Conheça 4 tabus que impedem pessoas de empreender com sucesso

No mundo atual, existem alguns tabus que impedem as pessoas de empreender com sucesso. Por exemplo, achar que vender é algo ruim ou que estar lucrando significa estar enganando alguém é um deles. Aliás, tem gente que acha que para empreender é preciso parar de trabalhar. Na verdade, tudo isso é tabu.

A gente precisa considerar que viemos de um mundo nada digital e muito tradicional. E essa transição nos trouxe mudanças. Hoje é preciso ver o mundo com outros olhos na hora de empreender. E não estamos falando apenas de vender online ou vender na internet. Mas, sim, de entender mais os processos de vendas.

Qualquer empreendimento, por menor que seja, pode ter sucesso. Tanto é que hoje em dia há gente que começou com microempresário e hoje tem filiais espalhadas ao redor do mundo. E, acredite: não trata de sorte, mas de vencer tabus e ver o mundo com novos olhos. Saiba mais!

1 – A ambição

Uma coisa que todo mundo tem muito medo de falar, mas que faz todo sentido é ter ambição. Esse é um dos primeiros passos para se chegar ao sucesso em qualquer área da vida. E por que quase todo mundo tem medo de falar disso? Porque confundem a ambição com a ganância.

PROPAGANDA

É verdade que a ganância é um pecado. Mas, a ambição, não. Portanto, a gente precisa definir melhor isso para vermos como essa atitude pode nos ajudar a empreender com sucesso.

Em várias palestras, as pessoas costumam resumir a ambição como sendo algo parecido com “fome”. Portanto, ambição é como ter fome. Sendo que sem fome, a gente não consegue encarar os desafios para vencer – ou para se alimentar, por exemplo.

Não nos resta dúvidas de que as grandes pessoas de sucesso tiveram ambição em seus projetos. Foram audaciosos. E mesmo que falharam, eles tiveram ambição, inicialmente. São pessoas que mudaram as regras, quebraram a banca e a lógica. E derrubaram tradições, também.

E por que ambição é como a fome? Porque somente tendo muito apetite para transformar o mundo que conhecemos ontem em algo novo amanhã. E você, tem ambição para mudar o jogo, as regras e o mundo? Pense nisso!

5 cursos do Sebrae para quem quer empreender

2 – As vendas

Um segundo tabu que ainda permeia e impede muita gente de empreender com sucesso tem a ver com as vendas. Isso porque sempre que a gente fala em vender ou em lucrar, tem gente que torce o nariz, né.

Mas, na boa, não há mal em vender. Isso faz parte do processo. O que não dá é para você enganar pessoas vendendo A e falando que é B. Agora, se a gente observar as empresas de sucesso vamos ver que os dirigentes dedicam muito tempo e esforço para o departamento de vendas.

Mesmo porque se temos produtos que são de qualidade e podem melhorar a vida das pessoas, então, não temos justificativas para deixarmos eles enlatados ou encalhados em prateleiras e estoques.

Para ter um empreendimento digital ou qualquer outro com sucesso financeiro é preciso pensar diferente e criar maneiras de distribuir o seu produto. Pense em novas formas de vender, use a tecnologia a seu favor, treine o seu pessoal de vendas, foque na qualidade!

Você nunca vai conhecer uma empresa bem-sucedida que não vende. Portanto, considere que o ato de vender é um processo lógico. E merece a sua atenção e o seu investimento.

Inclusive, para fechar o tópico, vale a gente citar a questão de precificar o produto ou serviço. Tem gente que cobra barato porque acha que vai ficar sem serviço ou está cobrando caro demais. Só que isso tem a ver com o seu talento e o valor agregado.

3 – O trabalho

Agora temos um tabu aqui que pode te deixar meio desnorteado. É sobre o trabalho. Tem gente que pensa que empreender com sucesso é deixar de trabalhar. Só que isso está bem longe de ser uma verdade.

O trabalho vai ser essencial para todo tipo de empreendimento de sucesso. O que você precisa considerar é que existem formas diferentes de trabalhar e ver o trabalho. Se você acha que o dono de empresa não trabalha porque fica lendo jornal… Saiba que isso faz parte do trabalho. Afinal, ele está analisando o mercado e vendo os concorrentes.

Se você acha que o cara não trabalha porque ele chega no escritório às 10 horas e vai embora as 15 horas, saiba que há motivos para isso. Aliás, você sabe o que ele faz nas horas vagas? Já viu o tanto de reuniões de negócios que ele participa? Comece a ver o empreendedorismo com outros olhos. Porque o trabalho será outro, mas vai continuar existindo.

Ah, inclusive, para fechar esse tópico, vale fazer sobre funcionários. Aliás, eles nem devem ser vistos como funcionários e sim como colaboradores. Saiba que investir em gente barata pode te custar caro. É preciso focar na criatividade e nos resultados, mesmo que isso represente um investimento inicial. Tudo é compensador quando se tem funcionários à altura.

4 – A gestão

Para terminar, temos que falar da gestão. E não estamos falando apenas da gestão empresarial ou financeira, está bem. Mas, da gestão de valor mesmo. Você tem que saber como vai gerir o seu negócio, qual tipo de negócio vai ter e como vai modelar tudo.

É preciso incluir gerador de caixa, patrimônio, valores, etc. E, para isso, é preciso pensar desde no consumidor final, que compra o seu produto, até mesmo nos acionistas, que vão valorizar a sua companhia na bolsa de valores. Essa ideia de gestação parece muito distante para muita gente, mas é fundamental para empreender com sucesso.

PROPAGANDA