Para ficar fera na escrita – conheça 7 frases de David Ogilvy sobre copywriting

ANÚNCIO

Já vamos adiantar uma coisa: não foi fácil fazer essa matéria. E sabe por que? Porque há várias frases de David Ogilvy sobre copywriting. Na verdade, as frases dele podem ser usadas em vários setores. Mas, nós fomos em busca das que mais se relacionam com esse tipo de texto.

Assim, você vai ver que escrever um texto como esse não é tão complicado quanto parece. Ao menos, se você sabe o que está fazendo e como produzir o conteúdo. As frases abaixo são de várias citações, livros e entrevistas do autor.

ANÚNCIO

Curiosamente, se você não sabe de quem estamos falando aqui vai um breve relato. David foi um redator publicitário de grande sucesso. Ele é chamado de “o pai da propaganda” ou de “o mago mais procurado na indústria de publicidade”.

Morreu em 1999, aos 88 anos, mas não sem antes deixar um grande legado para o mercado todo. Então, vamos direto aos ensinamentos de Ogilvy.

1 – Escreva como se fala. Seja natural

David Letterman, que apresentava o programa Late Night, entrevistou o Ogilvy durante o lançamento do livro “A publicidade segundo Ogilvy”. Letterman fez um enunciado dizendo que “qualquer pessoa interessada em publicidade deve fazer o favor a si mesma de dar uma olhada nele”.

ANÚNCIO

O motivo era simples: Ogivly escrevia exatamente como se falava. Na prática, a gente tem a criação de matérias e textos que acabam se tornando formais demais. Mas, isso só deveria acontecer em casos mais específicos, como em documentos jurídicos.

É indicado usar a voz ativa, abreviações e uma linguagem coloquial, também.

2 – Use palavras, frases e parágrafos curtos

Com certeza, esse é um ensinamento que vale ouro. Porque a gente tem a, péssima, mania de achar que escrever corrido, em várias linhas, vai deixar o texto mais bonito. Estruturalmente, pode até ser. Mas, se você se colocar do lado do leitor vai ver que não é legal.

A primeira coisa a se pensar é que ler é uma tarefa que exige energia e concentração. Logo, uma escrita densa demais, naturalmente, se torna cansativa. Lembre-se que além do valor, você tem que entregar algo que seja simples de ser compreendido e lido.

3 – Nunca escreva mais do que duas páginas de qualquer assunto

A gente tem que lembrar que estamos falando sobre frases de David Ogilvy sobre copywriting. Logo, ele é um publicitário. Portanto, estamos lidando com textos de copy ou outros para a internet, para anúncios, para o marketing. Então, não é um livro e nem uma apostilha.

Por isso, de fato, escrever um bom texto é suficientemente possível em apenas 2 folhas ou menos. Ogilvy chega a dizer que isso pode ser subjetivo. Mas, a ideia se mantém: a de que sempre é possível resumir uma explicação sem diluir o conceito.

4 – Nunca envie o texto no dia que você escrever

Aqui temos mais uma das frases muito úteis para quem está escrevendo copy. Na verdade, a frase toda do autor é a seguinte: nunca envie carta ou memorando no dia que você escrever. Leia em voz alta na manhã seguinte e depois edite”.

Então, nem é preciso muita explicação para falar disso. De fato, revisões e edições, são necessárias hoje em dia. Assim como sempre foram. A explicação de David faz jus até mesmo à alguns conceitos que mostram que no outro dia, a nossa perspectiva muda.

5 – Nunca use palavras complicadas

Para Ogilvy, as palavras complicadas são formas registradas de que você, que é escrito, é um idiota pretensioso. Ao menos, é isso que ele diz. E ainda cita o uso de frases como “reconceitualizar”, “desmassificação”, “julgador”.

Ele comenta que esses termos, no fim das contas, só querem confundir o leitor. Diferente disso, as palavras mais simples possuem um efeito melhor. Então, dá para usar algo como “repensar”, “ruptura” e “com julgamento”, por exemplo.

6 – Se é algo importante, peça para um colega melhorá-lo

Chegando ao final das frases de David Ogilvy sobre copywriting, temos aqui uma fala que mostra a importância de ter sempre um próximo ponto de vista sobre o seu material. Para alguns especialistas, isso vale como se fosse uma “apólice de seguro”.

Então, a ideia é pensar em um editor. Ao menos, era como Ogilvy pensava na época. E olha que isso vale além da sua revisão do dia seguinte, ok?

7 – Antes de enviar, verifique se está claro o que você quer que o destinatário faça

Por fim, temos a questão da objetividade. O autor famoso fala sobre a importância de sempre manter o objetivo final ao terminar o texto, que podem ser vários. Afinal, a gente sabe que toda escrita tem um propósito, em todo caso, não é mesmo?

E, ainda mais se você trabalhar com copy, vai saber que nenhum empreendedor ou empresa investe nesse profissional sem pensar em um resultado por trás. É importante saber qual será o fim desejado, aonde se quer chegar com tal carta ou memorando, como dizia Ogilvy.

frases de David Ogilvy sobre copywriting

O objetivo do copy

Só uma curiosidade final aqui, como a gente sabe, quase sempre um texto copy tem o intuito da venda em alguma parte do funil. Mas, tente se atentar para o fato de que, além disso, dá para pensar em itens como “informar, “influenciar” ou até mesmo “entreter” as pessoas.

Descubra como ganhar dinheiro com a profissão de copywriter

Assim, muito mais do que uma venda, talvez a sua ideia pode simples ser a de trazer um conteúdo relevante que vai agregar valor para a vida da pessoa. Isso pode parecer pouco, mas se tem o resultado atingido, você vai ver que significa muito. De fato.

ANÚNCIO