Os 7 principais erros ao utilizar SEO e como corrigi-los

O uso de técnicas SEO é inquestionável para o aumento de visualizações de sites, pela melhora dos resultados obtidos dentro dos rankings dos buscadores, atingindo um público maior e com mais interesse pelo seu conteúdo.

No entanto, muitos erros são comuns de acontecerem dentro dos sistemas SEO, o que prejudica i seu desempenho e o potencial que poderia ser atingido seja reduzido como se não houve nenhum sistema sendo aplicado para atingir melhorias.

A seguir listamos 7 erros fatais para o SEO. E você vai ver também como isso pode prejudicar seu site e maneiras fáceis de corrigi-los. Erros esses que vão desde de seu conteúdo, falhas no uso das ferramentas SEO e estruturas da página.

1 – Conteúdos de baixa qualidade e duplicados

O pilar fundamental para manter um site em destaque é seu conteúdo, é uma coisa óbvia, mas sempre é bom lembrar que o foco da página são as informações que queremos passar.

Assim nem mesmo o site mais estruturado, com todo tipo de acessibilidade e otimização terá sucesso sem conteúdo de qualidade.

Ainda envolvendo o conteúdo, muitos erram ao colocar em sua página conteúdos duplicados, mesmo que seja conteúdo de sua própria pagina o buscador entende que aquela pagina é uma cópia e acaba penalizando não apenas a pagina copiadora, mas também a página copiada.

Esse talvez seja o mais grave erro que se pode ter ao utilizar SEO e corrigi-lo o quanto antes é o ideal, assim podemos identificar se o problema estava aqui, o que ocorrem em muitos casos, ou em algum outro erro.

2 – Mal-uso das palavras chaves

Outro erro comum em sistemas SEO é o não uso ou a falta do uso de palavras chaves, uma vez que são por meio delas que os buscadores iniciam a analise de sua página, assim classificando seu conteúdo e identificando como sua página vai ser indicada.

Como você acha que um buscador vai identificar sua página sem que você indique sobre o que seu conteúdo se trata? As palavras chaves serão usadas pelos buscadores para criar um índice do maior número de páginas possível, facilitando assim a busca.

Diversas ferramentas estão disponíveis, em sua maioria ferramentas gratuitas (como o Keyword Tool, Google Keyword Planner e o Google Trends), para que você possa escolher suas palavras chaves, onde é possível analisar a melhor combinação de palavras chaves para atingir seus objetivos da melhor maneira possível.

Leia Também: Como escolher as palavras chaves certas para o seu blog ficar bem no Google

3 – Não uso das tags de SEO

Além das palavras chaves os buscadores também analisam diversas outras tags para classificar seu conteúdo, como tags de título, tags para discrição de imagens, tags para destacar o conteúdo, entre diversas outras tags que o buscador pode analisar.

Analise dessas tags faz com que o buscador tenha uma ideia clara de seu conteúdo, assim podendo sugerir da melhor maneira possível para os diversos públicos que podem se beneficiar de seu conteúdo, assim atraindo mais visualizações para sua página.

Sem isso não há como exigir bons resultados dentro dos buscadores, uma vez que o conteúdo da página não vai ser identificado corretamente ou erroneamente, assim ou deixando de sugerir a página para o público alvo ou sugerindo para um público que não agregara valor com suas visualizações.

4 – Acesso não otimizado aos aparelhos moveis

Dez anos após o lançamento dos primeiros smartphones, sua popularização chegou ao ponto de que o acesso a rede mundial de computadores está cada vez mais ocorrendo por meio de aparelhos móveis, o que por suas especificações necessitam de configurações especiais dentro das páginas.

As páginas tradicionalmente são preparadas para os computadores tradicionais, os quais contam com maior capacidade de processamento e memoria além de telas consideravelmente maiores do que os aparelhos moveis como telefones celulares e tablets.

Diante disso, o acesso mobile necessita de configurações especiais para facilitar o acesso e o consumo do conteúdo por usuários desses aparelhos, menos prezar uma parcela tão grande dos acessos à internet é um erro fatal.

Mesmo os buscadores dão preferência para paginas com acessibilidade quando classificam os sites, para assim não recomendar sites que não poderão ser acessados por meio dos aparelhos móveis aos seus usuários.

5 – Carregamento lento dos sites

O avanço das tecnologias que impulsionou o potencial de troca de dados das redes, e o potencial de processamento dos aparelhos, levou a possibilidade de criar diversas ferramentas para as páginas, muitas vezes uteis, como layouts melhores, imagens de maior qualidade, etc., mas que se realizado de maneira erra pode levar a lentidão do carregamento das páginas.

O Google, assim como outros buscadores, leva em conta o tempo de carregamento dos sites para agregar ou retirar posições dentro dos resultados das buscas, assim sites lentos tendem a ser pior classificados em buscas nos mais diversos buscadores.

Melhorar esse aspecto leva a melhora da posição dentro dos buscadores, além de elevar a satisfação dos usuários de seu site, assim melhorando também a reputação do site perante seus usuários, o que aumenta a chance de que ele recomende a amigos e conhecidos.

6 – Otimização da estrutura do site

Ao planejar o layout do site, uma pagina que permita leitura fluida e fácil entendimento dos recursos disponíveis agrega valor ao conteúdo, assim fazendo que os usuários tenham uma melhor experiencia enquanto estiver nos visualizando.

Assim menus que se comunicam com os recursos do site, além de outros recursos otimizados para melhor utilização dos recursos disponíveis são indispensáveis para bons resultados dentro dos rankings das buscas.

Sem isso o próprio buscador penaliza a página em sua classificação, e os usuários também iram ser prejudicados pela falta desse cuidado de otimizar as páginas.

Outra coisa que pode prejudicar os usuários são links quebrados, ou seja, atalhos que deveriam levar a novos conteúdos, mas que acabam levando a lugar nenhum.

Muitas vezes links quebrados são encontrados em menus, ou ate mesmo dentro de textos disponíveis nos sites, isso prejudica a fluidez do site e a experiencia do usuário quando este busca novos conteúdos dentro de sua página.

A correção deste erros mais comuns pode-se alcançar resultados melhores em conjunto com o sistema SEO, uma vez que isso leva a otimização de seus resultados.

7 – A falta do uso de links internos e externos

Mais um erro bastante comum é sobre não usar ou usar demais os links, que podem ser internos (direcionamento para outros conteúdos dentro da sua página) ou externos (para sites de fora).

A ideia é que você tenha critérios quanto ao uso dos links e mostre ao Google que o seu conteúdo é o bom o bastante, mas que pode ser complementado com outras leituras também.