Plano de estudo para o Enem: aprenda como se preparar

PROPAGANDA

O ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) é a principal porta de entrada para os cursos superiores do brasil, em especial para as universidades públicas. Ao realizar a prova, você recebe uma pontuação, calculada pelo algoritmo Teoria de Resposta ao Item (TRI), e pode usar essa pontuação para se candidatar às vagas do Sisu, ProUni ou FIES.

Criado em 1998 pelo INEP, órgão responsável pela organização e aplicação, tinha inicialmente o objetivo de medir a qualidade do ensino médio nas escolas brasileiras. Porém, a partir de 2009, começou a ser usado como vestibular principal pela instituições educacionais.

O ENEM é uma prova composta por 180 questões sobre linguagens, códigos e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias; e ciências da natureza e suas tecnologias, além de uma redação. Para estar bem preparado para a prova, é necessária dedicação aos estudos, e vamos ver algumas dicas a seguir.

Plano de estudo para o Enem: aprenda como se preparar
Foto: reprodução/internet

Plano de estudos para o ENEM

Como dito, o ENEM é uma prova que aborda todas as áreas do conhecimento e é uma prova longa, o que exige não apenas conhecimento acadêmico sobre as matérias, mas também calma e tranquilidade para fazê-la. Por isso, é essencial se preparar bem.

O que pode ajudar nessa fase de estudos é fazer um plano de estudos, que, como o próprio nome já diz, ajuda você a organizar seu tempo para tornar seus estudos mais bem distribuídos e eficazes. A seguir, veremos algumas dicas de como montar seu plano de estudos e se preparar para o ENEM.

PROPAGANDA

Como cada pessoa tem um tem um perfil, rotinas e hábitos diferentes. Portanto, o plano de estudos deve ser personalizado, a fim de se encaixar bem no seu dia a dia. Para isso, o Guia do Estudante disponibilizou vários planos de estudos de acordo com os perfis e atividades de cada um. Isso pode servir de base para você montar o seu.

Crie e mantenha uma rotina

Estudar aleatoriamente e quando quiser para o ENEM não é uma boa ideia para quem quer se dar bem na prova. Por isso, é essencial que a pessoa crie a rotina de estudar e a mantenha, levando em considerações outros afazeres que já precise cumprir, como trabalho ou escola.

Uma boa maneira para começar a fazer seu plano de estudos é saber quais são todas as suas atividades durante a semana, e se tiver tarefas a realizar, qual o prazo de entrega. Com isso em mente, você conseguirá saber em quais horários você consegue estudar e planejar suas horas de estudos.

Ao montar seu horário, também é importante adicionar momentos de descontração e lazer, além de manter seu sono em dia. Ao contrário do que muitos pensam, estudar oito, dez ou doze horas por dia não é produtivo e nem saudável. Para fixar bem o assunto, o cérebro precisa receber outros estímulos também, por isso, dê pausas rápidas ao estudar.

Conheça suas prioridades

Como o ENEM é uma prova que engloba todas as áreas e que serve como vestibular para todos os cursos. A sua nota é definida de acordo com o curso que você escolher, já que há pesos diferentes para cursos diferentes. Por exemplo, caso você queira medicina, os pesos de ciências da natureza costumam ser maiores que de linguagens.

Saber qual curso você quer é uma boa baliza para descobrir em qual matéria dar um gás a mais. Porém, é importante preparar-se bem para todas as disciplinas, já que elas também são parte da prova e representam uma boa porcentagem dela. 

Conclusão

Estabeleça um foco para os seus estudos, baseado no curso que você quer ingressar. Quando isso acontecer, será bem mais fácil organizar a sua rotina de estudos e definir o que precisa de mais empenho na sua preparação. 

PROPAGANDA