Saiba como encontrar a melhor solução para a inadimplência da empresa nesse guia prático

ANÚNCIO

Será que existe uma melhor solução para a inadimplência da empresa? Talvez conseguir um crédito rápido? Ou será que é melhor buscar formas de cobrar o cliente? A gente vai trazer aqui várias informações e um estudo completo para você descobrir a resposta.

Na verdade, a gente fez uma espécie de guia prático para o empreendedor que está nessa situação. Até mesmo porque as dicas são valiosas para o empresário de menor porte, como MEIs (microempreendedores individuais). Leia atentamente e tome as melhores decisões.

ANÚNCIO

A política de cobrança

Na busca pela melhor solução para a inadimplência da empresa, a primeira coisa que deve ser feita é procurar por uma boa política de cobrança. Obviamente, isso deve ser feito de forma precisa e objetiva.

Pesquisas indicam que 46,2% das companhias do segmento de varejo passam mais de 2 horas por dia cobrando seus devedores. Isso é importante de ser sabido. No entanto, 35% dessas empresas não conseguem encontrá-los.

Por isso, o resultado é óbvio: déficit financeiro.

ANÚNCIO

A cobrança do cliente

Sendo assim, para complementar o tópico anterior, saiba que sim, cobrar o cliente é uma boa ideia – desde que seja feito de forma simples, objetiva e eficaz. Tanto é que a mesma pesquisa citada acima mostra outros números sobre isso:

  • 37,1% dos empresários não gostam de cobrar os clientes
  • 12,3% não fazem isso e acabam perdendo o cliente
  • 41,3% das empresas não encontram o responsável pelo pagamento
  • 9,3% deles não conseguem oferecer uma solução de parcelamento da dívida

Os números foram apresentados pela representante de marketing da Vindi, Lidiane Oliveira. Sendo assim, uma boa dica para fazer a cobrança é investir em uma plataforma digital.

O uso de uma plataforma digital

Seguindo o guia que trouxemos aqui e com base nas informações de Lidiane, a gente pode notar que uma boa ideia para encontra a melhor solução para a inadimplência da empresa é pensar em usar a tecnologia a seu favor.

Existem ótimas plataformas de pagamentos e condições variadas para o cliente quitar as dívidas. Porém, para usar tais recursos, o ideal é conhecer o cliente. Afinal, porque se isso for feito de forma errada, você pode até perde-lo e ficar sem o dinheiro, né.

“Através de uma conversa com o cliente devedor é possível saber o motivo e ajudá-lo a entender que você não está só cobrando, mas também o auxiliando na solução do problema”, indica o especialista em capitalização e serviços financeiros.

Os prazos para a solução

Agora, saiba que uma boa ideia para colocar tudo isso em prática é você pensar em definir prazos para que a solução seja encontrada. Afinal, a ideia é você se relacionar bem com o cliente, sem desgastar o contato. O relacionamento de longo prazo é importante.

Uma dica que vem dos especialistas é entrar em contato com esses inadimplentes ou que estão com o pagamento atrasado para entender o que originou o não pagamento.

Seja ativo sem ser invasivo

Chegando ao final, na busca pela melhor solução para a inadimplência da empresa, saiba que você deve ser ativo – porém, jamais deve ser invasivo. Como dá para fazer isso? Oferecendo melhores condições de pagamento, com descontos e parcelamentos.

Mostre ao cliente que você está buscando soluções e acordos sem envolvimento judicial – porque isso será bom tanto para a empresa quanto para ele. Além de que evita o prolongamento da ação.

Aliás, reajustar o valor da dívida para o pagamento à vista é ótimo para ambos. Pense nisso também porque pode ajudar você no fluxo de caixa. Então, nesse caso, tenha uma negociação fechada de data e forma de pagamento.

Em último caso…

Agora, em último caso, deixando um pouco de lado a questão da cobrança, saiba que a empresa pode buscar melhor solução para a inadimplência da empresa através de crédito.

Mas, lembre-se que isso vai servir para amenizar o problema pontual de caixa. Então, mais do que nunca, você precisará ter um controle financeiro rigoroso.

Para evitar novos problemas iguais, Lidiane Oliveira, da Vindi, diz que é preciso pensar em automatizar a gestão e investir em plataformas de pagamento para a cobrança dos clientes – como mencionamos acima.

Os cuidados com o crédito

Se você pulou a parte de fazer a cobrança dos clientes e quer ir para o crédito, saiba que esse é um produto financeiro que deve ser avaliado cuidadosamente pelo empresário. Afinal, ele terá que ter condições reais de honrar com os custos e parcelas.

melhor solução para a inadimplência da empresa

Para a Adianta, um dos créditos a ser estudado é a antecipação de recebíveis. “Por se tratar de um produto de curtíssimo prazo e lastreado em uma operação comercial, tende a ter um custo financeiro mais baixo em relação a outros produtos”, lembra e conclui o executivo da Adianta.

Bônus – os cuidados ao cobrar um cliente

Esse último tópico é um bônus e tem tudo a ver com a busca pela melhor solução para a inadimplência da empresa. A ideia é que você considere pontos importantes na hora de fazer a cobrança do cliente – porque isso exige muito cuidado mesmo.

A primeira coisa é não expor o cliente devedor. Isso vai contra o artigo 42 do Código de Defesa do Consumidor, além de diminuir muito as possibilidades de pagamento das dívidas. E sem contar que pode trazer processos para a companhia.

Outra coisa é sobre fazer um primeiro contato pelos meios digitais, o que ajuda a prevenir o constrangimento que citamos acima. Outra boa ideia é fazer esse contato logo após alguns dias de atraso no pagamento.

Ainda considerando as boas ideias para a cobrança, saiba que é importante oferecer opções para o cliente. Negocie com ele para que o pagamento seja bom para ambos: empresa e consumidor.

E como já mencionamos, sempre tente descobrir o motivo do atraso no pagamento. Porque isso pode te ajudar a atender a suas expectativas e solucionar seus problemas. Além de usar as tecnologias certas para otimizar os processos de cobranças.

ANÚNCIO