Saiba como usar o e-mail marketing sem gastar muito [3 dicas de ouro]

O e-mail marketing pode ser definido com a utilização de e-mails em campanhas de marketing digital para chegar ao público alvo e transmitir uma mensagem.

Esse serviço diferenciado pode ser uma promoção, uma oferta, uma mensagem de boas vindas ou o agradecimento por uma compra, por exemplo.

Essa estratégia é uma das mais eficientes dentro do Marketing Digital, sendo aquela que proporciona o melhor Retorno Sobre o Investimento (ROI) de todas.

Por isso, é amplamente utilizada por negócios de todos os tipos, portes e áreas de atuação. Isso acontece, principalmente, porque essa é uma estratégia barata.

O que torna possível conseguir ótimos resultados mesmo investindo muito pouco. E esse é o principal motivo para se investir em e-mail marketing.

PROPAGANDA

Como funciona o e-mail marketing?

O e-mail marketing funciona de forma extremamente simples.

Basicamente, tudo o que é necessário é uma lista de contatos, também chamada de mailing list, onde vão estar o endereço de e-mail dos leads.

A partir da mailing list, diversos e-mails são disparados para todos os contatos com base na estratégia de cada negócio.

Se a meta é vender mais determinado produto, por exemplo, os e-mails enviados podem ofertar esse produto.

Já se o objetivo é divulgar uma promoção, os e-mails podem ser usados para isso.

Mas, nem é necessário que haja apenas um objetivo fixo: para determinados contatos pode-se enviar apenas um conteúdo do blog, enquanto que para outros, em contato com a marca a mais tempo, pode se ofertar um produto de forma mais agressiva.

Para enviar esses e-mails, é necessária uma ferramenta de disparo de e-mails, que é um software que automatiza todo o trabalho repetitivo, deixando apenas a parte criativa para você e os seus colaboradores.

Por que investir no e-mail marketing?

A gente está falando muito de e-mail marketing e sempre usamos pesquisas para comprovar isso, como você vai ver ao longo do texto.

Mas, apenas para que você não desista dessa leitura, temos um motivo muito especial para você porque deveria investir no e-mail marketing o quanto antes.

E o motivo que vamos te apresentar é: atualmente, todo mundo tem e-mail.

Não é verdade? Porque para ter uma conta no Facebook é preciso ter um e-mail. Assim como para ter serviços do Netflix, do Uber, do Spotfy, fazer compras online, etc.

Então, não há dúvidas de que todo mundo tem uma conta de e-mail aberta e que funciona. Assim sendo, deixamos um motivo explicito que vai te ajudar a considerar o e-mail marketing.

Além disso, saiba que essa ferramenta digital funciona para todos os tipos de negócios. Desde uma loja física, um serviço, um produto, uma campanha, etc.

Então, vamos continuar lendo para encontrar as melhores estratégias que se pode usar para montar uma campanha de e-mail marketing.

As ferramentas gratuitas de e-mail marketing

Um estudo feito nos Estados Unidos, através da empresa Marketing Sherpa, mostrou que o e-mail ainda é o meio favorito de contato entre a empresa e as pessoas. Assim, 72% das pessoas garantem isso.

Tudo bem, mas aí, você pode se perguntar: tem como eu otimizar o trabalho todo sem pagar nada? Tem sim. É claro que as ferramentas pagas são mais completas, né. Até mesmo por questão de “valer a pena”.

Mas, para quem está começando a usar o e-mail marketing como estratégia, algumas opções gratuitas podem ser muito úteis nesse começo.

A gente vai citar apenas algumas, mas saiba que existem muitas outras, viu.

A Pushnews, por exemplo, é bem simples e grátis. Você vai precisar usar a criatividade para criar mensagens e… Nada mais. Ela tem o serviço de mostrar os resultados dos e-mails eu foram enviados, o que é ótimo, ainda mais porque é em tempo real.

Tem também a Benchmark, que permite ter até 2 mil contatos e enviar até 14 mil mensagens ao mês. Tudo de graça. Quanto ao trabalho, dá para mandar o e-mail para várias pessoas em menos de 15 minutos, o que a torna uma ferramenta prática.

Uma última ferramenta gratuita de e-mail marketing que vamos citar é a Send Pulse. Ela também é para iniciantes e que não tem muito tempo para investir nisso. Funciona no formato “arrastar e soltar”.

Estratégias para investir no seu negócio sem gastar muito

Embora tenha parecido simples no tópico anterior, investir em e-mail marketing, principalmente quando se quer gastar pouco, exige que você esteja atento a vários detalhes que são importantes para que a estratégia dê resultado.

Da criação da mailing list, passando pela segmentação dos leads até a elaboração do conteúdo dos e-mails, tudo precisa ser muito bem pensado e definido para que os objetivos traçados sejam alcançados mesmo com pouco investimento.

Abaixo, você confere todos esses pontos de forma detalhada e como você pode criar ótimas campanhas de e-mail marketing mesmo com o orçamento apertado. Continue acompanhando.

1 – Crie uma landing page e/ou uma Newsletter

O primeiro passo para desenvolver sua estratégia de e-mail marketing é construir sua mailing list, ou seja, a lista de contatos para o envio dos e-mails.

E aqui é importante destacar que você jamais deve comprar mailing lists prontas.

Isso porque uma das principais vantagens do e-mail marketing é justamente enviar os e-mails para pessoas que já estão aguardando pela informação e permitiram que você fizesse isso.

Ou seja, para pessoas que entregaram seus contatos de livre e espontânea vontade.

Assim, você precisa fazer com que as pessoas entreguem seus contatos a você e uma das melhores formas de se fazer isso é construindo uma landing page e/ou uma Newsletter.

Uma landing page é um site de uma única página enxuta que têm o objetivo único e exclusivo de captar o endereço de e-mail dos visitantes.

