Saiba como os pequenos negócios digitais podem aproveitar a Black Friday

ANÚNCIO

O que não é novidade para ninguém é que os pequenos negócios digitais estão ganhando força no nosso país. Inclusive, isso tem acontecido de forma mais frequente nos últimos meses, devido à pandemia, ao isolamento social e também ao aumento das compras online.

Logo, agora temos mais uma notícia que deve ser positiva: a oportunidade de aumentar as vendas durante a Black Friday. Esse é um evento muito aguardado durante o ano todo. Afinal, consumidores compram pagando menos e lojistas ganham vendendo mais.

ANÚNCIO

A conversa de hoje é pensada do lado do lojista. Aliás, do pequeno lojista online. Por isso, se você tem um negócio digital, independente de qual seja o nicho, considere que esse texto pode ser uma forma de estudar as formas de aproveitar a data mais aguardada do ano.

O comprometimento

Um ponto dos mais importantes é entender que os consumidores modernos estão muito mais atentos ao evento. Tanto é que no Brasil, há alguns anos, tem se falado em “Black Fraude”, com referência à “mentira” que alguns lojistas contam. Mas, isso não é o que mais acontece.

De qualquer modo, a primeira coisa é você se comprometer com o seu cliente. E isso quer dizer que só deve oferecer descontos quando realmente forem possíveis. Portanto, nada de subir o preço antes para depois falar em oferta, está bem? Ele se sentiria enganado.

ANÚNCIO

O estoque dos produtos

Mais uma ideia bacana para quem tem um dos pequenos negócios digitais e quer aproveitar a chance da Black Friday para vender mais é pensar no estoque. Obviamente, muita gente usa essa data para “passar para frente” aqueles produtos encalhados no estoque.

Inclusive, essa é uma boa ideia mesmo e muito positiva do ponto de vista operacional. Por outro lado, a gente também pode considerar que se você pensa em fazer uma promoção sobre algum produto especifico, lembre-se de saber se tem estoque para isso.

Um erro que pode deixar o cliente ou futuro cliente insatisfeito é ofertar produtos baratos, sendo que você só tinha 1 única unidade. Assim, ao comprar o produto, ele terá problema em não receber ou não conseguir finalizar a compra. Então, estude o seu estoque.

O cuidado com o frete

Agora a gente tem aqui um segredo. Isso porque durante a Black Friday, a maior reclamação dos clientes é sobre a entrega dos pedidos. Geralmente, eles dizem que demoram demais ou além do prazo combinado/estipulado.

Então, é um bom momento para tomar ainda mais cuidado com isso. Se você sabe que nessa época os Correios e as Transportadoras demoram mais para entregar, então, aumente o seu prazo ou deixe um comunicado no site avisando sobre tal possível acontecimento.

Isso é se preocupar com o cliente e isso faz toda a diferença.

Os descontos

Falamos um pouco disso, mas não muito. Então, aqui vamos detalhar um pouco mais. Considere que você tem que saber até onde um desconto pode chegar. Ou seja, o quanto barato um produto pode ficar. Claro que quanto mais barato, melhor. Porém, cuidado.

Lembra que a gente falou sobre aquele “produto encalhado”? Então, lembre-se que você até pode pensar em vender sem ter lucro. E tudo bem. Mas, cuidado com o frete porque isso poderia fazer você ter prejuízo. A ideia é ganhar menos, mas não perder, está bem?

Para quem ainda não atua a muito tempo com vendas, uma boa ideia é estudar sobre a precificação do produto. Nesse tema, dá para entender mais a questão do lucro. A gente tem um artigo que fala disso: “3 passos para precificar o seu produto de forma lucrativa e justa”.

Os benefícios

Mais uma boa ideia, que sempre faz muito sentido, é pensar em oferecer benefícios e vantagens para os clientes. Aliás, isso se explica por um motivo óbvio: durante a Black Friday, os consumidores são “bombardeados” com ofertas e anúncios.

Assim, os benefícios fazem parte de uma estratégia para fidelizar ou chamar a atenção desses consumidores online. A ideia inicial até pode ser a de vencer a concorrência. Porém, considere que a vantagem vai além disso: como na hora de fidelizar o cliente.

Entre os benefícios, dá para pensar nos próprios descontos progressivos ou em brindes ou em um programa de pontos também. Esse pode ser um ótimo momento para criar aquela campanha de “a cada 10 compras, a 11ª sai com o frete grátis”, por exemplo. Ou algo assim.

Além de tudo, comece logo!

Além das dicas acima, considere que uma boa ideia é começar antes. Mas, não começar a divulgar suas promoções. Apesar de que isso também pode ser uma ideia. Porém, o que estamos falando é sobre começar a se planejar antes do dia da Black Friday.

pequenos negócios digitais

Até mesmo porque os pequenos negócios digitais devem ter esse planejamento para várias datas festivas e comerciais que acontecem durante o ano, como o Dia das Mães e também o Natal. No entanto, como começar antes?

A ideia é que você faça um levantamento, baseado em tudo o que falamos acima, para saber até onde pode ir, qual o maior desconto que pode dar e quais os produtos que “precisam” ser vendidos durante essa data. Outra coisa é estudar as campanhas e ideias do ano passado.

Talvez, deixar alguma peça publicitária pronta também pode ser interessante. Assim como planejar como vai ficar a sua página ou categoria da “Black Friday”. Por exemplo, dentro da sua plataforma pode ter essa “parte”, que é destinada aos melhores descontos do evento.

ANÚNCIO