Como funciona o Google Shopping – e como anunciar!

Se você trabalha com marketing digital já deve ter se perguntado, ao menos uma vez, como funciona o Google Shopping.

Agora, se você está começando no marketing digital, com certeza está doido para saber como anunciar no Google Shopping.

Afinal de contas, essa é uma opção disponível no mercado e que tem sido muito usada pelos usuários e cliente que fazem uma rápida pesquisa de preços e comparações.

Você não precisa de muito para entender o Google Shopping, já que o nome é totalmente sugestivo.

É uma ferramenta do Google que serve para vários fins, mas especialmente para os clientes que estão em busca de comparações de preços, de características, de valores em lojas, de valores de entrega, de opções…

Então, o Google dá essas alternativas aos clientes.

Agora, por outro lado, a pergunta que fica é: – como anunciar no Google Shopping!?

Avohá! Vamos por partes, amigos.

Como Funciona o Google Shopping

Já adiantamos um pouco esse assunto…

Então, eu faço uma pesquisa por um produto no Google.

O que acontece?

Além dos “resultados de pesquisa” eu também tenho como clicar no Google Shopping.

E essa parte do Google é destinada aos produtos.

Sendo que ele foca em mostrar os preços e mostrar o botão “comprar”.

Se você está estudando maneiras de anunciar no Google, continue lendo!

Na prática, essa é uma forma de anúncio paga.

E além de ser um anúncio pago é um anúncio pago por cliques.

Como todo meio de publicidade pago, você tem que identificar algumas coisas antes de anunciar…

Isso tudo para saber se vale a pena para você ou não anunciar no Google Shopping.

Estudando se vale a pena ou não…

o tal do Google Shopping!

Existem alguns pontos que precisam ser estudados para saber se anunciar no Google Shopping vale a pena para você ou não.

Então, o que podemos considerar?

Bem, o que leva o seu consumidor a comprar o seu produto?

Essa é uma boa pergunta a se fazer.

E, geralmente, o 1º motivo é o desejo, isto é, a necessidade.

Entenda que é um desejo no sentido de precisar daquilo.

Portanto, se o seu cliente achar que aquele produto vai melhorar a vida dele, então, isso já se torna um desejo no sentido da necessidade.

Há muitas pesquisas que mostram que os clientes compram os produtos quando são impactados pelo anúncio.

Logo, o anúncio é algo totalmente importante porque pode gerar o desejo.

Bom, aqui é simples de entender: desejo ou necessidade faz o consumidor comprar.

Logo, se alguém precisa de algo e vai ao Google Shopping pesquisar, isso deve ser considerado por quem tem algum produto para vender, como é o seu caso, não é?

O Valor do Google Shopping

Agora, vamos entender o valor do Google Shopping (o valor e não o preço, ok)!

É o seguinte: o Google Shopping é um Comparador de Preços!

Tenha isso em mente para compreender essa explicação.

E, de maneira geral, ele funciona assim: quem paga mais fica melhor posicionado.

O Google Adwords é quem paga mais na questão CPC.

Isso quer dizer que você tem que pagar mais? Não necessariamente.

Outra curiosidade do Google Shopping é que o consumidor pode ordenar o preço.

Ou seja, ele tem todo direito de ordenar os produtos por preço.

Resultado: quase, os consumidores fazem isso!

Fique calmo que você vai entender…

Quanto mais você pagar melhor porque ficará acima nas pesquisas, ok!

Agora, outra coisa que precisa ser considerada é o fato de que para estar bem ranqueado no Google Shopping você também precisa ter preços competitivos!

Isso é importante porque se o cliente fizer a busca por preços (dos menores para os maiores) e você não tiver preços bons, você vai ficar lá embaixo – mesmo tendo pagado bons preços!

E ATENÇÃO!

A ideia é a de ser competitivo sem abrir mão de uma margem de lucro razoável.

O lucro razoável é algo extremamente necessário para que você possa, ao menos, atingir um ponto de equilíbrio entre adquirir esse cliente e, ao mesmo tempo, não ficar no prejuízo.

Portanto, para responder aquela pergunta sobre valer ou não valer a pena investir e anunciar no Google Shopping considere:

– Atender os critérios do Google Shopping e entender o funcionamento dele!

Converter no Google Shopping

Outro item importantíssimo que você tem que conhecer para entender como o Google Shopping funciona é sobre a conversão.

O Google Shopping é um dos meios que pode te gerar mais conversão, de fato!

Mas, para isso, você deve seguir os critérios, né – como os preços!

E não é só sobre os preços que estamos falando.

  • As imagens também precisam ser de ótimas/excelentes qualidade!
  • O produto deve estar bem descrito.
  • Os vídeos melhoram muito o seu checkout!
  • Os meios de pagamentos alternativos também são diferenciais.
  • Frete Grátis é algo totalmente positivo para o seu negócio.

Cada detalhe desse precisa ser pensado na hora de converter no Google Shopping!

Tudo o que viabilizar a compra é importante para você.

