Descubra quais as 3 melhores formas de gerar leads qualificados

ANÚNCIO

Hoje em dia, muito se fala sobre as vantagens da geração de leads, que é um tema imprescindível dentro do marketing digital. Por outro lado, também existem mitos sobre isso. O fato é que hoje vamos falar sobre as melhores formas de gerar leads qualificados.

Até mesmo porque os mitos acabam impedindo que muitas empresas invistam nessa estratégia de vendas, que poderia ser uma grande propulsora de lucro. E para que o texto seja relevante, fomos atrás da opinião de especialistas da área.

ANÚNCIO

O entendimento sobre a geração de leads

A primeira coisa, e talvez mais importante, é entender a importância da geração de leads para o seu negócio. Isso tem a ver com o fato de que diariamente milhões de pessoas pesquisam produtos e serviços na internet, especialmente em páginas de buscas, como o Google.

O que quer dizer uma coisa: estar bem posicionado nesses mecanismos é uma ótima maneira de se aproximar dos clientes e obter resultados relevantes em gênero, grau e número. Oras, basta se perguntar quais as vantagens de estar no topo do Google, né.

Visto isso, saiba que apesar de termos nichos e micro nichos que são bem específicos, alguns comportamentos são comuns entre os consumidores. Por exemplo, independente do que você vai vender online, saiba que fazer um bom atendimento é algo “crucial”.

ANÚNCIO

Sendo assim, entender como gerar leads é algo importante para a sua marca. “O mundo online abre muitas possibilidades. Porém, é preciso cuidado. Alguns atalhos de como gerar leads podem ser perigosos e deixam uma péssima impressão”, diz o fundador da MLabs, Rafael Kiso.

Os cuidados com a geração de leads

E antes mesmo de falarmos das melhores formas de gerar leads qualificados, vamos aos cuidados, que também tem o seu grau de importância no marketing digital. Até mesmo porque nem todo internauta vai querer dar o seu e-mail para um cadastro.

O erro está em divulgar um produto, como um e-book, para públicos gerais demais ou para quem ainda não conhece a sua marca. Portanto, mesmo que você coloque lá algo “cadastre-se gratuitamente” ou inscreva-se para baixar”, o leitor pode ficar desconfiado.

“Esse cuidado evita que o usuário se sinta enganado, aumentando as chances de ele preencher seu formulário”, explica Kiso. Logo, a saída é saber pontuar muito bem quando essa divulgação será feita e para quem, obviamente.

Então, como era de se esperar e como tanto se fala na geração de leads, considere não fazer nada sem antes conhecer o seu público. Afinal, você precisará fazer um investimento para lançar um produto e se não conhecer o público, ele pode ir por água abaixo.

O público

E para pontuar essa ideia de conhecer o público, fomos atrás do country manager Brazil da iGoal, Marcus Denneberg. Ele fala que primeiro o empreendedor deve conhecer bem o público. Ainda mais quando for criar uma campanha para receber cadastros.

“Dessa forma, quanto mais campos de cadastramento são exigidos, mais caro ficará o custo por lead”, ele comenta. E isso é importante porque nem todo empreendedor sabe fazer o cálculo do custo de um lead, né.

E o especialista completa a frase: “Então, para o pequeno negócio, identificar os campos necessários de cadastramento é essencial para definir o budget de campanha, atrelado ao número de leads que sua marca precisa para fazer girar seus negócios”.

Os cuidados ao comprar leads

E já que estamos mencionando aqui os cuidados na geração de leads, não podemos deixar de lado a questão das origens – de onde vem o seu lead. O sócio-fundador da Followize fala sobre isso dando uma visão geral do que acontece no mercado.

“O principal erro do empreendedor é a compra de mailings e lista de contatos. O motivo disso é que você terá um grande esforço da equipe comercial para prospectar clientes que você não faz nem ideia se estão próximos ao momento de compra do seu serviço ou produto”.

Ele também fala que o custo de tempo da equipe acaba sendo alto e a taxa de conversão baixa. Logo, a conta não fecha. “Ou seja, muito trabalho para pouco resultado”, afirma.

Assim sendo, na hora de comprar leads, saiba que o mais recomendável é investir em inboud marketing e anúncios segmentados. Assim sendo, a gente evita os erros e começamos a falar de acertos ao gerar leads: identificando canais, no inbound ativo e outbound digital.

Inclusive, essas são as 3 melhores formas de gerar leads qualificados, as quais vamos explicar abaixo, com base nas entrevistas dadas pelos especialistas citados neste conteúdo.

As 3 melhores formas de gerar leads qualificados

Para fins de curiosidade, considere que algumas ideias para a produção deste conteúdo foram tiradas da revista Gestão e Negócios, na edição 129. Logo, essas formas de gerar leads que sejam qualificados não é exclusiva e pode ser acessada por todos os empreendedores.

1 – CANAIS REATIVOS

Nesse caso, o ideal é ter uma boa cobertura das palavras-chave mais relevantes para o seu tipo de negócio. Encontre aquelas mais importantes no Google. Além do mais, isso pode acontecer por meio da via orgânica (SEO), pelos anúncios pagos (Ads).

Depois, o segredo está em levar o tráfego dessas pesquisas para uma página de conversão (landing page), que vai tornar o público em um possível cliente.

melhores formas de gerar leads qualificados

2 – INBOUND ATIVO

Na hora de produzir conteúdo relevante para o perfil de cliente ideal, a ideia é convertê-los através de materiais ricos mesmo, em termos de qualidade. Assim, as melhores opções atualmente disponíveis são: webinars e e-books.

A partir disso, você deve focar em fazer prospecção ativa nos leads que apresentam perfil e comportamento alinhados à jornada de compra, respeitando a ideia do funil de vendas.

3 – OUTBOUND DIGITAL

Por fim, a última dica é sobre identificar o perfil de cliente ideal em sites e redes sociais. Lembrando que além do Facebook e Instagram, também temos outras redes, como o LinkedIn.

Seguindo esse passo, depois o empreendedor pode fazer uma abordagem consultiva, baseada nas dificuldades que esse potencial cliente enfrenta, utilizando como canal de contato o e-mail.

ANÚNCIO