Por que é o momento certo para a realidade aumentada (RA) no marketing

A realidade aumentada está entrando em uma nova fase de sua jornada. Aqui estão os principais desenvolvimentos que fazem agora o momento certo para adotar o AR no marketing.

A tecnologia que antes era vista como uma novidade está agora entrando rapidamente no mercado e está previsto que cresça de mais de US$ 13 bilhões este ano para mais de US$ 67 bilhões em 2024.

A Gen Z já está usando AR regularmente através de filtros e lentes em plataformas populares como Snapchat, Instagram e Tik Tok, enquanto o Google está integrando AR na busca móvel, começando com seu popular recurso de animais 3D.

Por que é o momento certo para a realidade aumentada (RA) no marketing
Foto: (reprodução/internet)

À medida que o AR chega à idade adulta, ele apresenta uma riqueza de oportunidades para marqueteiros que vão muito além dos filtros de face nas mídias sociais.

Tecnologias AR, tais como LiDAR e Localização e Mapeamento Simultâneo (SLAM), abrem possibilidades de visualização de produtos onde os consumidores podem tentar antes de comprar, explorando ativamente as características e funcionalidades de potenciais compras e vendo como elas se encaixam em seu entorno imediato.

Como a realidade aumentada pode beneficiar o marketing

AR oferece todo um mundo de soluções para uma ampla gama de empresas em diferentes indústrias. De fato, os benefícios da realidade aumentada no marketing são infinitos, particularmente para marcas criativas que fazem uso dessa tecnologia de ponta para atrair e engajar seu público.

Estas soluções podem ser aplicadas para mostrar facilmente aos clientes como utilizar um produto ou serviço específico sem ter que passar muitas horas lendo extensos manuais de instruções.

Por que é o momento certo para a realidade aumentada (RA) no marketing
Foto: (reprodução/internet)

Como agora é possível experimentar AR com quase qualquer navegador da web, os usuários não precisam comprar equipamentos caros, pois podem usar a câmera de seu smartphone e aproveitar o passeio. Além disso, soluções de realidade aumentada podem ser usadas para outros propósitos de marketing, tais como melhorar as apresentações e propostas de vendas.

Leia também: Seu manual de marketing de 2021 precisa ser revisado novamente

5 maneiras de usar a Realidade Aumentada em sua estratégia de marketing

A realidade aumentada (AR) é uma tendência emergente nas estratégias de marketing e vendas, uma tendência que permite que as marcas ofereçam a seus clientes experiências únicas com a comodidade de aproveitar seus dispositivos móveis.

Fique por dentro: Tendências da experiência do cliente em 2021: o que os especialistas prevêem?

1. Deixe os clientes tentarem antes de comprar

Clientes em potencial sempre quiseram experimentar os produtos antes de comprá-los. Salas de ajuste, amostras de cosméticos, test drives de automóveis e muitos outros conceitos relacionados comprovam a eficácia desta estratégia de vendas. As experiências de compras aumentadas são uma das tendências crescentes na indústria de varejo.

Usando AR, os potenciais clientes podem modelar e experimentar maquiagem, artigos de vestuário e uma ampla gama de produtos relacionados ao lar sem a necessidade de interagir diretamente com eles. AR nega a necessidade de um grande inventário físico para permitir que os clientes experimentem ou experimentem dezenas ou até centenas de itens em busca daquele que melhor atenda às suas necessidades.

Por que é o momento certo para a realidade aumentada (RA) no marketing
Foto: (reprodução/internet)

Outra área onde a AR tem potencial para brilhar é na criação de um provador virtual ou vestiário. Quando se trata de comprar roupas, os camarins são um mal necessário. Os clientes são obrigados a carregar pilhas de roupas para o vestiário e, em seguida, os funcionários são constantemente necessários para restaurar os artigos descartados. Além disso, uma loja é limitada pelo estoque em mãos quando se trata de oferecer roupas para os clientes experimentarem.

O vestiário de realidade aumentada dispensa grande parte desse incômodo, permitindo que os clientes acessem uma biblioteca digital de artigos de vestuário com o toque de um dedo. Marcas como Topshop e Timberland têm estado na vanguarda do desenvolvimento de vestiários e vestiários de AR para dar a seus clientes uma experiência virtual ao ajudá-los a selecionar artigos de vestuário.

2. Touring de aumento e assistência

A realidade aumentada oferece às empresas o potencial de adicionar um componente digital em cima de suas localizações físicas e produtos. Os clientes podem escanear um produto ou objeto para puxar uma experiência de AR sob medida, seja para dar informações adicionais sobre o produto ou alguma forma de experiência suplementar relacionada à marca.

