Saiba quais foram os 5 melhores nichos para vender no Instagram nesse ano

ANÚNCIO

A pandemia teve vários viesses. Um deles foi a possibilidade de vermos que há oportunidades sempre. Para quem trabalha online, esse foi um dos vieses mais visíveis dos últimos meses. Sendo assim, hoje vamos falar sobre os melhores nichos para vender no Instagram.

Aliás, considere que estamos falando sobre alguns setores que foram importantes e resultaram em bastantes vendas nesse último período de crise. Assim, pode ser que seja algo a ser considerado por quem vai começar a trabalhar na internet ou para quem já faz isso.

ANÚNCIO

Inclusive, vamos mencionar algo aqui: não fizemos uma pesquisa para encontrar esses mercados. No entanto, tudo o que está exposto abaixo é através de um estudo breve na internet e com alguns dados do Google que colhemos nos últimos dias. Ok?

Os melhores nichos

Sendo assim, com uma bela introdução, vamos direto ao ponto. O que temos aqui são setores (nichos) que tiveram muitas vendas nesse ano. Inclusive, que foi um ano que teve uma alta significativa nas vendas online, como em lojas virtuais, no Instagram e no Facebook.

1 – Roupas

O setor de roupas é um deles. Só que a gente tem uma dica de ouro aqui: quanto mais o empreendedor conseguir segmentar o seu nicho de roupas, maior a chance de fazer uma promoção ou uma campanha focada.

ANÚNCIO

Por exemplo, a gente pode pensar em um tema muito atual, que mesmo com a pandemia ganhou força: o de roupas de ginástica, tanto para mulheres como para homens. Depois, temos as roupas plus size, que também é um mercado novo e tendencioso.

E esses são só alguns exemplos. Ah, outra coisa bacana aqui: como a gente está falando sobre os melhores nichos para vender no Instagram, vamos levar em conta que dá para inserir o preço do produto ou os detalhes dele nas publicações.

2 – Alimentação

Outro setor em alta e que se adaptou nesses últimos meses foi de “comida”. E novamente voltamos a falar de um foco bastante atual: fitness. Ou seja, cada vez mais as pessoas estão preocupadas em se alimentar bem e saudavelmente. Então, está aí uma boa ideia.

Afinal, quem é que nunca viu aquela página que vende as “marmitinhas fitness” na internet? Ou dá para pensar em outros pratos também, como os cookies saudáveis ou até mesmo a venda e a entrega de frutas e legumes, trazendo praticidade ao consumidor.

3 – Eletrônicos

Esse talvez seja o tópico mais polêmico sobre os melhores nichos para vender no Instagram. Afinal, você pode estar pensando ou querendo dizer que as pessoas ainda preferem “pôr a mão” para sentir o produto e ver o produto antes de comprar.

Ok. Isso até pode ser verdade ainda. No entanto, estamos falando de um mercado que está mudando. Tanto é que a venda de eletrônicos pela internet tem crescido cada vez mais. Além do mais, a gente tem observado todo tipo de eletrônico que pode ser vendido online.

A gente está falando do iPhone 12? Sim, mas também do smartwatch ou do tablet ou do notebook e de todos os acessórios que a gente pode imaginar.

4 – Acessórios

E já que citamos os acessórios de aparelhos eletrônicos acima, vamos manter essa ideia. No entanto, agora a gente pode considerar todo tipo de acessório. Por exemplo, as capinhas de celulares fazem o maior sucesso na rede, né.

Mas, saiba que os brincos, colares, tiaras e as pulseiras para relógios fazem o maior na internet. Muita gente reclama sobre o valor do frete, que pode ficar acima do preço do produto, nesses tempos. No entanto, quem consegue minimizar esse custo tem vantagem.

melhores nichos para vender no Instagram

Ah, e tem mais uma coisa bacana aqui: hoje a gente tem personalização e customização de tudo. Vamos supor que você tenha um tênis de corrida. Só que o seu cadarço grudou em alguma coisa e estragou. Logo, a sua chance é comprar apenas o cadarço e não outro tênis.

Esse é só um tipo de acessório para você entender porque esse mercado é interessante.

5 – Conhecimento

E como a gente criou a expectativa, aqui temos um dos mais incríveis e melhores nichos para vender no Instagram: o conhecimento. Ué, mas como se vende conhecimento? Atualmente, de vários modos: isso vai de áudio até livros até cursos ou workshops, por exemplo.

Agora, do seu lado, a gente sabe que você pode estar pensando: “Ah, mas tem gente que só quer ganhar dinheiro com isso” ou “Ah, mas curso online não tem qualidade”. Epa, epa, epa. Muita calma nessa hora.

Inclusive, se você pensa assim, talvez essa seja a hora certa de você criar um curso que não seja feito apenas para vender e sim para ensinar. E, na boa, tem muito curso bom disponível no mercado hoje em dia. Inclusive, de vários setores e mercados.

Curiosidade – a pandemia fez muita gente estudar

melhores nichos para vender no Instagram

Só para a gente fechar a matéria, considere que em cada fase ou momento que a gente vive podemos encontrar oportunidades. Por exemplo, com as medidas de isolamento social, muita gente que ficou em casa acabou optando por “aprimorar o conhecimento”.

Assim, acabaram fazendo cursos online de uma forma bastante interessante. Afinal, nada como usar o tempo “livre” de forma produtiva, né? Então, pense também nessas oportunidades na hora de vender o seu curso ou o seu produto.

Só para fecharmos a matéria de vez, nos primeiros dias desse ano, antes mesmo de a pandemia ganhar força no país, a gente já havia criado uma lista de cursos de empreendedorismo online. Relembre aqui os 12 cursos que citamos na época.

ANÚNCIO