Quem disse que ser um nômade digital é fácil só podia estar brincando…

Tem muita gente que diz isso mesmo. Só que essas pessoas só podem estar de brincadeira. Porque ser um nômade digital tem sim suas vantagens. Mas, ser um nômade digital é fácil? Nada disso, amigo. Como tudo na vida, isso também tem os seus próprios desafios.

A nossa ideia está longe de ser a de te desanimar desse sonho. Ao contrário, a gente acha que todo mundo que tem esse ideal pode conquista-lo e usufruir de todo o benefício que isso traz. Por outro lado, a gente quer te alertar para os desafios que isso vai trazer para você.

Se transformar em alguém que vive viajando ou que viaja vivendo, como você queira saber, pode se resumir em um estilo de vida, que é o que está mais longe do tradicional. E isso traz os “ventos da mudança”, além de oportunidades infinitas também.

Fazer parte desse grupo seleto não é mole e, talvez por isso, seja algo tão incrível. É como ficar milionário ou ter um empreendimento de sucesso: dá para fazer, só que não do dia para a noite. Por isso, quando você consegue, a sensação é a das melhores possíveis.

PROPAGANDA

Agora, sem mais enrolações, vamos direto ao ponto. A gente separou aqui algumas dicas para você que está nesse sonho de ser um nômade digital. E sabe que isso é possível, apesar de não ser fácil. Não desista, mas esteja mais bem preparado, ok?

O QUE TE FAZ FELIZ?

Se você está estudando ser um nômade digital deve ter visto que é muito bem vista aquela ideia de abrir mão de muitas coisas para se fazer o que gosta, isto é, o que te faz feliz. E isso realmente vai fazer todo sentido na sua nova vida.

Afinal, ser um nômade digital é fácil? Não é. Portanto, uma boa ideia é, ao menos, estar fazendo o que gosta para sempre ter motivações e seguir em frente. Essa é uma boa dica, inclusive, para tudo na vida e não só para quem quer ser um nômade digital, né.

Para isso, tente se organizar e saiba que vai precisar abrir mão de algumas coisas mesmo. Você precisa ter em mente aquela ideia do que vale a pena para você. É desesperador ficar preso em um escritório? Você não lida bem pessoas? Gosta de trabalhar a noite? Pense em tudo.

E no fim das contas, sempre se responda e opte por aquilo que te faz feliz.

Sobre nômades digitais, leia também

VOCÊ SE ADAPTA FÁCIL AOS NOVOS LUGARES?

Outra dificuldade que você pode ter é sobre a ideia de ser um nômade mesmo. Aliás, você sabe o que é um nômade, não sabe? Basicamente, é uma pessoa ou uma família ou um grupo que não fica “preso” ou “fixo” em um único lugar, casa, moradia, região.

Antigamente, havia muitas histórias de tribos nômades e daí vem a ideia do nomadismo digital. Ele nada mais é do que um conceito de pessoas que podem trabalhar de vários lugares do mundo e optam por se mudar de casa de tempos em tempos.

É claro que fizemos uma descrição e uma síntese da ideia como um todo. Mas, o importante aqui é você considerar que mesmo que não tenha aptidão a se adaptar fácil de moradia, isso vai acabar acontecendo na sua vida. Então, não diga que não sabia, ok?

Considere que ser um nômade, ainda mais no começo, acaba gerando um certo desconforto na vida. Justamente porque se no início temos a sensação de liberdade, depois pode aparecer uma nova sensação, de vazio.

APEGADO OU DESAPEGADO?

Mais uma coisa que pode te ajudar a ver o erro em dizer que ser um nômade digital é fácil é sobre o fato de você ser alguém apegado demais as coisas. Se você não é, ótimo, acabou ganhando um ponto a mais nessa sua nova vida.

O nomadismo faz com que exista uma rotação de lugares e objetos. Portanto, ainda que você goste muito alguma coisa, saiba que são objetos. E o mesmo vale para pessoas. Nessa vida de nômade você vai conhecer muita gente e o tempo todo.

Tente aprender o máximo com ela e mostrar seus sentimentos, mas evite ser apegado demais porque isso pode te fazer sofrer de um modo inexplicável. Há o que os psicólogos têm chamado de depressão pós-viagem. E isso acaba refletindo também no nomadismo.

Mas, como toda doença, essa também tem tratamento. E quando você sabe do risco que corre acaba ficando mais fácil você evitá-la, não é mesmo?

SEJA ALGUÉM QUE SAIBA IMPROVISAR

E para terminar essa nossa aventura que fala sobre os desafios de ser um nômade digital, podemos citar aqui a arte da improvisação. De modo geral, os artistas treinam isso o tempo todo e acabam sendo especialistas no assunto.

Mas, por outro lado, saiba que essa também pode ser uma característica sua. E não porque você vai fazer um papel importante no teatro, na novela ou no filme. Mas, porque a vida vai lhe pregar peças o tempo todo.

Portanto, saiba que você precisa estar preparado e quando não estiver, pelo menos, precisa saber improvisar. Seja na hora do trabalho, da hospedagem, do roteiro, do destino, de tudo. Ser um nômade é estar tranquilo se fizer sol ou se chover, ao mesmo tempo.

Aliás, esse talvez possa ser a sua primeira pergunta a ser feita quando for decidir ser um nômade digital. Será que você está preparado para pegar uma chuva na praia do Caribe ou um sol na fria Alemanha? É mais ou menos disso que estamos falando!

PROPAGANDA