Diversificação de conteúdo leva a maiores ganhos de receita

ANÚNCIO

O marketing é uma indústria que explodiu em um milhão de direções. Dos anúncios impressos cresceram os blogs e o marketing de conteúdo. Do rádio, vimos o advento dos podcasts. A televisão gerou o surgimento do marketing de vídeo nas redes sociais. E assim por diante.

Para empresas com orçamentos limitados, essa é uma realidade assustadora. Qual meio você escolhe? Pode ser tentador escolher uma plataforma para otimizar seus investimentos.

ANÚNCIO

Isso é um erro, pois você acaba limitando a forma como seu público se relaciona e vê sua marca. Claro, ter uma competência essencial é bom, mas você também precisa criar variedade suficiente para manter seus clientes atuais interessados e seus clientes em potencial atraídos.

Diversificação de conteúdo leva a maiores ganhos de receita
Foto: (reprodução/internet)

Equívocos comuns sobre diversificação de conteúdo

A partir do momento que você decidir colocar seus conteúdos em várias plataformas, terá que evitar de cometer alguns erros comuns, como esses:

1. Se você construir, eles virão.

Você poderia criar o podcast mais envolvente do mercado, mas se o seu público não tiver tempo para ouvi-lo, você desperdiçou tempo e dinheiro.
Em vez disso, comece com seu público.

ANÚNCIO

Como eles consomem mídia? Que tipo de mídia os atrai? Eles preferem diferentes tipos de informação (promocional X educacional) em diferentes formatos? As respostas a essas perguntas o ajudarão a construir uma estratégia de mídia que se encaixe facilmente no estilo de vida do seu público.

“A maneira geral como as pessoas desejam consumir conteúdo mudou significativamente”, diz Jeff Wedren , vice-presidente associado de marketing global da PowerObjects.

“As pessoas estão ocupadas. Eles não querem gastar tempo necessariamente fazendo uma tonelada de pesquisas, mas se você puder fornecer algo inicial que lhes dê um vislumbre que é um pouco mais humano, pode ir muito longe“.

2. Se você não apostar tudo, não vale a pena.

Vídeos e podcasts não têm impacto por causa da qualidade do som ou da câmera ultra HD. Eles são impactantes porque conectam seu público a uma pessoa que conta uma história da qual eles se lembrarão. Mesmo o equipamento mais avançado tecnicamente não pode competir com uma história bem contada.

“A capacidade de produzir vídeo de qualidade hoje em dia é muito fácil”, diz Wedren. “A filmagem e a edição reais não são tão difíceis. Você só precisa ter certeza de que é uma história coesa”.

3. Se funcionar para um canal, funcionará para todos eles.

Assim como conhecer seu público, você também precisa ter um conhecimento profundo dos canais que está usando para divulgar esse conteúdo.

O vídeo funciona muito bem para a mídia social e outros canais de geração de leads, mas pode não ser o melhor modo para peças de conteúdo técnico aprofundadas para o final do funil de vendas.

“Você precisa realmente entender o público”, aconselha Wedren. “Se realmente estamos indo atrás dos mercados de pequeno e médio porte, esse conteúdo e o que iremos fornecer serão diferentes do que pretendemos para a empresa.”

A única coisa que você pode contar em marketing é que as coisas sempre mudarão. O Facebook e o Google sempre modificarão seus algoritmos e apresentarão novos recursos.

Ao tentar conciliar diferentes tipos de mídia ao mesmo tempo, você precisa se atentar sempre à essas mudanças e fazer o teste do seu conteúdo para assegurar que seu público continue envolvido naquilo que você faz.

Leia também: Por que o podcast deve ser seu mecanismo de conteúdo

Tipos de mídia não tradicionais a considerar

As pessoas querem consumir conteúdo de uma maneira diferente. Todo mundo está ocupado. Os consumidores não querem perder tempo fazendo uma tonelada de pesquisas, então, se você puder fornecer algo inicial que lhes dê um vislumbre um pouco mais humano, pode ir longe.

Aqui estão algumas idéias para diversificação de conteúdo:

1. Testes grátis

Nada será melhor do que dar a seus clientes a capacidade de experimentar antes de comprar. É a maneira mais fácil para eles garantirem que seu produto ou serviço terá um impacto sobre seus objetivos gerais de negócios.

Bônus: ele economiza tempo e energia para você e sua equipe de vendas, pois você não terá que gastar muito tempo vendendo agressivamente.

2. Vídeo

É tão fácil criar um portfólio diversificado de conteúdo de vídeo. Você pode ter vídeos de 15 segundos que mostram sua proposta de valor para mídia social ou estudos de caso de 30 minutos que mostram as mudanças que você afirma que seu produto fez.

Também dá muito certo: 90% dos usuários afirmam que o vídeo os ajudou a tomar decisões de compra, de acordo com a HubSpot.

3. Podcasts

O conteúdo de áudio não mudou muito ao longo dos anos. O conteúdo de áudio de formato longo é tipicamente educacional por natureza e ajuda marcas e indivíduos a se estabelecerem como líderes do setor. Sua taxa de conversão 25% maior (em relação aos blogs tradicionais) fala por si.

Implementar novos tipos de mídia pode parecer assustador e, às vezes, um pouco arriscado. Mas o conteúdo certo no momento certo e no formato certo tem o poder de remodelar drasticamente a maneira como seus clientes veem sua marca – para melhor.

 

Traduzido e adaptado por equipe Nomadan

Fonte: Marketo Blog

ANÚNCIO