Então, não basta pagar o anúncio e ter preços baixos, tá bom?

O Google Shopping é uma oportunidade excelente desde que você saiba usar.

O que queremos que você entenda aqui é o fato de que ter o melhor preço ou não ter o melhor preço nem sempre vai ser tudo o que você precisa.

A ideia geral e mais assertiva é a de dar ao cliente a melhor experiência que ele poderia ter, tá bom?

O fato é que o Google Shopping tem tudo para ser lucrativo para você.

Isso porque dificilmente você vai ter o melhor preço do mercado – e ainda mais em todos os seus produtos.

Portanto, não acredite que o preço deva ser o único diferencial – ainda que possa ser.

Do Google Shopping para a sua Loja

Volte para o lado do cliente novamente.

O que fazemos?

O mais comum é selecionar 10 ou 20 produtos que vão ser a base para a nossa pesquisa.

Então, dentro disso, os preços são considerados competitivos.

Ainda que você não tenha o preço mais baixo, esse é um atrativo para o cliente ir até a sua loja…

E aí é que tudo pode acontecer de forma altamente positiva.

Por quê?

Porque esse cliente vai acabar comprando outras coisas.

E se não for agora, se a experiência dele for positiva, ele vai comprar futuramente.

Então, o Google Shopping e é um excelente canal de entrada de clientes na sua empresa.

Considere essa questão: vender alguns produtos com preços extremamente baixos (isto é, baixa margem de lucro) para trazer clientes para a sua loja!

Quer ver uma coisa que muita gente está fazendo e dá certo?

Você pode colocar um produto a um preço baixo e dizer que o frete é grátis para compras acima de tal valor.

Logo, isso influência o cliente a comprar algo além do produto que procura apenas para poder ter a gratuidade no pagamento do frete.

Essa é uma ótima dica para quem vai anunciar no Google Shopping!

Outra boa dica para quem vai vender no Google Shopping é:

– Vender em Kits!

A grande sacada é vender um produto com um preço baixo considerando que ele deve estar dentro de um kit com mais peças.

Não entendeu?

É fácil: 1 faca está com preço de R$ 2…

Mas o seu kit vem com 5 facas e custa R$ 7,5.

Logo, dentro do kit, a faca sai por R$ 1,5…

O que é compensador do ponto de vista financeiro.

Isso é um incentivo ao consumidor para que ele compre.

Aliás, se ele comprar 3 kits ainda pode ter o frete grátis. Já pensou?

Ter Preço é Fundamental 

Para terminar este conteúdo, o conselho é entender que ter um bom preço é fundamental para anunciar no Google Shopping.

Evite o erro de achar que simplesmente porque você vai pagar pelo anúncio, o seu produto será comprado ou estará bem destacado nesse comparador de buscas.

Seja com descontos, baixa margem de lucro, frete grátis, kits…

Tenha preços bons e competitivos!

E aproveite isso para atrair o cliente para a sua loja.

A ideia é usar um ticket baixo para leva-lo até um ticket médio-alto.

É por isso que é tão importante ter preços baixos quando for criar um anúncio pago no Google Shopping.

Se você pensar dessa forma, definitivamente, o Google Shopping vale a pena.

É muito interessante tem uma conversão alta.

O grande segredo é que você precisa cuidar dos caminhos de conversão dentro da sua loja.

Assim, você usa o Google Shopping como canal de entrada de clientes.

E isso você faz anunciando com preços competitivos!

“Se eu não tenho preço competitivo, o que faço”?

Na boa, saia do Google Shopping e busque outra forma de vender.

O ideal é você deixar lá apenas o que realmente tem preço bom.

E isso tudo porque você vai pagar por clique, né.

… Se você vai anunciar um produto que você não tem preço baixo, você vai pagar sempre que tiver um clique, só que não vai vender porque o preço não agrada o seu possível consumidor.

Muito simples entender como funciona o Google Shopping, não é mesmo?

Só que agora temos um bônus…

Como Vender Produtos em 21 Dias

A ideia aqui é ter um conteúdo top para quem está começando a vender produtos.

Então, se você é iniciante vai se interessar por isso.

Por exemplo, quer aprender a criar uma loja virtual completa?

Aliás, você ainda pode aprender como vender sem precisar ter estoque, automatizar o seu negócio, anunciar no Facebook de forma objetiva e muitos insights que só alguém com muita experiência no marketing digital poderia oferecer.

Bom, você não está acreditando nisso, não é mesmo?

É o seguinte: temos números…

Em 1 dia fizemos um investimento de 24 dólares e tivemos faturamento de 347 dólares.

Ficou interessado?

Bom, vamos fazer o seguinte…

Ao invés de ir direto ao link de compra do curso, leia um conteúdo que criamos há algum tempo para ver a nossa experiência e saber como tudo funciona.

Simples assim – e se você gostar, aí sim você entra no link de compra, pode ser?

Acesse nossa matéria com o título “Negócio em 21 Dias Funciona”.

Da redação

Add Comment