Confira 3 dicas valiosas sobre como montar um plano de negócio do zero

ANÚNCIO

Quando acaba o ano, passa o carnaval ou até mesmo durante a crise, quem tem vontade de empreender sempre dá um jeito de se concentrar nas novas ideias. Se esse é o seu caso, saiba que esse conteúdo vai te ajudar a montar um plano de negócio do zero.

Afinal de contas, conquistar e fidelizar o cliente é importante sim. No entanto, você sempre deve ficar atento ao fato de que ter um plano é o que vai te guiar para as novas exigências do mercado, para as adaptações que forem necessárias e até mesmo para aumentar as vendas.

ANÚNCIO

Independente do seu momento atual, saiba que sempre há motivos para estudar como abrir um novo negócio ou até mesmo para revisar o que já aconteceu na sua empresa, que está aberta. Esse texto é para isso, mas ele é todo focado no plano de negócios.

Por quê?

Se você reler os tópicos anteriores de novo vai ver que a gente citou por várias vezes as palavras “plano” e “negócios”. E isso faz todo sentido para esse texto. Curiosamente, entenda uma coisa que acontece, de forma muito constante, no mercado nacional.

O número de empreendedores cresce sempre, a cada novo ano. Só que, ao mesmo tempo, também é alto o número de empresas que fecham após alguns meses ou anos. O motivo? Você já deve saber, né: a falta de um plano de negócios empresarial.

ANÚNCIO

Inclusive, esse está entre os principais erros cometidos por um empreendedor novato, logo nos primeiros anos de gestão. O erro está justamente em achar que ter capital para investir e uma ideia na cabeça são suficientes para o sucesso da empresa. O que, de fato, não acontece.

Assim, montar um plano de negócios do zero é importante antes mesmo de começar. Mas, se você já iniciou o seu projeto, saiba que ainda dá tempo. Ele poderá avaliar a viabilidade do empreendimento ou ponderar o que pode ser alterado na empresa que já existe.

Só para fechar esse tópico inicial, saiba que há inúmeras vantagens de se ter um plano de negócios na sua empresa. Como o estudo do mercado, dos potenciais, das limitações, da ideia, do esforço, dos empregados, dos riscos, das oportunidades, etc. Então, leia essas dicas.

1 – Entendendo as variáveis

A primeira especialista que vamos citar aqui é a Nayara Cardoso, que é professora de administração. Ela diz que o planejamento permite ao empresário entender o negócio como um todo. A partir disso, ele pode analisar as variáveis dos resultados da empresa.

Inclusive, ela cita que isso também permite saber as fraquezas do negócio, traçar metas e objetivos. Agora, para complementar a informação, leia um trecho do que Bruno Zanetti, do Grupo ZNTT, disse para uma revista, recentemente:

“O plano de negócio é uma formalização, um documento de planejamento capaz de demonstrar a viabilidade de um empreendimento a partir da estratégia, do mercado, das operações e da gestão financeira”.

2 – Escolhendo o melhor caminho

Seguindo nessa escada do sucesso para montar um plano de negócio do zero, agora temos justamente a escolha do caminho. Afinal, esse estudo vai ser o alicerce de qualquer negócio que você queira investir – de uma franquia até mesmo um produto inovador.

Zanetti também fala sobre isso. “Planejar significa traçar objetivos, escolher qual o melhor caminho a ser seguido para otimizar o funcionamento da empresa e estabelecer datas para avaliar quais metas foram alcançadas”.

Inclusive, ele diz que isso torna possível não apenas tomar as melhores decisões agora, como também usar métodos eficientes para mudar o que for necessário durante o caminho. “Qualquer empreendimento que não tenha um plano está fadado ao insucesso”.

É importante mencionar aqui que todas as frases citadas aqui nesse conteúdo estão publicadas, de forma inicial, na revista impressa Gestão e Negócios, na edição 131, do ano de 2020.

3 – Visando o crescimento

Em uma última etapa, a gente também tem o fato de que as pequenas empresas trabalham para um dia serem grandes. Ao menos, é o que concordam em afirmar os dois especialistas citados nesse conteúdo.

Ao passo que “ter seu plano estruturado facilita o crescimento, além de economizar muito”, descreve Zanetti. Logo, não nos restam dúvidas de que o planejamento empresarial e inicial é fundamental para o sucesso, que deve ser perene e escalável.

“O plano de negócios pode fazer toda a diferença. É como comparar a saúde de um atleta ativo com uma pessoa sedentária onde a probabilidade de infarto, pressão alta e tudo mais são maiores no sedentário”, avalia outro especialista, o Thiago Sarraf, da Dr. e-commerce.

montar um plano de negócio do zero

Ele ainda complementa a ideia dizendo que “não anula a possibilidade, mas diminui muito a taxa de insucesso. É vital saber a direção e o plano de voo do seu negócio, para onde irá e como irá”.

Leia também – as perguntas certas para se fazer antes de abrir o próprio negócio

Se você está estudando a abertura de um novo negócio, saiba que temos a indicação de um novo texto, que publicamos recentemente aqui no blog. Nele, a gente cita algumas perguntas imprescindíveis para que sejam feitas antes da tomada de decisão final.

Leia: Confira 7 perguntas que todo empreendedor deve fazer antes de abrir o próprio negócio

A ideia do conteúdo foi a de mostrar que todo mundo pode empreender – uma das perguntas é justamente a que tira essa dúvida: será que todo mundo pode empreender. Por outro lado, também mostramos a importância de entender sobre como começar um negócio novo, do zero.

ANÚNCIO