Décimo terceiro Bolsa Família: confira datas e valor do 13º

ANÚNCIO

O Bolsa Família faz parte das políticas públicas do Governo Federal, as quais procuram auxiliar financeiramente famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza. Além disso, esse programa de assistência social busca garantir o acesso à educação, saúde e cultura por parte dessas famílias, para que elas possam superar a condição de vulnerabilidade.

O programa de transferência de renda direta foi instituído por força de lei em 2004 e, mesmo que seja administrado pela Estado em conjunto com as esferas estaduais e municipais, tem como órgão responsável pela manutenção do sistema a Caixa Econômica Federal.

Exatamente pelos governos estaduais terem certa autonomia no controle e administração do Bolsa Família, o governo do estado de Pernambuco liberou o pagamento de uma parcela extra para os beneficiários do programa residentes no estado. Veremos nesse artigo quem tem direito ao adicional e como sacar.

bolsa família
Foto: (reprodução/internet)

Quem tem direito ao 13° do Bolsa Família

Como anunciado em 08 de março de 2019, pelo governador de Pernambuco, Paulo Câmara, as mais de um milhão de famílias pernambucanas beneficiárias do Bolsa Família teriam direito a uma parcela extra de até R$ 150,00.

Terá direito ao benefício aquelas famílias que receberam o benefício em pelo menos cinco meses do período de apuração, seja de maneira intercalada ou de maneira direta. O período de apuração começou em 29 de março de 2019 e terminou em 31 de janeiro de 2020.

ANÚNCIO

Para saber quanto receberá na décima terceira parcela do Bolsa Família, é necessário que a pessoa acesse a plataforma disponibilizada pela secretaria estadual de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude. Ao preencher o formulário com o número NIS e data de nascimento, será possível ter acesso a essas informações.

Como retirar o 13° do Bolsa Família

Essa décima terceira parcela será retirada nos mesmos locais e com o mesmo cartão já utilizado pelo beneficiário. O saque ficará disponível por até 120 dias a contar da data de disponibilização. Por sua vez, o pagamento será feito de acordo com o mês de nascimento do beneficiário e o último dígito de seu número NIS.

  • Nascidos em janeiro, fevereiro, março e abril, receberão entre os dias 12 a 28 de fevereiro de 2020;
  • Nascidos em maio, junho, julho e agosto, receberão entre os dias 18 a 31 de março de 2020;
  • Nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro receberão entre os dias 16 a 30 de abril de 2020.

Quem tem direito a receber o Bolsa Família?

O programa Bolsa Família busca ajudar aquelas famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza. Ou seja, que têm renda mensal per capta de R$ 178,00 e R$ 89,00, respectivamente. Além disso, precisam ter em seu núcleo familiar gestantes e/ou crianças e jovens de até 17 anos.

Além disso, é necessário que a família já esteja cadastrada no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo (CadÚnico), iniciativa do Governo Federal para identificar e famílias em situação de vulnerabilidade social. Para isso, é preciso que um membro da família compareça até o Centro de de Referência de Assistência Social (CRAS) do município.

Após esses procedimentos, a família será cadastrada na no Ministério do Desenvolvimento Social. Então, caso seja selecionada, receberá uma carta avisando que é participante do programa, junto com um cartão para realizar os saques mensais. Essa informações também podem ser acessadas por meio do app “Bolsa Família”.

ANÚNCIO