Veja como estar preparado para as vagas de freelancer em marketing digital [guia prático]

Com a pandemia, as vagas de freelancer em marketing digital começaram a aparecer de forma mais rápida do que se esperava. Esse é um mercado crescente e do futuro. Porém, as medidas de isolamento social fizeram com que tudo acontecesse mais rapidamente.

Tanto é que muita gente viu nesse mercado de freelas a chance de entrar para o marketing digital. Já sobre essa área de atuação, saiba que ela traz as suas vantagens, como a de permitir o trabalho online, trabalhar de casa e fazer o próprio horário, além de ganhos ilimitados.

No entanto, ainda se trata de um assunto novo para muita gente. Sabendo disso, nós criamos essa matéria. O intuito é totalmente educativo e informativo. Assim, nós só queremos mostrar algumas dicas para quem quer estar preparado para quando as vagas surgirem. Vamos nessa!

Mas, o que faz um freelancer de marketing digital?

Logo no começo do texto é importante a gente considerar o que faz um freelancer dessa área. Não é verdade? Afinal, é um mercado novo que tem sido opção de renda extra para muita gente. Mas, também tem sido forma de empreender na internet para tantas outras.

O fato é que um freelancer de marketing pode fazer tudo o que gira em torno do assunto. Ele pode escrever textos, pode fazer anúncios no Instagram, entender sobre o Facebook, criar sites, jogos, aplicativos. Ou seja, há um mundo de trabalho para esse profissional.

Se você quiser saber um pouco mais sobre isso, apesar de termos explicado de forma simples, considere uma leitura complementar. Ontem, a gente divulgou essa matéria aqui: “Descubra o que faz um freelancer de marketing digital”. Nela, a gente conta sobre esse tipo de trabalho.

Então, como se preparar para as vagas de freelancer em marketing digital?

Bem, seguindo o nosso roteiro dessa matéria, agora que sabemos mais sobre o que faz esse profissional, vamos ao tópico principal do artigo. A ideia aqui é citar algumas dicas valiosas para quem quer estar pronto para ocupar as oportunidades que surgirem. Bora lá.

O estudo

Sem dúvidas, se há um primeiro passo ele é sobre o estudo. A gente falou um pouco sobre isso na matéria anterior. A ideia é simples: o mercado não exige uma formação acadêmica do interessado. Porém, exige conhecimento. E como é que se tem conhecimento? Com estudo.

Logo, a gente tem que se atentar para o fato de que o estudo se faz necessário e mesmo que não esteja incluído em “requisitos obrigatórios”, ele se fará imprescindível. Uma boa notícia é notar que há cursos gratuitos, online e de boa qualidade hoje em dia na internet.

Por isso, se você vai buscar vagas de redatores, que tal fazer um curso de redação na web? E assim por diante, sendo que isso vale para todas as oportunidades de emprego online que surgirem, como de analista de mídias sociais, por exemplo.

O portfólio

Na internet, e dentro do marketing digital, saiba que o portfólio é algo bastante interessante. Como falamos, as empresas nem sempre querem saber da sua formação. Por outro lado, elas querem saber sobre o que você já fez e como fez. Isso é mostrado com esse portfólio.

Por isso, a dica é: “perca algum tempo” fazendo uma lista das melhores coisas que você já fez dentro do marketing digital. Ainda mais se forem focadas na área de interesse. Mas, e quem ainda não fez nada dentro desse mercado?

Nesse caso, a melhor ideia é lançar os cursos de especialização, que podem falar sobre o seu conhecimento. Aliás, nunca deixe de falar que você ainda não teve um projeto criado. A sinceridade pode ser ponto de partida para um contrato de sucesso.

Isso porque muitas empresas preferem pessoas que não tem o “vício” de outras. Logo, se for o seu primeiro projeto, elas podem dar uma “chance” para você mostrar o que sabe.

As redes sociais

A gente não pode terminar o tema sobre a preparação para as vagas de freelancer em marketing digital sem falar das redes sociais. Hoje, elas são vistas pelas empresas como verdadeiras “vitrines” ou “currículos” dos interessados pelas vagas.

Por isso, é muito importante você tomar cuidado com o que publica, curte, compartilha. Claro que você não tem que se sentir inibido. Porém, considerar uma opinião séria, justa e moderna pode ser uma forma de ser bem visto por quem contrata.

Outra coisa é saber que essas redes também podem ser canais de comunicação entre empresas e interessados. Assim, saiba que hoje fala-se muito em networking, que nada mais é do que criar uma rede de contatos online.

vagas de freelancer em marketing digital

Para quem não sabe muito bem por onde começar, considere que o LinkedIn é uma plataforma mais focada em empregos, de forma profissional. Mas, você não deve deixar de ter uma conta pessoal no Instagram e no Facebook, também.

Leia também: tendências do trabalho online para o próximo ano

A gente já indicou aqui nessa matéria outro conteúdo que fizemos. No entanto, essa próxima indicação faz todo sentido para o que acabamos de falar aqui. Por exemplo, você pode estar se perguntando: mas, quais os trabalhos online que podem ser bons para mim?

A gente fez uma matéria há alguns dias falando exatamente sobre as tendências para o próximo ano. Ao ler cada uma das vagas pode ser que você se veja nesse novo mercado de trabalho, que é o digital. Leia: “Veja 7 tendências de trabalho online de marketing”.

Na matéria, a gente cita profissões como a de social media manager, copywriter, revisor, transcritor, especialista em Facebook Ads e outras.