A Chave para Vender Mais e Mais Rápido, de um dos Maiores Copywriters do Mundo

O artigo de hoje é para falar sobre o livro “The Boron Letters”, de Gary C. Halbert, um dos maiores copywriters do mundo. E isso tem tudo a ver com vender mais e mais rápido.

A indicação eu recebi de Kevin Porter.

E o que acontece?

A gente está sempre buscando em evoluir, crescer, melhorar…

E esse é um livro muito bom que fala bastante do mercado de marketing direto lá dos Estados Unidos.

Historicamente, há tempos, as pessoas trabalhavam bastante com o envio de cartas por correios…

Mas, hoje as coisas mudaram.

Aliás, o Gary C. Halbert, nesse livro, traz vários insights bacanas para você conseguir vender mais e mais rápido.

Ele escreveu esse livro enquanto estava na prisão e tinha em mente um principal leitor: o filho.

E ele fala sobre como você cria um negócio de infoprodutos de sucesso!

Agora, a referência que falei sobre o envio de cartas é importante: isso porque o autor escreveu o livro enviando cartas!

Só que muitas das técnicas que ele ensina dá pra aplicar hoje, normalmente.

Mesmo em meio há tantos avanços tecnológicas, há tantas mudanças no comportamento das pessoas na hora de mudar.

Isso porque elas funcionam para todo tipo de marketing – do tradicional ao digital.

E uma delas eu quero compartilhar aqui com você!

É uma muito importante, que ficou latejando na minha cabeça…

É a seguinte:

Às vezes a gente gasta muito tempo com um produto em si, pensando no produto e eu já vi pessoas gastarem anos (mais de dois anos) em um único produto!

Agora sou eu que pergunto: será que há algo errado nisso?

Não!

Mas, pensa aqui, se o teu negócio é criar produtos que vendem, levando em conta que você quer gerar muita receita, então, faz muito mais sentido fazer o caminho inverso!

E é justamente isso que ele fala no livro!

Qual é o caminho contrário?

A gente pode fazer o caminho contrário.

Como?

Basicamente, você primeiro busca o público comprador.

Esse é um público quente. Portanto, você tem que ter, de preferência, uma lista quente.

Gary C. Halbert fala disto.

Claro que hoje você não poderia fazer o mesmo teste porque gastaria muito dinheiro enviando cartas pelos correios para outras pessoas.

E, aliás, as pessoas nem andam mais lendo cartas, não é?

Na verdade, tem sim.

Confesso que quando eu estava na Austrália, eu recebia cartas por e-mail de curso que estávamos participando na época.

Cursos no nicho imobiliário, principalmente.

A gente recebeu cartas lá, acreditem!

Então, ainda que não seja comum, é possível.

E a gente acaba por ver alguns relatos de um ou outro quem faz alguns testes no mercado brasileiro, enviando boletos e tal.

E o engraçado é que isso funciona muito bem!

Enfim, esse não é o ponto onde eu quero chegar.

Vamos voltar ao foco do assunto.

O ponto é como que você consegue, ao invés de gastar tanto tempo no produto, gastar mais tempo procurando uma audiência que compra ele.

E a partir do momento que você descobre essa audiência, você cria um produto para ela.

Então, essa é a ideia que ele compartilhou e eu estou replicando aqui.

E eu queria deixar essa pergunta aqui pra você para o artigo não ficar muito longo:

Quais seriam as formas que você pensou ou que você já sabe ou que você já validou ou que você pesquisou para encontrar públicos compradores para vender mais e mais rápido?

Podem me dizer aí, nos comentários, formas de encontrar os públicos compradores.

– Depois eu posso fazer outro texto, posso compartilhar as melhores respostas.

vender mais e mais rápido

Assunto importante!

Faz aí um esforço, deixe um comentário que eu quero ver as suas ideias relacionadas a isso, está bem?

E vamos trabalhar melhor esse assunto.

O seu produto é de qualidade? Esse é o primeiro passo, mas não é tudo.

Pergunte-se o que você tem feito para conseguir encontrar os públicos compradores, sacou?

Não sei se a minha ideia ficou clara. Mas é muito fácil entender, olha:

Vamos imaginar que você trabalhe no setor de esportes. E é focado em vender óculos para natação. Então, ainda que esporte seja um tema global, você não tem que ficar focado em praticantes de skate.

O foco não tem que ser unicamente o seu produto.

Porque ele até pode ser o melhor e mais tecnológico do mundo, mas se não atingir o público certo, não fará sentido.

E descobrir o que é útil ao seu público comprador é que vai fazer toda a diferença para você conseguir obter êxito financeiro: ou seja, vender mais e mais rápido.

Que é um assunto que muito me interessa e que queremos escalar muito nos nossos negócios hoje.

Eu procuro sempre novos produtos, especialmente em variados projetos que tenho para participar.

Mas, a questão da gente mudar essa chave e na verdade procurar público comprador faz muito mais sentido, não é mesmo?

É como aquele pensamento de que “como não pensei nisso antes”?

Por que, muitas vezes, a gente fica tão fissurado em um único produto, que acabamos conhecendo praticamente tudo sobre ele…

Exceto sobre quem é o público comprador dele.

Agora, claro que essa é uma técnica antiga, da época das cartas, mas que funciona muito bem para quem quer vender mais e mais rápido.

Talvez seja o up que estava faltando no seu negócio.

Então, vamos pensar juntos e eu fico aguardando o seu comentário!

Informações sobre o livro

Agora, vamos deixar os links aqui, para você que acredita que essa história pode mudar a sua vida a partir de hoje.

São duas opções:

Eu só estou deixando esses links aqui porque eu acredito que seja um dos melhores custos-benefícios de todo mercado.

Observe, por fim, que essa simples mudança de pensamento (inversão de pensamento) pode te fazer vender mais e mais rápido independente da área que você atua ou do produto que vende.

E não se esqueça: estou falando de uma técnica usada na época das cartas, mas que acompanhou toda a transição temporal e tecnológica das últimas décadas!

Veja o vídeo na íntegra:

https://www.youtube.com/watch?v=ZVtOGLtYSr8&t=2s

Add Comment