10 dicas para quem vai trabalhar com marketing digital do zero

O marketing digital é um mercado promissor e guarda ótimas oportunidades para quem quer trabalhar com ele. Isso tem a ver com o empreendedorismo, a satisfação profissional, o conforto da família e até mesmo com ganhar dinheiro na internet.

Só que o pontapé inicial nem sempre é dos mais fáceis. Começar é sempre um pouco complicado. As vezes falta um impulso, outras vezes, o conhecimento. E isso é importante para quem vai trabalhar com marketing digital do zero.

O conhecimento e o impulso podem fazer toda a diferença entre um empreendimento digital fracassado e um empreendimento digital de sucesso.

Para se ter uma ideia, estima-se que 90% de toda a propaganda das empresas já estejam sendo feitas nos meios digitais. O que quer dizer que não se trata apenas de tendência, mas de realidade.

Por conta disso, tem crescido o número de pessoas interessadas nesse mercado e, junto, as dúvidas sobre como começar a trabalhar com ele.

PROPAGANDA

Afinal, se trata de um mercado amplo e a imensa quantidade de termos como inbound, outbound, funil de vendas, CTA, Lead e persona não ajudam em nada.

Se esse é o seu caso, trouxemos a seguir 10 dicas que vão te ajudar imensamente nesse começo. Acompanhe e descubra!

1 – A Escolha do Campo para Trabalhar

O mercado de marketing digital é bastante amplo e abarca uma série de áreas que você pode atuar.

Do marketing de afiliados ao trabalho com mídias sociais, as oportunidades nesse mercado são várias e o profissional interessado em ingressar nele precisa buscar conhecer cada uma delas detalhadamente para fazer a escolha certa e começar com o “pé direito”.

Muitas pessoas se sentem perdidas nesse momento de escolha, seja pela grande quantidade de possibilidades ou pelo desconhecimento.

Porém, começar do zero no marketing digital envolve justamente o processo de descoberta e análise para que a escolha seja a melhor possível.

Leia Também – 3 coisas que todo empreendedor digital deve aprender em 2019

Afinal, você quer trabalhar com o que gosta e o que pode te trazer mais retorno, financeiro ou profissional.

Assim, a nossa primeira e principal dica para quem vai trabalhar com marketing digital sem conhecer muito sobre tudo isso é: escolha o campo certo para atuar.

Mas, quais são os campos do marketing digital? Como é o trabalho em cada um deles? Qual pode ser o melhor para você? Isso é o que você descobre abaixo!

2 – O Marketing de Afiliados

O marketing de afiliados tem sido uma das principais estratégias para quem quer lucrar com o marketing digital atualmente.

Em suma, ele envolve fazer a recomendação de produtos e/ou serviços para outras pessoas na internet e ganhar uma comissão em cima de cada venda.

Trabalhando com marketing de afiliados, você divulga links que levam à página de venda de determinado produto e/ou serviço.

E, a cada venda ou ação originada na sua recomendação, você recebe uma comissão definida previamente.

Estes links, chamados de links de afiliados, são encontrados em plataformas de afiliados como Hotmart, Amazon, Lomadee, Uol afiliados e diversas outras, que ligam quem está vendendo os produtos a quem quer divulgá-los.

Aqui, nossa dica é: 5 plataformas para ganhar dinheiro na internet como afiliado!

Isso dá impressão de que é muito simples trabalhar com marketing de afiliados.

Afinal, não é só pegar o link na plataforma e divulgar para começar a lucrar? Não, não mesmo!

Lucrar com o marketing de afiliados envolve possuir um blog ou site na internet, produzir conteúdo de qualidade para atrair pessoas e conquistar a confiança delas e montar estratégias de marketing bem definidas para alcançar essas pessoas.

E como você pode fazer isso? De vários jeitos. Utilizando, por exemplo, o SEO e o e-mail marketing, entre diversas outras medidas.

3 – A Produção de Conteúdo

A produção de conteúdo para a web também é um campo do marketing digital que está em constante expansão e que guarda ótimas oportunidades.

E assim como o nome já indica, se trata de produzir conteúdo para a internet: blogs, sites, landing pages, e-books, e-mails, plataformas de vídeos e qualquer outro lugar na web que necessite de conteúdo.

Mas, o que é exatamente este conteúdo?

Se você vai trabalhar com marketing digital do zero e ainda não sabe, entenda que o conteúdo tem a ver com os artigos, principalmente. Como este que você está lendo agora!

Mas, ele também pode vir através de e-mails, textos corporativo para sites e marcas, descrições de produtos, postagens nas redes sociais, infográficos e diversos outros.

Saiba Mais – 3 dos Erros que Destroem seu Negócio

E quando falamos em produzir conteúdo, não estamos falando apenas de escrever textos, pois esse campo do marketing digital envolve bem mais do que isso.

Há também a definição e elaboração de pautas (o tema que será abordado na peça de conteúdo), que leva em conta uma série de aspectos; a redação em si; a revisão, para garantir que a peça tem qualidade e está livre de erros; e a análise de desempenho.

Muitos profissionais que trabalham com a produção de conteúdo exercem todas as funções citadas acima, mas também é possível trabalhar com apenas uma ou algumas delas em específico, o que é definido de acordo com as suas habilidades.

Assim, na prática, trabalhando com produção de conteúdo você vai estar elaborando conteúdos para empresas ou qualquer pessoa que precise de conteúdo e queira contratar os seus serviços.

4 – As Mídias Sociais

As mídias sociais têm conquistado uma importância cada vez maior para as empresas e também configuram um campo do marketing digital.