Para convencê-los a entregar seus endereços eletrônicos, geralmente são oferecidos materiais ricos, como e-books, em uma troca vantajosa para ambas as partes.

Já a Newsletter é um boletim informativo que leva até o usuário informações relevantes sobre o seu negócio ou qualquer outro assunto que o interesse, como ofertas, cupons de descontos, etc…

Utilizando de um ou dos dois meios, você consegue pouco a pouco construir a sua própria mailing list, com contatos que estão interessados no que você tem a dizer e aí é hora de ir aos próximos passos.

Leia Mais – Os leads no e-mail marketing

Você sabe como usar o e-mail marketing de forma assertiva? Não basta apenas ter um bom número de e-mails cadastrados e enviar 1 e-mail por ano. Você tem que ter sequência. Agora, essa sequência também não pode ser algo “enjoativa”.

Dessa forma, dá para criar uma comunicação com o seu cliente. De forma direta.

E essa sequência de e-mails precisa ser pensada e planejada, obviamente. Até o formato do seu e-mail vai ser importante, sabia disso?

“Para considerar a importância do formato do e-mail, veja que muitas empresas têm usado o formato pessoal para se aproximar do cliente. Isso vale, especialmente, para quando ele desiste de uma compra. Logo, o cliente pode até mudar de opinião”.

Gostou desse comentário? Pois é, ele está disponível em uma matéria que fizemos para contar mais sobre a importância de nutrir os leads do seu e-mail marketing. Se tiver interesse, leia mais:

Como nutrir os leads usando o e-mail marketing

2 – Segmente o seu público

Com uma lista de contatos pronta, você precisa segmentar todos eles com base em uma série de informações, de forma que seja mais interessante para suas estratégias.

Vamos supor, por exemplo, que você está fazendo promoção para um produto bastante apelativo para os jovens, mas que podem não interessar os contatos mais velhos.

Assim, você separa a sua mailing list com base na faixa etária e envia os e-mails promocionais desse produto apenas para os contatos que podem se interessar nele.

Isso aumenta a taxa de abertura e retorno, ao mesmo tempo em que diminui os custos, aumentando a eficiência da estratégia.

A segmentação também te permite usar uma linguagem mais adequada, interessante, para cada tipo de lead, com o objetivo de instigá-lo a abrir o e-mail e aumentar a eficiência das suas campanhas.

Por isso, é extremamente importante que você segmente a sua lista de contatos e você deve fazer isso com base nos critérios que forem importante para o seu negócio e suas estratégias.

Leia Mais – 5 Regras de e-mail marketing para um Roi Excelente

Existem muitos motivos que estão claros na vida de muita gente e empresas para se investir em e-mail marketing. Os números citados acima são exemplos reais disso.

Mas, você já percebeu que esse envio também tem outras benesses para o seu negócio? Você pode impactar pessoas, criar campanhas de publicidade personalizadas e muito mais.

Agora, o que é mais incrível mesmo é que você pode converter o “abandono de compras” em “compras”. Isso acontece muito no caso de quem tem e-commerce, sabe?

É quando a pessoa seleciona os produtos, mas desiste da compra. Uma ideia é você saber os motivos ou incentivar a compra de outras maneiras. Como fazer isso? Essa é mais uma das vantagens do e-mail marketing.

Se você ficou interessado em conhecer mais especificamente essas vantagens, leia matéria que falamos diretamente disso.

5 Regras de e-mail marketing para um Roi Excelente

3 – Seja criativo e instigue o lead

Por fim, é hora de efetivamente escrever os seus e-mails para fazer os disparos e, aqui, a criatividade deve reinar.

As pessoas recebem, diariamente, dezenas de e-mails diferentes e a grande maioria deles sequer são abertos.

Por isso, você precisa usar a criatividade para instigá-lo não só abrir os que você enviar, mas também a realizar a ação que eles propõem, como comprar um produto ou ler um conteúdo, por exemplo.

E para isso, o primeiro ponto a se pensar deve ser o assunto do e-mail.

Esta é a primeira coisa que os leitores veem e é determinante na decisão de abrir ou não.

A partir daí, o corpo do e-mail deve decorrer de forma interessante e curiosa para que o usuário leia até o fim, onde ele vai encontrar o CTA, a chamada para a ação que deve convencê-lo a fazer alguma coisa.

Para criar e-mails interessantes, é recomendável que você contrate alguém especializado em copy, mas você não precisa gastar muito com isso. Você pode pagar a um freelancer para escrever seus e-mails gastando muito pouco.

Seguindo esses passos, você pode gerar mais vendas e oportunidades para o seu negócio investindo pouquíssimo.

Leia Mais – 5 técnicas de persuasão para vender por e-mail

Se você viu que ser criativo é uma ótima ideia para você vender por e-mail, considere usar algumas táticas que são comprovadas para gerar mais resultados.

Uma delas é a empatia. Você sabe o que é a empatia? É saber se colocar no lugar do outro. E sim, acredite, essa é uma forma excelente e que sempre dá certo de vender através do e-mail marketing.

“Ao usar a empatia ao escrever um texto de e-mail, você cria um vínculo de proximidade com o cliente. Isso desperta nele o sentimento da gratidão, entre outras coisas positivas”.

Incrível, não? É por isso que existem muitas técnicas que se pode aplicar no marketing digital. E, além da empatia, tem outras que você pode usar ao escrever o seu e-mail marketing.

Nós listamos 5 das principais técnicas. Se você tiver o interesse na leitura, faça de forma gratuita, aqui no nosso blog mesmo. O texto é recente e traz muitas boas ideias para você que está trabalhando com e-mail marketing.

5 técnicas de persuasão para vender por e-mail
PROPAGANDA