Aprenda como usar o SEMrush gratuito com 4 ferramentas de mapeamento de conteúdo

Atualmente, o mapeamento de conteúdo é importante para toda empresa ou negócio que quer ter bons resultados no longo prazo. Logo, uma boa pergunta é sobre como usar o SEMrush gratuito. Pensando nisso, encontramos 4 ferramentas que valem a pena.

Agora, sobre a gratuidade do SEMrush, a nossa recomendação é que você leia a matéria até o fim para entender melhor isso. Só para antecipar a conversa, considere que o programa é pago. No entanto, permite um teste gratuito. Nesse caso, temos essas ferramentas para testar.

Ou seja, você pode aproveitar os dias de teste para fazer o mapeamento de conteúdo do seu site ou plataforma. Lembrando que há um prazo final para isso. Então, se você tiver interesse, você assina o pacote. Se não tiver, você cancela a assinatura, simples assim.

Mas, veja mais disso no fim do artigo. Agora é hora de a gente falar das ferramentas. Vamos lá!

As 4 ferramentas de mapeamento de conteúdo

Antes de começarmos com as ferramentas, só queremos dar uma dica. Saiba que falamos de mapeamento de conteúdo. Mas, você sabe o que é isso? Nada mais do que um guia para quem quer pesquisar conteúdos publicados. Isso atua junto com a estratégia de SEO, principalmente. Assim, foca em palavras-chaves, por exemplo, como vamos ver abaixo.

1 – A pesquisa das palavras-chave

Seria o maior erro do mundo a gente falar sobre como usar o SEMrush gratuito e não citar a opção das palavras-chaves. Afinal, esse é um dos serviços mais conhecidos da plataforma e que mais pode fazer sentido para você também.

Logo na primeira página, o usuário terá acesso a uma vasta quantidade de palavras-chaves. Assim, dá para fazer buscas com base no seu tema, no seu negócio. Inclusive, você encontra sugestões e os principais sites que usam tais palavras.

Para quem gosta de números, saiba que o SEMrush tem mais de 110 bases de dados, o que dá mais de 18,9 bilhões de termos disponíveis atualmente. Por último, saiba que essa ferramenta também permite usar o “Keyword Analyzer”, que é para analisar os termos com mais detalhe.

2 – O estudo de domínio

Mais um dos serviços gratuitos do SEMrush tem a ver com a busca SEO de algum site (domínio). Logo, você só tem que digitar na barra de busca o que quer e a pesquisa é feita com todos os detalhes possíveis sobre aquela página.

Porque isso seria bom? Primeiro porque você pode fazer um auto estudo, sobre a própria página. Mas, especialmente, porque dá para avaliar os concorrentes também. Logo, você fica sabendo quais as palavras-chaves que ele mais usa, os backlinks, a busca orgânica, etc.

Por exemplo, ao estudar a “pesquisa orgânica” do domínio, você vê um relatório com várias informações importantes. Assim, dá para sabe os termos que mais geram tráfego e posicionamento. Já em “backlinks”, você fica sabendo dos links que levam ao domínio.

3 – A análise de tráfego

Com exceção da parte das palavras-chaves, talvez essa seja a melhor resposta para “como usar o Semrush gratuito”. Afinal, é uma ação muito importante para o estudo SEO e tem tudo a ver com o mapeamento do conteúdo.

Logo, a ferramenta ajuda o usuário a ter insights sobre como melhorar a otimização do site. Nesse caso, o foco não está no concorrente (mesmo que seja possível), mas sim em seu próprio domínio. Sendo assim, tem métricas muito boas, como para entender o comportamento dos usuários no site.

Dentro dessa ferramenta, uma opção é o “domínio x domínio”. Essa opção permite uma comparação entre diferentes sites. Logo, é muito eficaz para avaliar concorrentes, mas também para ter relatórios sobre os termos comuns, posições, volume de buscas.

4 – O projeto

Esse último ponto merece um pouco de atenção porque também é importante. Considere que o SEMrush permite colocar o seu site em um projeto. Ou seja, o usuário passa a ter um pacote completo de ferramentas, que servem para o mapeamento de conteúdo.

A ideia é posicionar melhor o site nos mecanismos de busca. Entre as funções que mais despertam interesse nas pessoas, nós temos a “position tracking”. Ela mostra o ranking dos termos do site e quais deram mais resultados.

Outra opção é o “site audit”, que faz uma super pesquisa em uma página especifica. Assim, a avaliação tem como foco mostrar o quanto aquela página está bem posicionada com base nos parâmetros indicados para SEO.

Então, o SEMrush é gratuito?

como usar o SEMrush gratuito

Essa parte do texto é muito importante para que você, leitor, não se sinta enganado. É preciso saber que o SEMrush não possui versão gratuita. No entanto, dá para fazer um teste de graça por 7 dias. Sendo assim, o que trouxemos aqui foram 4 ferramentas que valem a pena.

Ou seja, é uma boa ideia para quem quer usar esses dias de teste grátis. Logo, as ferramentas também se tornam gratuitas nesse período semanal. Para quem tem curiosidades sobre os preços e pacotes do SEMrush, uma boa ideia é entrar o site deles e pesquisar.

Para os mais curiosos, saiba que atualmente, o pacote mais econômico é chamado de “pro” e tem o custo de 99,95 dólares mensais. Ele é muito indicado para freelancers e profissionais do marketing. Já o pacote mais caro fica em 399,95 dólares no mesmo período e é o “business”.

Para quem se tornou assinante recentemente, nós temos outra boa matéria: Como usar SEMrush? Descubra o passo a passo completo. Leia como forma de estudo complementar.

Aliás, saiba que o que muda entre eles é a quantidade de relatórios para análise de palavras-chave, de domínio, de métricas, de dados históricos, de anúncios de listagem.