O que você precisa saber para fazer turismo em Hong Kong

O antigo protetorado britânico cravado em território chinês, Hong Kong, é uma das cidades quem mais atraem turistas no mundo. Por isso, temos um breve texto aqui exatamente sobre o turismo em Hong Kong!

Além disso, também é um dos lugares mais buscados por nômades digitais para se viver em todo o planeta.

Sendo encontrado facilmente em qualquer lista com as 20 cidades que mais acolhem quem decide viver explorando o mundo.

Você se interessou?

Vamos explorar esse pedacinho da China que é tão fascinante quanto qualquer outra parte desta potência mundial?

Bora lá!

Números de Hong Kong

Segundo o instituto de pesquisa inglês Euromonitor International, realizada no fim do ano de 2017, que avaliou as cidades que receberam mais turistas internacionais, Hong Kong é cidade que mais atrai turistas no mundo.

A cidade recebeu mais de 26 milhões de pessoas no ano de 2016, recorte anual que forneceu dados para o levantamento.

Foi o nono ano seguido que a cidade chinesa ficou no topo do ranking realizado pela Euromonitor.

Um crescimento de 10% em relação ao ano anterior.

Para especialistas, o crescimento galopante da economia chinesa é o principal fator para desenhar esta liderança.

Além disso, a curiosidade das pessoas por cidades no Oriente.

É o que mostra o estudo, que aponta que 41 cidades, entre as 100 cidades que mais recebem turistas internacionais no mundo, estão localizadas no continente asiático.

Para você ter uma ideia, a vice-liderança é outra cidade que também atrai e, é, bastante receptiva com os nômades digitais, Bangkok, capital da Tailândia.

Bangkok recebeu mais de 21 milhões de pessoas no ano analisado pelo estudo.

São números dignos da grandiosidade que o continente asiático representa para o mundo em sua história.

E, em especial, nesta virada econômica e tecnológica do século 21, não?

Mas, se você estiver decido pelo turismo em Hong Kong fique atento em alguns pontos.

Aqui no Nomadan.org já vimos que fazer turismo em Hong Kong não está entre as tarefas mais fáceis.

Tanto que, já listamos seis coisas negativas que você deve saber antes de viajar para Hong Kong.

Vamos relembrar?

Turismo em Hong Kong – o que você tem que saber

A primeira coisa é ter em mente que a acomodação deve ser planejada com certa antecedência, isso porque, a hospedagem não tão barata.

O custo chega a 40 dólares por noite, por exemplo.

A dica é reservar a estadia pelo menos uma semana de chegar a Hong Kong.

Um segundo ponto a ter em mente é que Hong Kong é uma das maiores cidades do mundo.

Além disso, ela é intensamente povoada, com uma das maiores densidades populacionais do planeta.

Portanto, as pessoas são bem estressadas neste sentido.

Então, a sugestão é que você escolha ficar em locais mais distantes das regiões mais centrais da cidade.

Lembrando que o transporte público lá é muito bom, então os deslocamentos são mais facilitados.

Além disso, é recomendável que você saiba algumas palavras em cantonês, como “olá”, “obrigado”, “desculpe”, assim, você pode conseguir a simpatia dos moradores locais.

O texto completo, e todas dicas, você pode conferir aqui.

Agora, vamos para a parte boa.

O que podemos ver e conhecer em Hong Kong?

Hong Kong, assim como as maiores metrópoles do mundo, tem uma vasta gama de opções, até uma Disneylândia existe por lá.

O Victoria Park é um dos principais pontos turísticos de Hong Kong.

É um parque que tem como atrativo uma visão panorâmica da cidade e da baía que a rodeia.

A cidade também conta com uma estátua gigante de Buda, o Tian Tan Bhudda.

É uma estátua de bronze de 34 metros de altura, que fica localizada na ilha Lantau.

Para chegar lá, você pode ir de teleférico, chamado de Ngong Ping Cable.

Leia Também –  6 coisas NEGATIVAS que deve saber antes de viajar a Hong Kong

Além disso, há opções de transporte público que levam até lá, como ônibus e linhas de metrô.

No período da noite, você pode assistir o espetáculo de luzes proporcionados pela iluminação temática realizada nos grandes arranha céus de Hong Kong, que tem até nome, é o Symphony of Lights, que acontece desde 2004.

E olha, marque no relógio.

O espetáculo começa às 8 horas da noite.

A cidade, conta ainda, com dois parques de diversão.

A Disneylândia, e o Ocean Park, que além de contar com brinquedos temáticos, conta com atrações aquáticas, como o próprio nome sugere.

turismo em Hong Kong

Hong Kong – o paraíso dos nômades

Além de ser bastante procurada por turistas, Hong Kong é muito procurada pelos nômades digitais.

De acordo com o site Nomadlist.com Hong Kong é a décima quinta cidade no mundo que mais atrai os nômades digitais.

A mobilidade é o grande diferencial pela cidade, em razão de ter boas opções de transporte público, além de poder ser facilmente transitada a pé, mesmo.

A segurança, a velocidade da internet, a vida noturna, as opções de diversão, a tolerância com homossexuais, a qualidade do ar – o que é impressionante, em se tratando de uma metrópole – e a facilidade de se empreender, são os principais atrativos.

E é bom se destacar a internet mesmo.

A velocidade da rede em Hong Kong é de 42 megabit por segundo (Mbps).

Guia Hong Kong: Acomodação e custo de vida em Hong Kong (apartamentos simples, albergues, dicas)

No entanto, liberdade de expressão, atendimento médico e os custos, como já destacado acima, são pontos negativos que devem ser levados em conta para quem pretende viver ou fazer turismo em Hong Kong.

Quanto a liberdade de expressão, é bom lembrar que Hong Kong faz parte da China, que vive uma ditadura, mesmo ainda apresentando resquícios de quando foi protetorado britânico, que durou até os anos 1990.

Agora que você já sabe um pouco mais de Hong Kong, você pode se planejar melhor e intensificar ainda mais a sua viagem ou estadia pela cidade.

Partiu Hong Kong?

Da redação

Add Comment