

Todo o anúncio e toda a campanha que você fizer vai levar em consideração esse fuso horário.

Vamos supor que você vai querer fazer uma promoção específica na sua página começando às 9 da manhã e terminando às 9 da noite.

Ela vai levar em consideração o fuso horário da sua conta de anúncios.

Então, coloque o fuso horário correto para você e para quem mora aqui no Brasil.

No Rio de janeiro e em São Paulo o fuso horário é o mesmo de Brasília.

Assim, coloca o fuso horário de Brasília.

Cartão de Crédito

Outro ponto: e isso aí pode ser alterado depois, tá bom?

Mas, é importante você informar um cartão de crédito.

Na realidade, é obrigatório!

Dessa forma, você informar um número de cartão de crédito na sua conta do Facebook, que é um cartão de crédito para você realizar pagamentos dos seus anúncios no Ffacebook.

E funciona assim: ele te dá uma linha de crédito para você anunciar. E essa linha de crédito vai crescendo com o tempo, mas você tem que informar um cartão.

Em algumas contas até é possível pagar via boleto, mas não é o mais recomendado.

Entre o boleto e o cartão sabe o que pode ser uma boa ideia?

O cartão de crédito pré-pago você!

Você pode usar também o cartão pré-pago dentro do Facebook.

E aí tem alguns pontos pra você prestar atenção.

Como nas datas de cobrança: para você não ficar inadimplente com o Facebook já que isso pode ser muito ruim para sua conta.

6 – Reviews do Facebook

Utilizar os reviews do Facebook é importante.

Se você está atendendo constantemente os seus clientes, isso vale muito a pena.

Obviamente, eles ficam felizes com isos.

Não é com você, obviamente, eles ficam felizes com o seu produto.

Isso porque eles têm feedback para dar sobre o produto e sobre o negócio.

Como resultado, você não pode deixar isso para lá.

Existe uma importância muito grande que você tem que dar o feedback dos seus clientes.

Essa é uma estratégia de vendas geral, né? Não apenas no Facebook.

Quanto mais você tem de retorno do seu cliente (para o bem ou para o mal), melhor será!

Porque você consegue encontrar respostas e caminhos para vender no Facebook de forma cada vez mais constante e assertiva.

Então, existe uma funcionalidade na sua página que é de reviews!

Você precisa dar reviews para dar poder aos seus clientes.

Logo, o review é pra poder deixar uma opinião sobre o produto, entendeu?

Sobretudo, as empresas de atendimento.

E essas opiniões você pode usar como divulgação também, mostrando para aqueles clientes que estão em dúvida sobre como fazer o negócio com você e os motivos.

Mostrar a opinião de outros clientes que já fizeram negócio com você é algo extremamente importante e positivo para você quebrar objeções e assim realizar novas vendas no Facebook.

O messenger

Se nós falamos em atendimento ao cliente, o Messenger é essencial e importante.

Toda a comunicação no Facebook acaba sendo direcionada para o Messenger.

Quando o cliente se interessa e quer mais detalhes ou quando um cliente ficar com alguma dúvida, ela pode até deixar nos comentários… Mas, a grande maioria vai enviar uma mensagem particular, isto é, via Messenger.

Isso é para você ter acesso em tempo real a essas mensagens para poder interagir na hora com o cliente. Para isso, basta instalar o Messenger no seu celular e assim você consegue atender os clientes como mais velocidade e com mais eficiência também.

Assim, dá para tirar dúvidas mais rapidamente e consequentemente dá para vender mais.

7 – Publicar o conteúdo

Agora a gente precisa publicar conteúdo!

Você sabe que precisa produzir conteúdo e impulsionar o conteúdo, mas nesse meio caminho tem a publicação desse conteúdo.

O Facebook é um canal de audiência e isso tem que ser considerado.

Imagina se você assinar a Netflix e só tivesse o começo do filme… Que são as propagandas.

Você, muito provavelmente, já cancelaria o Netflix!

Quando um usuário ou um potencial cliente começa a seguir/curtir a sua página ele quer acesso a conteúdo!

E conteúdo de qualidade!

Ele quer ter acesso a coisas que agreguem valor para ele.

Então, a recomendação é que 80% das suas postagens sejam relacionadas a conteúdos ou as soluções de problema, além das aspirações que você tem.

Anote aí: a produção de conteúdo tem que ser de 80% das suas postagens.

Já a outra parte, os 20% das suas postagens são ofertas de propaganda.

E aqui entra outro detalhe: as ofertas devem ser claras e exclusivas!

Todas direcionadas para um produto que, obviamente, conecta com esses conteúdos.

Não adianta você produzir conteúdo sobre uma coisa e fazer uma oferta sobre outra coisa.

Isso não tem nada a ver e não vai conectar pessoas ao seu produto.

Bônus: Vai anunciar no Facebook? Evite esse erro!

Todo mundo que vai anunciar no Facebook deve evitar um erro.

Isso porque dá para fazer anúncio de vídeo, de posts, de lista de produtos, de marketing, de uma imagem e assim por diante.

Mas, o erro é o mesmo para todos e você deve evitar.

Se você vai anunciar no Facebook Ads tome cuidado para não cometer um dos erros mais comuns que existem nos dias de hoje – sim, quase todo mundo que vai fazer o anúncio de uma campanha faz isso de forma errada!

Na verdade, quando o assunto é o Facebook Ads existem muitos erros – especialmente para aqueles que são iniciantes do assunto.

Só que hoje selecionamos um único erro que as pessoas cometem ao anunciar no Facebook Ads. É um erro simples demais, mas que faz toda a diferença no seu resultado.

A Falta de Objetividade

Descubra mais sobre como não falhar com a objetividade para vender no Facebook.

Add Comment