Sabia que dá para criar um site sozinho? Conheça 3 vantagens

Já foi se o tempo em que, para criar um site, era preciso ter habilidades de programação, design, conteúdo e inúmeras outras áreas.

Atualmente, com o avanço da tecnologia, qualquer pessoa pode criar seu próprio site do zero com total profissionalismo.

A maioria das empresas de hospedagem disponibiliza um criador de sites, em que, tudo o que você precisa fazer para ter um site profissional, é escolher um tema e clicar e arrastar alguns widgets, além de adicionar os textos necessários.

No sistema de gestão de conteúdo WordPress, apesar de um pouco mais complexo, os temas também são facilmente configuráveis e você pode contar com milhares de plugins para desenvolver o seu site sozinho e deixá-lo com a sua cara.

Além disso, há conteúdo de sobra na internet ensinando como criar o seu próprio site, de conceitos básicos de cores a técnicas avançadas de programação e design para que você possa fazer tudo o que deseja por conta própria.

PROPAGANDA

Por esses e diversos outros motivos, criar um site sozinho é perfeitamente possível e qualquer pessoa pode fazê-lo.

Criar Site/Blog de Resultado Usando o Princípio de Pareto

Mas por que optar por criar um site sozinho?

Sem dúvidas, contratar uma agência especializada na criação de sites pode resultar em trabalho muito mais bonito e profissional do que fazendo por conta própria, mas nem tudo são vantagens.

Contratar uma agência custa caro e o seu site pode sair por mais de R$ 3.000 facilmente.

Além disso, ao entregar o desenvolvimento do seu site na mão de outras pessoas, o resultado pode não sair nem perto daquilo que você espera para ele.

Além do mais, se é tão fácil criar um site você mesmo, por que optar por gastar tanto e correr o risco de obter um resultado aquém do que você deseja?

Assim, criar o seu site por conta própria também tem suas vantagens e abaixo você confere as principais delas!

1 – Economia

A economia é, sem dúvidas, a principal vantagem em optar por criar o seu site sozinho.

Contratar uma agência especializada custa caro, pois você vai estar adquirindo o serviço de profissionais altamente qualificados e que vão desenvolver o seu site com técnicas avançadas de programação, design e produção de conteúdo.

A depender do seu projeto, os preços podem ir de R$ 5 a R$ 25 mil.

Em regiões como São Paulo e Rio de Janeiro, onde a demanda é maior e há a presença de grandes agências, os valores são ainda mais altos, variando entre R$ 15 mil e R$ 60 mil.

Logo, é fácil perceber que, se você é um empreendedor individual ou dono de uma pequena ou média empresa, esses valores são completamente impeditivos e é muito mais vantajoso criar seu site por conta própria.

2 – Maior personalização

Outra grande vantagem em criar seu site sozinho é o alto grau de personalização que você tem.

Você pode, literalmente, fazer o que você quiser com seu site para que ele saia da maneira como você quer que ele seja.

Ao contratar uma agência especializada, isso dificilmente acontece e o resultado quase sempre fica aquém daquilo que você espera ver.

Isso porque, a criação do seu site como um todo vai estar na mão de outras pessoas que não te conhecem ou conhecem o seu negócio, os seus valores e aquilo que você deseja passar no seu ambiente online.

Você pode até colocar tudo no papel, escrever um briefing bem detalhado e especificar o que você quer que o site contenha, mas ainda assim o resultado pode sair diferente daquilo que você realmente quer ver no seu ambiente online.

3 – Facilidade de desenvolvimento

Como dito na introdução do texto, criar um site atualmente é extremamente fácil e tudo que você vai precisar fazer é dispor do seu tempo para pesquisar, aprender e desenvolver.

Se você quiser, também pode investir na compra de um tema mais profissional ou de um plugin com uma funcionalidade interessante, mas não vai gastar nada acima de R$ 200 com isso.

Portanto, criar o seu site sozinho, além de possível, pode ser mais vantajoso do que contratar uma agência, principalmente se você é um empreendedor individual ou dono de um pequeno negócio.

Descubra também o que é preciso para ter um site?

Então, como criar um site por conta própria?

Para criar o seu site sozinho, você pode contar com uma série de ferramentas e recursos disponibilizados pela própria empresa da qual você contratar sua hospedagem.

Essas ferramentas e recursos simplificam o processo de desenvolvimento, transformando a programação em um “clicar e arrastar” que qualquer pessoa pode fazer, por exemplo.

A seguir, você conhece duas dessas ferramentas que podem te ajudar a criar um site profissional do zero completamente por conta própria.

Criador de sites

Praticamente todas as empresas de hospedagem disponibilizam um criador de sites em seus planos, dos mais básicos aos mais avançados.

Esses criadores de sites oferecem centenas de temas, que são basicamente sites prontos, gratuitamente para você escolher e editar como bem quiser.

Uma vez escolhido o tema que melhor se encaixa no seu perfil de negócio, tudo o que você precisa fazer é clicar e arrastar as imagens, widgets e os textos para criar um trabalho único.

Caso queira, você também pode ir mais a fundo e personalizar praticamente todos os itens do tema, do esquema de cores as fontes e os widgets.

Obviamente que isso vai exigir um pouco mais de trabalho e conhecimento, mas é para isso que o Google está aí, não é mesmo?

WordPress

Você também pode criar o seu site por conta própria no WordPress, maior gerenciador de conteúdo da internet.

Com ele, as coisas ficam um pouco mais complexas e você, obrigatoriamente, vai ter que recorrer a tutoriais e gastar mais tempo trabalhando.

Porém, com o WordPress o resultado pode sair muito mais profissional e mais próximo daquilo que você quer para o seu negócio, pois é uma ferramenta muito mais robusta e que oferece muito mais recursos de desenvolvimento e personalização.

Para se ter uma ideia, com ele, você pode escolher entre centenas de milhares de temas e plugins para adicionar ao seu site, cada um com níveis próprios de personalização e mudanças.

PROPAGANDA