Empreendedor Investidor – Descubra quantas pessoas investem na bolsa do Brasil

O que se vem notando é o número de investidores brasileiros nos últimos anos está aumentando, começando mais jovens e com menos dinheiro. Na bolsa, a ideia é a mesma. Mas, quantas pessoas investem na bolsa do Brasil? A gente descobriu a resposta.

Agora, se você acha que esse conteúdo não tem nada a ver com o empreendedorismo está completamente enganado. Considere que investir dinheiro em ações é uma das formas mais significativas de ganhar dinheiro e de empreender.

Afinal, se você notar os grandes investidores do país vai ver que eles são exemplos de empreendedores de sucesso. É aquela ideia de nunca colocar todos os ovos na mesma cesta, sabe? Então, definitivamente, o mercado acionário pode ser uma ideia para você, também.

Quantas pessoas investem na bolsa do Brasil

Depois de tudo o que falamos no início do texto pode ser que você tenha notado que mais pessoas estão investindo dinheiro em vários mercados, assim como na renda fixa e na variável. Agora, o que não muda o fato de que muitos iniciam o processo com aportes mais modestos.

O que também nos leva a uma segunda constatação: você não precisa ser milionário para investir na bolsa de valores, né. Para você entender esse processo em números, a B3, que é a bolsa de valores do Brasil mostrou os resultados de uma pesquisa.

PROPAGANDA

Assim, informou que entre 2018 e 2020 a média desse saldo diminuiu bastante. Antes eram R$ 19 mil hoje são R$ 8 mil. Esse é o saldo que cada investidor tem na sua conta. Aliás, o investimento inicial também despencou.

De acordo com a B3, em 2016 a entrada média era de R$ 3,5 mil. E no início deste ano, 2020, o valor passou a girar em torno de R$ 1,6 mil. E isso tudo antes da crise mundial do coronavírus, né, porque após isso muita coisa mudou.

Brasileiros mais pobres estão investindo na Bolsa

Se você só queria saber quantas pessoas investem na bolsa do Brasil, a gente vai contar agora: são 2,38 milhões de pessoas físicas cadastradas. O número é de abril deste ano. Logo, isso representa um aumento de mais de 40% com relação à 2019.

Agora, além de saber os números, o mais interessante é você ver que todos podem investir na bolsa. Porém, você precisa entender que apenas fazer uma conta na corretora de valores e aplicar o dinheiro em alguma ação não vai ser suficiente para ser um empreendedor da bolsa.

Nessa levada de novos investidores que vem surgindo, aliás, foi identificado que poucos fazem pelo menos alguma ação na bolsa mensalmente. Resumidamente, o modo que atuam é aplicar dinheiro e esperar os acontecimentos, pensando no longo prazo.

Essa nova forma de investimento está acontecendo, pois, pessoas com menos poder aquisitivo está começando a se interessar por esse tipo de investimento, que possibilita mais retorno, mesmo sendo mais arriscado.

Menos dinheiro, mais vontade!

Outro dado para entender ainda mais essa mudança é que em 2011 tínhamos 238 mil investidores que possuíam com menos que R$ 10 mil aplicados.

Já as informações mais recentes, apontam que investidores com saldo inferior a R$ 10 mil tiveram um crescimento de 400%, chegando hoje a pouco mais de 1 milhão de ativos na B3.

Os investidores são mais jovens

E para fechar essa lista de informações que a B3 divulgou, saiba que outra mudança que se identificou nos últimos anos, além do aumento da participação de brasileiros com menos dinheiro, é a introdução de um público mais jovem.

Para se ter uma ideia, os investidores com idade inferior a 39 anos eram algo em torno de 15%, em 2011. Agora, houve um grande salto nesses dados, fazendo com que esse público se tornasse maioria no mercado nacional, alcançando a marca de 60%.

Eles também estão diversificando os investimentos, levando em conta os produtos oferecidos pela B3. Segundo a mesma, praticamente 50% dos investidores ativos estão com ao menos cinco ativos na sua carteira. Isso quer dizer que o valor dobrou em três de anos.

Essa atitude é vista como positiva por especialistas, pois os brasileiros estão enxergando uma possibilidade de serem mais ousados.

Os cuidados antes de investir na bolsa

Se você leu o artigo até aqui é porque se interessa por esse tipo de aplicação. Obviamente, a resposta para quantas pessoas investem na bolsa do Brasil vai além dos números e mostra que todo empreendedor deve pensar nela como uma fonte alternativa de renda.

Quem está começando agora a investir pode se iludir muito ao descobrir muitas ações com preços baixos e mesmo com pouco dinheiro. No entanto, isso também pode levar a uma armadilha ao acreditar que tudo é uma grande promoção de fim de ano. E não é.

Portanto e definitivamente, a bolsa de valores é uma boa opção, mas desde que você tome os devidos cuidados. Deixe um pouco de lado as frases mais conhecidas, como “comprar na baixa e vender na alta” ou “comprar estatais ou do setor elétrico”.

quantas pessoas investem na bolsa do Brasil

Tudo isso pode fazer sentido em algum momento, mas você tem que entender os motivos disso. É como se fosse altamente recomendável entender a teoria para ir para a prática. Então, a melhor dica é: estude o mercado de ações antes de entrar nele.

Mas, se você quer mesmo um incentivo, saiba que os números que mostram quantas pessoas investem na bolsa do Brasil é algo motivador. Afinal, isso nos leva a crer que as pessoas e até os empreendedores mais jovens estão buscando uma fonte de renda alternativa na bolsa.

PROPAGANDA