Saiba quais são as 5 principais tendências de TI para o próximo ano

Você já parou para pensar em tudo o que estamos vivendo hoje? Para quem tem uma empresa, o que isso quer dizer? Basicamente, duas coisas. A primeira é que os consumidores estão mais exigentes. A outra é que existem ferramentas que estão sendo criadas para esse tipo de público.

E quais são essas ferramentas ou melhor essas tecnologias? A gente pode dizer que elas têm relação de paz com a área de TI, que é a Tecnologia da Informação. Os nomes podem parecer medonhos ou estranhos, mas, de um modo geral, são coisas simples.

A gente trouxe aqui uma lista de 5 dessas tendências que estão sendo aplicadas desde já e, ao que tudo indica, continuará sendo usada, cada vez em escala maior, no futuro. Continue lendo para conhecer e entender o que analítica aumentada, edge computing e gêmeos digitais, por exemplo.

1 – Analítica Aumentada

Boiou? Se você não sabe o que é analítica aumentada, não se preocupe porque a gente vai explicar. E é até bom que você já descubra porque é um assunto que promete estar em alta nos próximos meses ou anos.

Para quem não sabe, lá vamos nós: é uma área da Inteligência Aumentada que também usa a Machine Learnig. Basicamente, a ideia dela é transformar o conteúdo analítico em algo que seja consumível e possível de ser compartilhado também.

PROPAGANDA

O termo é mais usado no inglês, sendo Augmented Analytics. E a gente também pode traduzir isso como geração automática de texto, preparação de dados, compartilhamento inteligente de dados e tudo o que tem a ver com a análise humana de dados analíticos.

É provável que agora você tenha notado porque esse tema será importante nos próximos anos. Devido à grande quantidade de informações que teremos, os especialistas vão precisar “agrupar” os dados e analisar eles de forma conjunta.

E é a analítica aumentada que vai permitir identificar os padrões, automatizando insights.

2 – Blockchain

Esse nome já é bem mais conhecido em toda parte do mundo, né. E há bastante tempo está entre as principais tendências de TI. E para quem não sabe, a gente explica também: é um tipo de livro digital que tem ordem e registros transacionais.

O uso dessa tecnologia é importante por vários motivos, mas um que a gente tem que destacar é o fato de que promove altos níveis de segurança em plataformas digitais. E por que? Porque as informações ficam armazenadas em milhões de pontos e não em um único servidor. Isso é o que dá segurança.

Se a gente juntar os temos “tecnologia” e “segurança”, a gente não fica com muitas dúvidas de que isso pode dar certo, né. Até mesmo porque vivemos em um mundo onde muito se fala de hackers. Aí, ter informações criptografadas em ambientes confiáveis pode ser a solução.

3 – Edge Computing

Saiba quais são as 5 principais tendências de TI para o próximo ano

Mais um nome bonito que temos aqui e que você deve conhecer. A melhor tradução que encontramos para essa expressão tem a ver com algo como dispositivos que são usados por pessoas e que são incorporados em tudo o que está ao nosso redor.

Difícil entender? É uma tecnologia que processa dados, também. Ela vem sendo muito usada pelo Internet das Coisas porque mantém processos perto de aparelhos e não em nuvem. Mas, não é uma aversão ao Cloud Computing, ok? São complementares.

Descubra por que as empresas têm usado as assistentes virtuais inteligentes

4 – Inteligência Artificial

A gente não pode falar em tendências de TI sem citar a Inteligência Artificial, ou IA como é chamada, né. O que temos para destacar aqui é o fato de que esse tipo de tecnologia está mudando o mundo todo e cada vez mais rapidamente.

Há estudos que mostram que daqui 2 anos cerca de 40% de todos os novos projetos que vão surgir terão especialidades em IA. E olha só: é o próprio mercado quem dita essa regra.

E se existem caminhos os quais a gente pode citar, temos o exemplo das ferramentas que permitem aplicações sem que se tenha um cientista de dados por perto. Temos ainda as soluções com testes automatizados e processos agilizados através de aplicativos.

E, por que não falar também, dos sistemas que automatizam todas as soluções de um negócio? A inteligência artificial está na moda e está em alta para a próxima década.

5 – Gêmeos Digitais

No fim do conteúdo, vamos trazer aqui um assunto que talvez você ainda não tenha ouvido falar também, apesar de ser uma tendência. Os gêmeos digitais são representações digitais de processos, de sistemas ou de entidades.

Não entendeu, né? É uma ideia que consiste na coleta e na visualização de dados precisos. E por que isso seria bom? Porque dá para a empresa a chance de se organizar melhor a partir da simulação de dados – do ambiente virtual que pode ser aplicada no ambiente físico.

Essa simulação virtual das linhas de produção tem resultados diretos na redução de custos de uma empresa. E aumenta a flexibilidade da indústria. Também evita o desperdício de atividades e de produtos. Tudo isso ainda traz efeitos indiretos positivos.

Por exemplo, a chance de o empreendedor ter melhores respostas às mudanças que acontecem. Isso melhora a tomada de decisão e também as operações. É um conceito muito ligado ao que chamamos de IoT ou Internet das Coisas. E é uma tendência e tanto.

Veja o que diz um especialista sobre os gêmeos digitais: “Se o resultado final for negativo, no mínimo, os softwares aprendem com o erro e os tornam mais precisos nos próximos testes. Com o tempo, a simulação será fidedigna ao mundo real”.

PROPAGANDA