As vantagens e os cuidados para se ter com o dropshipping no e-commerce

PROPAGANDA

Pode ser que você ainda não saiba o que é o dropshipping porque é um assunto novo. Mas, se você tem um e-commerce e vende pela internet deveria conhecer essa modalidade. Até mesmo porque apesar de o nome parecer complicado, é bem simples entender o significado.

Basicamente, dropshipping nada mais é do que receber os pedidos dos seus clientes e passar isso para o seu fornecedor. Assim sendo, é ele quem vai ser responsável por cuidar do envio do produto que foi comprado pelo seu cliente. É como uma terceirização de venda.

PROPAGANDA

Assim sendo, o contratante é o intermediário, que fica entre o fornecedor e o consumidor. Agora que ficou bem mais fácil entender o que é o dropshipping, resta a gente saber se essa é uma técnica de venda que vai dar certo para você, não é mesmo?

E para te ajudar a encontrar a melhor reposta, a gente criou este conteúdo. Vamos falar mais sobre essa modalidade. E mais do que isso, vamos falar das vantagens e desafios para você saber se é uma boa ideia para o seu tipo de negócio online.

Só não deixe de considerar alguns passos importantes para que essa nova modalidade aconteça.

PROPAGANDA
  • Primeiro o e-commerce importa a lista de produtos.
  • Aí, o cliente faz a compra na plataforma.
  • Depois, o e-commerce envia para o fornecedor.
  • E ele faz a entrega para o cliente.

Captou? É bem simples entender esse processo, né? Apesar de fácil, nem sempre o resultado vai ser o esperado. A boa notícia é que você tem como estimar o seu próprio resultado. Continue lendo para saber como conseguir isso.

As vantagens do dropshipping

A primeira coisa é analisar as vantagens desse tipo de venda para saber se isso tem a ver com a sua empresa ou não. Porque você já sabe o que é e como funciona o dropshipping, mas talvez ainda não saiba os benefícios que isso traz.

Um deles é o baixo custo. E isso pode ser bem interessante dependendo do tipo de produto que você vende. Aliás, esse é o ponto mais atrativo do dropshipping. E por que? Se você não tem uma loja virtual e nem física, você não tem gastos com aluguel, empregados, etc.

Assim sendo, você só vai intermediar a venda de um produto, o que significa um gasto bem menor do que ter todo aparato que uma loja física teria, por exemplo.

Aí a gente já até pode falar de outra vantagem bem interessante, que é a segurança que é dada ao comprador. Isso porque mesmo que você seja o intermediador, você poderá ter informações de rastreio do produto para saber quando ele vai chegar.

Isso torna a sua gestão melhor sem que você precise ter um estoque físico.

Bom para o fornecedor também

E aí você pode estar pensando que isso é bom somente para você, mas não. O fornecedor acaba ganhando porque ele venderá o produto dele sem ter que se preocupar com a captura de novos clientes. Afinal, você é quem fará isso.

Isso acaba explicando porque essa modalidade tem dado certo nos dias de hoje.

Se você é alguém que sabe escalar as vendas, com certeza não precisará mais ter uma loja física, com um grande estoque para vender produtos no seu e-commerce. Com o dropshipping você tem a possibilidade de intermediar a venda no famoso “ganha-ganha” com o fornecedor.

Leia também – Saiba quais são as 5 principais tendências de TI para o próximo ano

Os cuidados que se deve ter!

Só que a gente não pode terminar este conteúdo sem falar dos cuidados que se deve ter ao vender online com o dropshipping, ok? Então, temos que ser francos para você não dizer, mais tarde, que não sabia disso ou daquilo.

Apesar de ser um modelo de baixo custo operacional, o dropshipping tem uma margem de lucro reduzida tanta para quem fornece o produto como para quem vende, o e-commerce. Até mesmo porque se assim não for, o cliente não vai comprar.

Além do mais, é preciso se atentar para que o custo do envio não se torne algo grande demais para os seus gastos. E isso tem a ver, inclusive, com a disponibilidade de entrega do item.

Para finalizar, saiba que se você não for alguém transparente e se a sua conexão com o fornecedor não funcionar bem, você vai acabar tendo problemas, que podem ser até mesmo jurídicos. E isso significa perdas, tanto financeira como de credibilidade.

Então, o dropshipping não vale a pena?

Na verdade, não foi isso o que dissemos. O que a gente quer mostrar aqui é que ao mesmo tempo em que existem as vantagens de se vender online através desse formato também existem os desafios que pairam sobre a modalidade.

Logo, esse pode ser um bom negócio para você ou não. O que é preciso considerar é os cuidados, especialmente para escolher um bom fornecedor, que entregue no prazo e com qualidade, por exemplo.

Você vai ter que analisar itens como o processamento do pedido, a separação dos produtos, o envio deles, as transportadoras que atuam na fábrica. Até mesmo porque você é o vendedor e não quem fabrica os produtos.

Agora vem a dica final: se a gente puder sugerir algo, a nossa sugestão é que você faça testes, pilotos desse tipo de venda para testar o seu fornecedor e a sua venda. Até mesmo porque essa modalidade tem dado certo para muitos e-commerce e pode alavancar as suas vendas.

PROPAGANDA