Em 5 dicas, saiba quanto um freelancer de marketing digital deve cobrar

No mercado de trabalho online, uma das dúvidas mais frequentes que as pessoas têm é sobre a precificação. Isso é complicado na hora de cobrar pela venda de um produto. Mas, saber quanto um freelancer de marketing digital deve cobrar pode ser ainda mais complicado.

Para ajudar você nessa verdadeira epopeia, nós vamos trazer aqui algumas dicas valiosas para ajudar você a encontrar aquele preço ideal pelo seu trabalho. Afinal, você pode cobrar por hora de trabalho ou até mesmo por projeto entregue, sabia disso?

E não é só isso que importa. Conhecer o mercado, fazer uma pesquisa de preço dos concorrentes, saber o que cliente quer de resultado e avaliar os seus custos também importa nessa conta toda. Então, vamos lá, veremos como cobrar um valor justo, para você e o cliente.

Antes, saiba o que faz um freelancer de marketing digital

Só para contextualizarmos tudo o que vamos falar aqui, considere entender o que faz esse profissional, que cada vez é mais requisitado na internet. O freela de marketing é aquela pessoa que pode prestar diversos tipos de serviços dentro desse tema.

Porém, isso não se resume a escrever textos, o que é um dos caminhos mais conhecidos. Mas, ele também pode ser responsável por vídeos do Youtube, por anúncios do Instagram, por comunicados em sites instituições, pela gestão das mídias, etc.

O mais bacana é entender que há uma porção de vagas online e tipos de trabalhos dentro do marketing digital. Mais do que isso, considere que sempre pode haver um freelancer disponível a pegar o trampo, entendeu?

Sendo assim, a gente tem uma matéria que explica melhor essa ideia do que faz o freela de marketing digital. Inclusive, a gente cita alguns exemplos, como é o caso do redator. Leia a matéria: “Descubra o que faz um freelancer de marketing digital”.

As 5 dicas para saber quanto cobrar pelo trabalho

A nossa ideia aqui é mencionar de forma muito breve quanto um freelancer de marketing digital deve cobrar. Porém, não vamos fazer isso pontuando os valores nas principais cidades. Afinal, na internet, essa questão acaba não sendo tão valiosa assim.

O foco é mostrar que há técnicas e dicas que podem ajudar você a encontrar o seu melhor preço pela entrega de um produto. Mas, prometemos que seremos breves em cada um dos tópicos abaixo. Bora lá!

1 – A pesquisa de mercado

A primeira dica é sobre fazer a pesquisa de mercado. Afinal, isso não vale apenas para quando se vai vender um produto. Na hora de vender um serviço, a pesquisa também é importante para saber e ter uma média do que está acontecendo no mercado.

Claro que esse não é o único parâmetro a ser usado. Porém, é um deles.

2 – O estudo dos custos

O outro parâmetro a ser utilizado para descobrir quanto um freelancer de marketing digital deve cobrar tem a ver com os seus custos. Geralmente, um freela não tem muitos custos porque ele trabalha de casa. Mas, ainda assim, existem os custos que devem ser vistos.

Talvez o uso de computadores, teclados, fones, cadeiras ergométricas, cursos, etc.

3 – O valor da hora trabalhada

Nesse tópico, o importante é você entender que quando se vende um serviço, a conta pode ser feita sobre a hora trabalhada. No entanto, nem sempre é assim que funciona. Você também pode ganhar o salário com base nos projetos.

Por exemplo, a cobrança pode ser por publicação, texto, anúncio feito, etc.

4 – Os diferenciais que você tem

Para ajudar a fazer essa conta sobre a cobrança, que pode ser por hora de trabalho ou entrega de trabalho, considere os seus diferenciais também. Afinal, a análise do mercado e dos custos pode ficar injusta para você. O que você tem de conhecimento aí na sua bagagem?

Talvez aquele curso super caro que fez, uma viagem para a Europa e assim vai.

quanto um freelancer de marketing digital deve cobrar

5 – A avaliação do que o cliente quer

Para terminar o texto, aliás, as dicas, saiba que entender o cliente pode ser um ponto fundamental para a pergunta sobre quanto um freelancer de marketing digital deve cobrar. Afinal, se você tem uma solução exclusiva, então, ponto para você.

Por outro lado, se tem algo que o mercado tem em excesso, você terá que ter muitos diferenciais para conseguir cobrar um valor acima do mercado, por exemplo.

Inclusive, em muitos casos, se o cliente ver que vale mais a pena contratar uma agência do que um freelancer, saiba que ele fará isso, sem dúvidas. Aqui no blog, já comentamos sobre isso certa vez (Saiba por que contratar uma agência de marketing digital vale a pena – ou não).

Além do preço, como estar preparado para as vagas

Para completar o texto, nós queremos deixar aqui uma leitura complementar para você. Ontem a gente fez um conteúdo falando sobre como estar preparado para as vagas online de freelancer em marketing digital para quando elas surgirem.

Assim, a gente comenta sobre a importância do estudo, por exemplo. Mas, também falamos sobre os cuidados com que você publica, comenta e compartilha nas redes sociais. A matéria está muito interessante, veja: “Veja como estar preparado para as vagas de freelancer em marketing digital [guia prático]”.

Curiosamente, saiba que durante a pandemia muita gente viu as vagas de trabalho online, porém, não se sentiram preparadas para elas. Se esse é o seu caso, talvez esse seja o melhor momento para começar a sua preparação para entrar no mercado digital.