7 desculpas que as pessoas inventam para não investir em marketing digital

A internet domina toda a comunicação mundial nos dias atuais. O marketing digital é imprescindível para quem não quer ficar para trás. O que acontece é que a falta de conhecimento sobre o tema pode embargar alguns projetos na hora de investir em marketing digital.

São muitas as empresas que têm investido nisso buscando a expansão de oportunidades e de relacionamentos com os clientes.

E os motivos são os mais variados possíveis: aumentar a presença online, aumentar as vendas, aumentar a credibilidade, aumentar a geração de leads e por aí vai.

No entanto, algumas empresas ainda não conseguem entender a importância dessa forma de fazer marketing e ficam inventando desculpas para investir no marketing digital.

Listamos as 7 desculpas mais usadas, confira.

1 – Falta de dinheiro para investir

Essa, com certeza, é a justificativa mais comum para as pessoas invalidarem seus investimentos em marketing digital. Mas, como sabemos é apenas uma desculpa e vamos provar.

No marketing digital existem ferramentas que são gratuitas e outras com preços irrisórios. Ter um blog, por exemplo, é gratuito. Assim como ter uma conta em uma rede social.

É barato e gera bons resultados. Portanto, a falta de dinheiro não deveria ser desculpa.

Além do mais, há ainda a questão do ROI (Retorno sobre Investimento). Isso quer dizer que se você investe 1 real, sai 2 reais do canal. Logo, há garantia de que o dinheiro investido retornará para a empresa.

Sobre o ROI, assista agora mesmo esse vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=o4E7UdyZIso&t=9s

2 – Experiências anteriores ruins

A internet foi o meio de comunicação que chegou mais rapidamente às pessoas e, por isso, ainda é considerado novo – frente à história da comunicação geral.

Isso faz com que algumas empresas não se responsabilizem por encontrar os melhores resultados reais. E, sim, há experiências negativas no mercado – mas isso acontece pela falta de credibilidade e conhecimento.

Note que a culpa não é do marketing digital e sim das pessoas que dizem saber operar nele.

Se você é uma empresa que quer investir em marketing digital, a principal dica é: opte por escolher agências e pessoas que tenham história, cases de sucesso, que deixam claro seus objetivos. Só a partir disso é possível garantir os retornos.

Tudo se baseia em uma boa estratégia de marketing digital.

3 – Quando a empresa ainda nem tem site

Isso realmente pode ser um erro para a sua empresa, no entanto, não é motivo para deixar de investir em marketing digital.

Já falamos: com um blog já é possível começar a entregar conteúdos de qualidade e relevantes para o seu setor de atuação. A partir disso, cria-se uma base de relacionamento que pode migrar para as redes sociais, por exemplo.

Entenda que ainda que o site seja uma identidade importante, criar landing pages pode ser mais assertivo em termos de conteúdos e geração de leads.

Logo, não ter um site não te impede de investir em marketing digital.

Leia Também – Como Criar um Blog/Site de Sucesso

4 – Confiança suprema no marketing offline

Por mais obscuro que pareça isso é muito comum. Não são raras as pessoas que afirmam que o negócio delas não precisa do marketing digital para crescer e que “as vendas estão indo bem assim mesmo”.

O que se sabe é que atualmente as pessoas que acessam a internet acabam comprando produtos por lá também. Para se ter uma ideia, as informações disponíveis em sites e blogs (ou nas redes sociais) faz com que 70% da decisão de compra seja tomada pelo cliente.

E isso porque ele nem precisa, necessariamente, conversar com o seu vendedor.

Isso prova a mudança de comportamento que está acontecendo no mundo online.

De maneira geral, o marketing digital é o caminho mais barato para alavancar as vendas. Porque ele foca em resultados, métricas, posicionamento.

Os conteúdos gerados por sua empresa no mundo online tornam-se ativos delas por uma longa data. Diferente de um panfleto ou outdoor, né.

5 – Produto ainda não está pronto

Outra desculpa que as empresas dão para não investir em marketing digital é o fato de dizerem que o produto ainda não está pronto. Mas, é aí que as ferramentas da internet podem ser determinantes.

Você pode testar as versões iniciais do seu produto, responder a pesquisas de mercado ou encontrar pessoas que queiram investir no pré-lançamento do produto.

O público deixa de ser um mero comprador e passa a ser peça-chave na produção do seu produto. Isso faz parte do que chamamos de planejamento de marketing.

6 – A empresa só vende para grandes empresas

Não vai importar quais são os seus clientes, mesmo que sejam as grandes empresas, você tem que estar na internet. Nesse mundo online é possível combinar estratégias de vendas para diferentes públicos.

A ideia lembre-se: não é apenas vender, mas também prospectar, criar uma marca, estar presente.

Existem casos de empresas que conseguiram novos clientes a partir da presença online. E sim, estamos falando de clientes grandes, como Carrefour ou Porto Seguro.

Você pode aumentar a produtividade, as vendas e reduzir os custos. Isso faz parte das vantagens do marketing digital.

7 – Falta de tempo para investir em marketing digital

A falta de tempo, na verdade, é uma desculpa usada em quase todas as horas, não é? Para investir no marketing digital não é diferente. Afinal, se você é empreendedor tem que lidar com a liderança da sua empresa também.

Mas, a verdade é que a falta de tempo não pode ser um motivo para você não conseguir aumentar suas vendas com o marketing digital. O trabalho por ser feito em parceria, por exemplo.

E se você não tem como criar conteúdos, que tal sua equipe começar a colaborar com isso? Os treinamentos podem ser importantes para isso e para a consolidação do seu negócio.

No marketing digital, o tempo investido agora gera economia de tempo amanhã.

Descubra como faturei R$5.723,56 na internet em 1 mês!

investir em marketing digital

Reprodução: Google

Como começar a usar o marketing digital para aumentar as vendas?

A melhor maneira de começar a usar o marketing digital é criar uma estratégia para ele. Isso tem a ver com conciliar os planos das vendas com o perfil do seu negócio. As métricas são importantes, para todos os casos.

Avalie os leads gerados, o custo por lead, custo de aquisição de cliente… É esse tipo de expressão que vai fazer a diferença financeira para a sua empresa.

O segredo é nunca parar de estudar esse mercado que está em constante mudança. Para saber mais notícias do mercado, acompanhe as notícias publicadas aqui no blog.

Para Saber Mais – 7 tipos de ferramentas do marketing digital mais usadas no Brasil

Da redação

Add Comment