Como proteger suas finanças em caso de recessão

ANÚNCIO

De acordo com o setor de notícias financeiras, parece provável que estejamos caminhando para uma recessão. Economistas carrancudos pensam que nossa expansão econômica histórica atual está caminhando para uma queda, e as notícias de uma recessão iminente não poderiam ser mais assustadoras.

Existem boas e más notícias sobre essas opiniões. A boa notícia é que ninguém tem uma bola de cristal, o que significa que mesmo o mais experiente dos analistas econômicos não pode saber o que nossa economia fará no futuro.

ANÚNCIO

No entanto, sabemos que certas tendências financeiras não podem continuar indefinidamente. Então, como você pode se preparar para uma recessão que pode ou não acontecer em um período que você não pode prever? Felizmente, há uma série de ações que você pode tomar hoje para proteger a si mesmo e às suas finanças.

Como proteger suas finanças em caso de recessão
Foto: (reprodução/internet)

Reforce o seu fundo de emergência

Os especialistas financeiros recomendam que todos criem um fundo de emergência que possa cobrir despesas de três a seis meses. Seu fundo de emergência pode ajudá-lo a passar por um período de desemprego até conseguir seu próximo emprego.

No entanto, perder o emprego durante uma recessão pode ser um pouco mais terrível do que perdê-lo em qualquer outro momento. Quando a economia como um todo sofre um impacto, pode ser muito mais difícil encontrar outro empregador que esteja contratando. É por isso que a duração mediana do desemprego durante a recessão foi de mais de 25 semanas (quase seis meses), enquanto a atual duração média do desemprego é de pouco mais de 9 semanas .

ANÚNCIO

Agora é um excelente momento para aumentar seu fundo de emergência. Inicie uma transferência automática para sua conta poupança a cada cheque de pagamento e procure outras maneiras de aumentar esse fundo.

Se você não tem um fundo de emergência que possa lidar com um desemprego prolongado, não precisa entrar em pânico. Lembre-se: qualquer coisa que você possa guardar será útil.

Crie o seu orçamento do Plano B

Outra medida proativa a tomar é mapear o que mudaria em seus hábitos de consumo se você perdesse o emprego ou sofresse um corte no pagamento. Analisar seu orçamento atual e identificar os itens que você pode cortar para ajudar a garantir que seu fundo de emergência resistirá a uma perda.

Você pode até se desafiar a fazer alguns pequenos cortes agora e ver se perde seus gastos anteriores. Isso pode liberar algum dinheiro extra (mais para o fundo de emergência!) E ajudá-lo a sentir mais controle sobre seus gastos agora e no futuro.

Elimine a sua dívida de cartão de crédito

Se você está com saldo em seus cartões de crédito, agora é um bom momento para quitá-las. Possuir dívidas durante um período de recessão pode ser um grande peso se você sofrer um corte no pagamento ou em uma dispensa. Creio que você não gostaria de não conseguir pagar as contas de cartão de crédito (e ter que lidar com as cobranças de dívidas) quando você já está se sentindo estressado financeiramente.

Leia também: 5 dicas para ganhar dinheiro na crise

Vá ao médico

O custo dos cuidados de saúde pode ser proibitivamente caro, até para aqueles que possuem seguro saúde. De acordo com um recente Relatório de Benefícios no Local de Trabalho do Bank of America, 53% dos funcionários norte americanos faltaram a uma consulta médica, um teste ou procedimento, ou compraram medicamentos para economizar dinheiro.

É por isso que é uma boa ideia agendar um check-up com seu médico agora. Fazer um check-up enquanto você tem cobertura patrocinada pelo empregador pode evitar problemas de saúde (e financeiros) em potencial.

Resista à tentação de mexer em seus investimentos

Assistir ao seu portfólio de aposentadoria despencar durante uma recessão pode causar desespero. É fácil ouvir aquela voz interior que grita para você tirar seu dinheiro do mercado ou perder tudo. Mas liquidar suas contas de investimento significa que você transformou suas perdas temporárias no papel em perdas permanentes.

Se entrarmos em recessão, planeje examinar seu portfólio apenas trimestralmente ou com menos frequência. Esta é uma situação em que não pensar o tempo todo nas situações financeiras negativas ajudará na sua sanidade e nos seus resultados financeiros.

Se você está perto da aposentadoria, certifique-se de ter dinheiro

A única ressalva para deixar seus investimentos sozinhos é se você estiver prestes a se aposentar. Aposentar-se durante uma recessão pode prejudicar seriamente o seu portfólio de aposentadoria se você ainda estiver totalmente investido no longo prazo. Nessa situação, você pode se aposentar, mas não conseguirá acessar sua renda de aposentadoria porque sofreu um golpe de recessão.

Se, nos próximos anos, você precisar viver do dinheiro que está investido atualmente, certifique-se de transferir alguns de seus investimentos para equivalentes de caixa. Eles permanecerão estáveis ​​e disponíveis para você, mesmo se uma recessão chegar bem no momento em que você está encerrando sua carreira.

Esteja preparado

Embora o futuro seja incerto, todos nós podemos melhorar nossas vidas financeiras tomando alguns cuidados que são simples. Quer estejamos à beira de uma recessão ou se os relatos da queda econômica foram muito exagerados, você ficará feliz por ter tomado essas medidas para proteger seu dinheiro.

 

Traduzido e adaptado por equipe Nomadan

Fonte: Wise Bread

ANÚNCIO