Use o feedback dos clientes para ganhar a venda

ANÚNCIO

Como humanos, adoramos compartilhar nossas opiniões e feedback. Dar conselhos, recomendações ou orientações aos outros é tão arraigado em nossa vida diária quanto aquela (ou duas) xícaras de café pela manhã.

Para os varejistas, essas recomendações boca a boca tornaram-se uma língua franca e os comerciantes que optam por prestar atenção têm uma oportunidade infinita de melhorar seus negócios e resultados financeiros.

ANÚNCIO
Use o feedback dos clientes para ganhar a venda
Foto: (reprodução/internet)

Coletar e analisar o feedback do cliente é uma das maneiras mais eficazes de acompanhar a percepção do cliente sobre sua marca e seus produtos. É também uma forma importante de ajudar o seu negócio a crescer.

Os comerciantes que prestam atenção e mostram que se importam implementando mudanças com base no feedback do cliente são os que se preparam para obter mais sucesso.

Entre varejistas testados e comprovados e a nova safra de marcas diretas ao consumidor que surge diariamente, os consumidores de hoje têm mais opções do que nunca sobre onde comprar.

ANÚNCIO

Eles também têm mais acesso a informações sobre os produtos que estão comprando e as avaliações dos clientes ajudam muito a fazer compras informadas.

De acordo com Yotpo, 98% dos compradores online dizem que as avaliações autênticas dos clientes são o fator mais importante que influencia sua decisão de compra, e mesmo as avaliações negativas podem ter um impacto positivo, criando mais confiança nas avaliações positivas.

Agora, mais do que nunca, as marcas devem estabelecer credibilidade junto aos consumidores.

Sabíamos que o varejo online disparou durante a pandemia de COVID-19, mas novos dados mostram que os consumidores experimentaram mais com novas marcas nos últimos meses.

Quase 40% dos mais de 8.000 compradores pesquisados compraram algo de uma nova marca durante a pandemia. A tendência foi ainda mais pronunciada entre os compradores mais jovens: 55% dos jovens de 18 a 24 anos compraram algo de uma marca até então desconhecida.

Esses números nos dizem que as marcas têm uma oportunidade imediata de conquistar novos clientes e demonstrar credibilidade com análises de produtos garantirá que esses compradores realmente comprem os produtos e continuem voltando muito depois de os efeitos do COVID-19 terem diminuído.

Aqui estão quatro maneiras de coletar feedback do cliente pode ajudar sua empresa:

Estabeleça melhores referências de negócios

Como diz o ditado, você não pode melhorar o que não pode medir. Ao medir a satisfação do cliente, você cria benchmarks que podem ser rastreados ao longo do tempo.

Você será capaz de ver o que funciona, ou não, muito mais rápido do que se estivesse apenas contando com evidências anedóticas.

Como primeira etapa, descubra as métricas que fornecem uma imagem precisa da experiência de compra do seu cliente e da percepção geral da marca, coisas como quanto tempo eles passam no seu site, engajamento na mídia social e compras repetidas são ótimos pontos de partida.

Monitore a experiência do cliente

Para cada cliente que reclama, há dezenas de outros que não dizem nada. Eles simplesmente saem do seu site para nunca mais voltar.

Ao monitorar os índices de satisfação em todo o processo de tomada de decisão do cliente, os comerciantes aprendem o que as pessoas realmente pensam sobre seus negócios e produtos.

Com o tempo, você pode analisar os resultados para melhorar o processo de compra e tornar mais fácil para os compradores comprarem de você. Monitorar a experiência do cliente é uma oportunidade, não um fardo.

Comece pequeno com caixas de feedback do site, monitoramento de mídia social ou pesquisas automatizadas para clientes atuais.

Com apenas esses poucos princípios básicos, você deve obter insights para melhorar a experiência de seus clientes e ajudar sua empresa a crescer.

Leia também: Você precisa de uma mentalidade de pesquisa de mercado

Crie superfãs mostrando que você se importa

Somos todos clientes também, por isso sabemos a importância de nos sentirmos valorizados quando decidimos gastar nosso dinheiro suado.

Reservar um tempo para se conectar com os clientes, seja por meio de mídia social, e-mail ou coleta de feedback mostra que você se preocupa e cria um cliente que não apenas deseja voltar, mas também deseja falar sobre sua marca.

O marketing boca-a-boca é o sonho de qualquer profissional de marketing de comércio eletrônico. Todo varejista precisa de clientes leais que amem seus produtos a ponto de contar a amigos, familiares e colegas sobre eles pessoalmente ou em seus feeds sociais.

Com isso, sua marca torna-se mais conhecida, dá credibilidade a ela e cria-se vedas contínuas para a sua empresa sem que você tenha investido pesado nessa área.

Solo Stove é um ótimo exemplo disso. Seu site permite que os fãs enviem histórias sobre seus acampamentos e outras experiências com seus produtos para que outros clientes em potencial possam ver o produto em ação.

Reduza o custo de aquisição de clientes

Isso segue naturalmente os pontos anteriores. Quando você entende seus clientes, pode fornecer uma experiência melhor para eles, o que faz com que eles voltem sempre.

O resultado? Custos de aquisição de clientes mais baixos. As experiências positivas também tornam os clientes mais propensos a escrever análises de produtos, o que o ajudará a conquistar clientes adicionais.

Além disso, como você terá um melhor entendimento de seus clientes, poderá melhorar o conteúdo de seu site e a linguagem de marketing para falar melhor com eles.

A ideia de implementar essas dicas pode ser nova para sua empresa, mas com certeza valerá a pena e trará recompensas de longo prazo.

Traduzido e adaptado por equipe Nomadan

Fonte: ClickZ

ANÚNCIO