Quem trabalha com mídias sociais, conhecido como analista de mídias sociais ou social media, também atua elaborando conteúdo, mas especificamente para as redes sociais, com todas as suas nuances.

Além da elaboração de conteúdo, o social media também trabalha analisando métricas, interagindo com os seguidores, gerando e mantendo aproximação com influenciadores, configurando anúncios pagos e mais uma infinidade de funções que as redes sociais exigem.

Além destes, existem ainda outros campos do marketing digital, mas podemos dizer que estes são os mais expressivos.

E qual deles escolher? A escolha para atuação em um dos campos do marketing digital vai depender, basicamente, das suas habilidades e gostos

Se você é bom em influenciar pessoas, por exemplo, o marketing de afiliados pode ser uma boa opção.

Já se você tem um bom português e gosta de escrever, a produção de conteúdo pode ser o campo certo para você!

Agora, se você está começando do zero e não sabe exatamente o que é bom para você, então, só tem um jeito: testar as opções disponíveis!

5 – O Conteúdo de Qualidade

Agora, independentemente da área de atuação que você escolher, é preciso saber que o conteúdo é uma das partes mais importantes do marketing digital.

Afinal, esse é o recurso que você tem para interagir com o público.

Seja em um blog, site, e-book, e-mail ou um artigo como esse aqui, o conteúdo é sempre importantíssimo para o marketing digital e vai estar presente na sua vida profissional independentemente do campo de atuação que você escolher.

No marketing de afiliados, por exemplo, é preciso produzir artigos, e-mails, infográficos, vídeos e mais uma infinidade de conteúdos para gerar engajamento com o público.

O mesmo no caso das mídias sociais, onde o conteúdo chega a ser ainda mais importante. E nem precisamos falar da produção de conteúdo.

Assim, a nossa segunda dica para você que está começando do zero no marketing digital é: busque estudar e compreender a produção de conteúdo.

Habilidades de escrita também são essenciais nesse mercado e você vai precisar delas sempre.

6 – A Otimização para Mecanismos de Busca (SEO)

A otimização para mecanismo de buscas(SEO) também é extremamente importante para o marketing digital e que qualquer pessoa que pretende entrar nesse mercado precisa entender.

Quando falamos em otimização para mecanismos de busca, SEO, estamos falando em trabalhar o conteúdo para que ele seja encontrado mais facilmente por quem faz pesquisas em motores de buscas, como o Google, por exemplo.

O Google, Bing e outros buscadores, utilizam uma série de critérios para definir quais sites vão aparecer primeiro quando alguém pesquisa por um termo.

E você deve imaginar o quão vantajoso deve ser para um site aparecer em primeiro na página de resultados.

Por isso, praticamente toda e qualquer peça de conteúdo produzida para o marketing digital precisa ser bem trabalhada em SEO e as habilidades que permitem isso já são uma exigência básica do mercado.

Logo, se você quer trabalhar com marketing digital, precisa entender profundamente a otimização para motores de busca.

7 – As Palavras Chaves

O uso de palavras-chaves corretas vai influenciar diretamente em tudo no marketing digital. Seja em mídias sociais, em postagens, no Instagram, no Facebook, no e-mail marketing.

Então, considere que um dos erros mais comuns que se comete hoje em dia, especialmente porque ainda não conhece toda a grandiosidade do mercado, é deixar as palavras-chaves de lado.

A partir daqui você vai precisar encontrar e aprender sobre ferramentas para usar as palavras. E são ferramentas gratuitas, na maior parte dos casos. Como o Keyword Tool, o Keyword Planner e outros.

Quando se escolhe as palavras-chaves corretas você começa a ter melhores resultados e, mais do que isso, começa a interagir melhor com o seu público também.

8 – O Uso de Links

Sim, essa é uma verdade. A falta do uso ou o uso incorreto de links pode levar o seu novo negócio digital à um grande fracasso. Então, se você está iniciante no mercado entenda a importância disso.

Usar links demais nos seus textos e postagens e publicações é horrível. Não usar, também é bem ruim.

A dica é entender como tudo funciona: o principio é sempre focar no que falamos acima: conteúdo de qualidade. A partir disso, você inseri os links sem deixar o seu conteúdo chato para o leitor.

E a dica vale tanto para quem está começando no marketing digital como para os mais experientes, que costumam pecar com isso. Ah, e a dica final sobre isso é usar links internos e os externos.

9 – A Estrutura do Site

A penúltima orientação técnica para você que é empreendedor digital ou que vai iniciar o seu projeto no mundo da internet tem a ver com o seu site. Sim, é totalmente legal ter um site.

Por lá você tem um espaço online que é só seu e que vai permitir com que todo mundo te ache. Entende? Dá para colocar imagens, cases e até mesmo vender produtos.

No começo, pode até ser um blog ou uma página do Insta. Só que com o seu crescimento vai ser bem importante ter um site oficial. E aqui entra a otimização do site.

Porque ele é como uma vitrine da sua marca: se os clientes (leitores) não gostarem, eles não vão comprar a sua ideia ou o seu produto. Então, pense muito bem na hora de criar o seu site.

10 – O Acesso para o Mobile

Por fim, a dica final tem a ver com o mobile. Você já sabe que hoje em dia a maior parte das pessoas usam o celular ao invés de um computador para pesquisar notícias, ver imagens, jogar… certo?

Assim, todo mundo que vai trabalhar com marketing digital do zero tem que ter uma página responsiva, isto é, que seja legível por celulares também e não apenas pelos computadores.

Esse acesso mobile necessita de configurações especiais para gerar um conteúdo de qualidade e uma melhor experiência ao seu usuário. Evite o erro de não pensar nisso e dê ao seu cliente, todo conforto que ele precisa!

PROPAGANDA