JPG ou PNG para redes sociais? Entenda a diferença dos formatos de imagens

Recentemente, a gente fez várias matérias falando sobre o Pinterest e o Instagram, que são grandes plataformas no momento. Logo, ambas usam muito das imagens para publicações. Por isso, muita gente quer saber: JPG ou PNG para redes sociais? Vamos estudar o assunto.

A verdade é que esses formatos de imagens vão se adaptando e se renovando junto com as novas tecnologias. Mas, não dá para negar que cada um deles tem o seu diferencial. Em se tratando de rede social, qual é a melhor opção para o gestor ou empreender? Veremos.

Antes de tudo, porém, saiba que esses formatos mencionados aqui são ótimos para as redes sociais. O motivo é bem simples: os navegadores atuais são mais modernos. Logo, também aproveitam da internet de banda larga. Assim, eles são ideais para o carregamento.

Só para fechar a introdução, saiba que além do JPG e do PNG, a gente também tem um uso frequente do GIF. Então, vamos definir, de forma simples, cada um desses formatos de imagens.

JPG (Joint Photographic Experts Group)

A gente citou o nome da empresa por trás porque foi ela quem inventou o JPEG, que virou um padrão para os fotógrafos profissionais. JPEG e JPG são, basicamente, a mesma coisa, ok? Assim, permite comprimir dados da imagem em blocos de pixels.

Na prática, isso quer dizer que dá para pegar uma ótima fotografia, que geralmente é uma imagem grande e compactar em um tamanho menor. Assim, acaba sendo ideal para fazer edições rápidas e não ficar tão pesada no PC ou no celular.

Por isso, considerando o tamanho de compressão, o JPG é o mais comum na internet. E o mais legal é que pode ser comprimido em várias proporções, como 2:1 e 100:1, por exemplo. Mas, esse mesmo motivo faz com que não seja bom para armazenar fotos de artes, tipografias, linhas nítidas ou com arestas e bordas, por exemplo.

Por último, a gente tem que saber ainda que o JPG tem suporte a RGB e CMYK 24 bit ou Grayscale de 8 bit. Sendo assim, vamos estudar agora o outro formato, para saber se JPG ou PNG para redes sociais funciona mesmo.

PNG (Portable Network Graphics)

Ele é uma alternativa ao GIF, que vamos explicar abaixo. Logo, acaba sendo uma opção ótima para a internet também. O motivo principal disso é que tem transparências que o GIF não tem. Assim, a cor se mistura com o plano de fundo.

Se a gente for falar em linguagem mais teórica, a gente pode dizer que esse tipo de imagem tem suporte a cores em 8 bit. Porém, também tem suporte a RGB 24 bit, como o JPG. A grande vantagem, no entanto, é que faz isso sem perdas de qualidade.

Na contramão, o PNG tem um peso maior. Ou seja, as imagens PNG tendem a ser mais pesadas e, portanto, não funcionam em alguns navegadores mais antigos. Por fim, acaba sendo uma ótima ideia para o ambiente de desktop.

Ah, só para concluir uma coisa importante aqui. Saiba que nós também temos o formato TIFF (Tagged Image File Format). Ele é muito usado por fotógrafos que fazem edição e impressão dos arquivos. Assim, não tem perda e nem compressão. Por isso, os arquivos são pesados.

GIF (Graphics Interchange Format)

Por último, temos o GIF. Ele é como o JPG, sendo que é um dos formatos mais antigos de imagem. No entanto, quase nunca está associado à fotografias e sim com “desenhos”. Na internet, ele faz o maior sucesso.

No conceito teórico, saiba que ele usa tecnologia de imagem 8 bit colorido. Assim, ele é totalmente limitado a uma paleta de 256 cores, em RGB ou CLUT (Color Look Up Table). Mas, o grande diferencial é que ele permite animações.

Assim, acaba não tendo perdas como o JPG. Porém, a conversão pode distorcer a imagem. O ponto forte dele está no uso de tipografias ou formas geométricas. Por exemplo, quem usa o Adobe Illustrator sabe bem do que estamos falando.

De todo modo, a gente tem que confessar que o GIF está muito defasado atualmente. Assim, acaba servindo apenas para criar bebês que dançam, clipes curtos, partes retiradas de vídeos maiores, animações no geral. Portanto, não é bom para internet, nem para redes sociais, em se tratando de fotografias.

JPG ou PNG para redes sociais

É melhor JPG ou PNG para redes sociais?

E para finalizar, a pergunta que não quer calar. Na verdade, o que temos que avaliar são as características, vantagens e desvantagens de cada formato apresentado acima. E se a gente fosse resumir, nós poderíamos dizer o seguinte.

O PNG é o formato mais pesado de todos. No entanto, ele não é o ideal para fotografias. O JPG é mais leve. Porém, dependendo do tipo de imagem pode representar perdas na qualidade.

Por isso, o PNG é indicado para quem quer mais transparência e arquivos menores. Mas, para quem visa arquivos maiores, o JPG acaba sendo ótimo, ainda mais quando se trata de fotografias. Enquanto isso, o GIF é visto apenas como diversão em toda a internet.

Curiosidade – e o PDF

Como você deve saber, o PDF não é um arquivo para imagens. A ideia é que eles sejam usados apenas para a leitura de um documento. Assim, não podem ser editados sem softwares projetados para isso.

Aprenda como ganhar seguidores no Instagram com os truques dos famosos [7 dicas]

De todo modo, esse tipo de arquivo também pode conter as imagens, em vários formatos e plataformas. Atualmente, ele é padronizado para gerenciar ou arquivar documentos e formulários. Assim, podem ser criados a partir de outros documentos, como Word.