A aplicação de AR neste sentido se estende a numerosas indústrias e mercados. Por exemplo, a empresa de venda de ingressos StubHub criou um aplicativo de realidade aumentada, que permitiu que os usuários visualizassem um display 3D do estádio onde o Super Bowl foi jogado. Os torcedores puderam visualizar o visual do campo a partir de vários assentos para escolher o assento certo para eles.

Por que é o momento certo para a realidade aumentada (RA) no marketing
Foto: (reprodução/internet)

A Starbucks se voltou para a realidade aumentada para digitalizar a experiência de visitar uma de suas cafeterias. Os usuários podem digitalizar objetos dentro da loja para acessar um tour virtual, transmitindo informações adicionais para complementar o site físico.

3. Materiais de reforço da marca

A realidade aumentada pode levar materiais de marca como cartões de visita e folhetos para o próximo nível, acrescentando um componente virtual. 

Por exemplo, um usuário pode escanear um folheto no local certo para trazer um vídeo destacando algum aspecto da informação transmitida, trazendo um elemento dinâmico para o texto estático do folheto. Alternativamente, um cartão de visita pode usar AR para apresentar uma variedade de opções de contato que permitirão ao usuário entrar em contato com um único clique, seja por e-mail, LinkedIn, ou por telefone.

Os materiais de marca aprimorados com AR permitem que seus criadores injetam elementos virtuais dinâmicos no texto, aumentando o envolvimento.

4. Crie um zumbido em torno da marca

A criação de uma experiência nova, inesperada ou divertida de realidade aumentada pode resultar em um zumbido significativo para uma marca se executada adequadamente.

AR é um fenômeno relativamente novo para a maioria das pessoas, o que significa que uma experiência AR bem projetada fará com que as pessoas falem e gerará memórias duradouras. Como as pessoas preferem uma marca que as mantenha felizes e satisfeitas, esse tipo de exposição e boa vontade do cliente pode pagar dividendos duradouros.

Por que é o momento certo para a realidade aumentada (RA) no marketing
Foto: (reprodução/internet)

Empregando estratégias como esta, as empresas podem gerar milhões de dólares em mídia ganha. Em um mercado competitivo, uma campanha de realidade aumentada pode ser esse diferencial que permite que uma marca se destaque de seus pares e crie discussão sustentada e reconhecimento do nome.

5. Alavancar a realidade aumentada para B2B

A realidade aumentada está pronta para transformar o cliente/fornecedor B2B experiente de diversas maneiras. O processo de vendas B2B sempre esteve repleto do cabo de guerra entre as expectativas do cliente e as limitações do que um fornecedor é realisticamente capaz de fornecer. AR tem o potencial de criar melhorias significativas ao longo de toda a cadeia do processo de vendas.

Uma das áreas mais significativas nas quais o AR pode melhorar as vendas B2B está na criação de material dinâmico de apresentação de vendas. 

As ferramentas de vendas AR podem permitir que os clientes vejam e interajam com os produtos da forma mais detalhada que desejarem, desde uma visão geral de alto nível até uma inspeção granular de componentes individuais. Ao trazer o produto para a sala de reuniões, a realidade aumentada permite aos clientes um maior acesso às informações de que precisam para tomar uma decisão.

Por que é o momento certo para a realidade aumentada (RA) no marketing
Foto: (reprodução/internet)

AR é também uma grande vantagem quando se trata de lidar com opções de personalização. Como regra geral, os clientes estão procurando o máximo de personalização e produtos e soluções especificamente adaptados. Gerenciar essas demandas do lado do fornecedor nem sempre é fácil.

Ferramentas de realidade aumentada podem facilitar aos clientes a participação ativa no projeto de seus produtos. O AR pode criar uma ponte entre as expectativas do cliente e a satisfação do fornecedor.

Veja também: Pesquisa de marketing de conteúdo B2B para 2021: principais vantagens e tendências

Conclusão

A realidade aumentada é mais do que apenas uma novidade ou uma nova fronteira nos jogos. Ela é uma das forças motrizes por trás das inovações em vendas e marketing na próxima década. 

Usando AR, os negócios voltados para o futuro serão capazes de atualizar a experiência que oferecem a seus clientes, levando a maiores oportunidades de negócios e vendas.

Leia mais: O desafio da experiência do cliente exige liderança clara

Traduzido e adaptado por equipe Nomadan

Fonte: Clickz, The Drum e Smart Insights