Como ter uma abordagem ágil para o planejamento estratégico de marketing

ANÚNCIO

A implementação do marketing agile no processo de planejamento resulta em melhor comunicação interna e relacionamento com o cliente.

O Agile tem se tornado, principalmente no meio corporativo, de muito interessante e proveitoso para as empresas de marketing.

ANÚNCIO

Com isso, muitos profissionais do marketing estão em dúvida de como implementar o método Agile não só no seu plano estratégico, mas também no seu ciclo de marketing.

Como ter uma abordagem ágil para o planejamento estratégico de marketing
Foto: (reprodução/internet)

“O marketing agile tem a ver com adaptabilidade e transparência”, disse John Cass, estrategista digital e apresentador do podcast Deep Dive Agile Marketing.

“Melhor comunicação significa melhor compreensão do que os profissionais de marketing fazem e onde você está no processo [de marketing]”.

ANÚNCIO

Agile aumenta valor e velocidade

O Agile não só permite que você crie algo mais rápido, mas também melhor.

Isso permitirá que você acompanhe o ritmo de seu mercado e de seus consumidores, sem mencionar que, à medida que o marketing de conteúdo aumenta em popularidade, todos os cantos do seu negócio provavelmente solicitarão que você produza algum tipo de conteúdo para eles.

Ser capaz de produzir conteúdo com mais rapidez e eficácia é a única maneira escalonável de resolver esse problema.

O valor também aumenta a cada iteração. Cada iteração envolve uma revisão onde o valor aumentado pode ser determinado e implementado na próxima versão.

O “valor” é medido tanto pela experiência do consumidor quanto pelo maior engajamento e será mais valioso para ambos os lados do engajamento. Este é o verdadeiro objetivo do conteúdo: fornecer valor aos consumidores.

Começando com estratégia

“A estratégia não desaparece no agile”, disse Stacey Ackerman, treinador agile e fundador da Agilify. “Como você atinge uma meta é definido um pouco mais em tempo real.”

Em Agile, o primeiro passo a se tomar é perceber e identificar quais sãos as tarefas que não serão trabalhadas. O costume, que não faz parte de Agile, é realizar longas reuniões de planejamentos trimestral/semestral/anual somente para identificar pequenos e grandes detalhes que fazem parte da campanha.

“O que você não vai trabalhar é tão importante quanto o que você vai trabalhar”, disse Ackerman.

Ao remover tarefas desnecessárias no início do processo de estratégia, as tarefas restantes podem ser implementadas e identificadas com ações para produzir resultados e receitas reais.

Veja também: 3 maneiras de tornar sua agilidade uma ferramenta fundamental durante a pandemia

Ensinando a equipe

Nesse método, é de importante e recomendado que demais interessados estejam presentes na mesa de decisões e planejamento quado for planejar uma bordagem de marketing.

“Você precisa de colegas que administrem sistemas e processos digitais na mesa”, disse Cass. “O marketing ágil, devido ao seu nível de transparência, mostra à sua equipe e aos seus stakeholders o que você pretende trabalhar em um determinado período”.

Durante a fase de planejamento, vários assuntos precisam ser discutidos com sua equipe de marketing e partes interessadas, incluindo:

  • Duração da campanha ou projeto;
  • Perturbações antecipadas;
  • Agendamento de pessoal; e
  • Recursos corporativos para auxiliar na conclusão de campanha ou projeto.

A capacidade de implementar agilidade em seu processo de planejamento irá gerar campanhas mais eficientes e com melhores resultados, levando a um melhor relacionamento com os clientes.

Além disso, permite melhores relações interdepartamentais e menos interrupções no gerenciamento de projetos e no processo de execução.

“O marketing agile mantém seus stakeholders mais informados sobre o que os profissionais de marketing precisam se concentrar”, disse Cass. “E tudo começa no processo de planejamento.”

Traduzido e adaptado por equipe Nomadan

Fonte: Marketing Land e Convince & Convert

ANÚNCIO