Digital influencer – 10 personalidades para você seguir no LinkedIn

É fácil traduzir o termo: influenciador digital. Mas, o difícil é entender como algumas personalidades conseguem atrair tantos seguidos na internet. Entenda um pouco sobre o digital influencer – e o comportamento online.

Tudo começou no início da internet, quando as redes sociais não eram nada mais do que o Flogão e o Orkut.

Com o tempo – até chegar aos dias atuais, essas pessoas ganharam status e se tornaram canais estratégicos para a divulgação de produtos e serviços.

Atualmente, no Brasil, o maior digital influencer é Whindersson Nunes, que tem mais de 22 milhões de inscritos no seu canal e é citado, inclusive, como um dos youtubers mais influentes do mundo.

Entenda, portanto, que já não estamos mais falando de Flogão e Orkut, mas sim de Youtube, Instagram, Facebook, Twitter, Snapchat e também do LinkedIn.

O que todos esses canais de comunicação têm em comum?

Tem os digitais influencers como personalidades que falam para uma audiência segmentada e, portanto, rendem um tipo de publicidade mais assertiva.

Isso tem tudo a ver com o marketing digital porque enquanto no tradicional os outdoors e comerciais de TV são genéricos, na internet tudo tem que ser específico o bastante para atrair leads e clientes.

Digital influencer – opinião que vale muito

A SocialChorus fez um estudo que mostrou que campanhas feitas com esses influenciadores digitais podem ter um engajamento até 16 vezes maior do que a publicidade em outros meios de comunicação mais tradicionais.

Outra pesquisa, da Nielsen, avaliou que 90% dos clientes confiam na recomendação de outras pessoas para comprar um produto enquanto apenas 33% se dizem influenciados pelos anúncios.

Isso prova que a opinião desses influenciadores valem muito, né.

Por outro lado é importante notar que existem várias formas deles ganharem dinheiro na internet e com a sua influência online, seja de forma direta ou indireta.

Uma delas é com os posts patrocinados, onde uma empresa paga um valor em troca da indicação do produto dela. Nesse caso, são usados textos, vídeos e o publipost tem um valor definido pelo influenciador digital.

Ainda há o valor ganho em eventos, palestras, anúncios, cursos, etc.

Digital influencer

10 personalidades para você seguir no LinkedIn

Como visto, a lista de digital influencer segue a plataforma usada por essas personalidades.

Dessa forma, no artigo de hoje, selecionamos o LinkedIn por se tratar de uma plataforma usada de maneira profissional, inclusive, na busca por oportunidades de emprego.

A lista foi selecionada a partir do “Pulse”, um recurso de compartilhamento de conteúdo do próprio LinkedIn, que tem colocado em evidência empreendedores, executivos, políticos e celebridades que compartilham seus pensamentos.

Na lista, ainda não há brasileiros, pois só agora o LinkedIn começou a incluí-los nas suas pesquisas.

1 – Richard Branson

É fundador do Virgin Group.

Uma única publicação de Branson pode passar as 1,3 milhões de visualizações e os temas passam por hacks de produtividade, propósitos e humanidade.

O mais visto pode ser acessado aqui – “Como eu contrato: foque na personalidade”.

2 – Hunter Wald

É um investidor e sócio da Homebrew VC, além de ter trabalhado em marcas como Google, Youtube e Second Life.

Da lista da Pulse, Wald é o que mais produziu conteúdos [200 publicações] sobre o mercado de capital, produtividade e casos de empreendedores de sucesso.

3 – Tim Brown

CEO da IDEO, consultorias de design e inovação.

Ele é um dos mais criativos da lista e conta suas experiências em temas que focam em jovens.

4 – Gary Vaynerchuk

Gary criou várias empresas, escreveu 3 best-sellers e abriu um fundo que investe em startups de tecnologia.

Ao todo, ele tem 500 mil seguidores e suas postagens são objetivas, passando por temas como liderança, cultura organizacional, marketing digital e tendências do mundo.

Ele é um dos influencer digital mais respeitado no mundo e usa isso para escrever, também, temas polêmicos, como: “Por que eu desrespeito alguns clientes”.

5 – Steve Blank

Já fundou 8 startups no Vale do Silício, escreveu livros e deu aulas em universidades como Barkeley, Columbia e Stanford.

São mais de 100 publicações, sendo que a especialidade está em “Customer Development”.

6 – Daniel Goleman

Foi jornalista no New York Times por 12 anos e fundou a própria empresa [CASEL].

Também escreveu livros e é PhD em psicologia por Harvard.

Autoconhecimento, inteligência emocional e gestão de pessoas são seus temas preferidos.

7 – Guy Kawazaki

Passou pela Apple, Motorola e outras empresas de tecnologia, sendo agora o principal colaborador do Canva [ferramenta de design gráfico].

Ele digital influencer em startup, tendo 1,6 milhão de seguidores.

Pitch, criar culturas ou ser inovador são temas abordados por ele – tudo com um toque de experiência profissional.

8 – Adam Grant

É professor de Wharton e autor de best-seller também.

Como consultor, tem clientes como Google, Pixar, Facebook, Goldman Sachs e outras empresas de grande valor.

As dicas dele são sobre leituras e comportamento organizacional.

9 – Dharmesh Shah

É fundador e CTO do Hubspot, referência em marketing digital.

Ele também mantém empresas e publica livros.

Shah sempre comenta sobre o equilíbrio para que você consiga fazer todas as pessoas ao seu redor serem felizes, especialmente com você.

10 – Joel Peterson

É chairman da JetBlue e fundador da Peterson Partners, uma empresa de investimentos.

A ideia dele no LinkedIn é ajudar pessoas a entender os seus papéis e a gerir diferentes perfis dentro da estrutura organizacional, como vencer batalhas e encarar as derrotas.

Os números do LinkedIn em 2017

O LinkedIn conecta profissionais de todas as áreas e em 2017 atingiu o top de 29 milhões de usuários apenas no Brasil – que é o 3º país em número de internautas.

Ah, e aqui vale uma última observação, nessa lista de digital influencers dá para tirar mais uma conclusão: essas pessoas não usam o seu espaço apenas para cadastrar currículos online e nem somente para obter tráfego online…

A ideia delas é a de compartilhar conhecimento e experiências.

Esse pode ser um ponto importante para você que quer construir uma estratégia de marketing digital e pessoal, buscando o sucesso e procurando expandir os números de conexões profissionais.

Gostou da lista? Em breve, teremos outra, dessa vez, apenas com nomes de personalidades brasileiras, combinado?

Com informações do Hotmart 

Add Comment