Como otimizar conteúdo para pesquisa por voz

ANÚNCIO

“Como faço para otimizar nosso conteúdo para pesquisa por voz?” é uma pergunta frequentemente feita por quem tem um negócio.

A voz é o futuro da pesquisa na web. Se você estiver pronto para colocar a mão na massa e começar a otimizar seu conteúdo para pesquisa por voz, use estas 4 dicas rápidas para começar.

ANÚNCIO
Como otimizar conteúdo para pesquisa por voz
Foto: (reprodução/internet)

1. Concentre-se em frases e palavras-chave longtail

O foco da pesquisa mudou de palavras-chave concisas e estranhas para frases longtail ou mesmo frases inteiras. Isso ocorre porque as pesquisas por voz utilizam linguagem natural.

A maneira como falamos é decididamente diferente da maneira como digitamos. As frases e palavras-chave que usamos ao falar com assistentes digitais seriam, portanto, diferentes daquelas que usamos ao inserir texto na pesquisa do Google.

“Como está o tempo em Miami hoje?” é um exemplo de consulta de linguagem natural/informal com maior probabilidade de ser falada com um assistente digital, em oposição a “clima miami”, que digitaríamos em uma barra de pesquisa.

ANÚNCIO

O conteúdo otimizado para SEO por voz, portanto, precisaria se concentrar neste aspecto muito importante da natureza da pesquisa por voz.

2. Antecipe perguntas específicas feitas de forma conversacional

A pesquisa por voz pode usar frases inteiras, mas também é específica por natureza. As pessoas não tagarelam quando falam com um assistente digital, possivelmente porque uma pergunta mais específica leva a uma resposta mais precisa.

Uma consulta como “Encontre um restaurante italiano perto de mim” com a localização do usuário ativada pode retornar resultados precisos para os usuários. Os proprietários de empresas, portanto, desejam otimizar seus sites e conteúdo para consultas intuitivas, mas específicas.

Isso pode ser feito por meio de uma página de FAQ detalhada ou de um blog contendo conteúdo de autoridade criado em torno de palavras-chave longas e questões de conversação, mas específicas.

Isso exigiria que você pesquise o tipo de perguntas que seu público-alvo faz com mais frequência aos assistentes digitais e produza conteúdo em torno dessas perguntas. É uma boa ideia pegar cada uma dessas perguntas e detalhar as respostas na forma de postagens de blog de qualidade.

Fique por dentro: Descubra por que as empresas têm usado as assistentes virtuais inteligentes

3. Otimize seu site para SEO local

O Relatório de tendências da Internet do Meeker descobriu que a pesquisa por voz tem três vezes mais probabilidade de ser de natureza local. Com isso em mente, as empresas devem manter seus perfis e informações de contato atualizados, já que é isso que o Google buscará para consultas como, “Onde posso obter o melhor café em São Paulo?”

Para o proprietário de uma cafeteria, isso significaria incluir horários de funcionamento precisos em seu perfil, incluindo a localização exata da loja, e otimizar o conteúdo do site a ser achado através de palavras-chave como “café especial” ou algo mais específico, como “espresso tônica”.

Descubra o tipo de pergunta que seu público-alvo provavelmente fará a um assistente de voz digital e crie conteúdo que forneça respostas específicas a essas perguntas.

Como otimizar conteúdo para pesquisa por voz
Foto: (reprodução/internet)

4. Verifique se o seu site está pronto para a pesquisa por voz

De acordo com o Google, esses micromomentos (quando os usuários necessitam de informações instantânea, importantes e relevantes) são importantes para qualquer tipo de pesquisa ser capitalizada, principalmente a pesquisa por voz.

Visto que nossos smartphones são nossos companheiros constantes, é natural que, com a internet ao nosso alcance, eles sejam nossa primeira fonte de informação.

Portanto, o Google tem incentivado as empresas a estarem cientes do uso crescente de dispositivos móveis na busca na Internet e, consequentemente, otimizar seus sites para dispositivos móveis.

Agora temos pesquisa móvel e por voz para prestar atenção. As empresas que entendem e aproveitam esses  micromomentos, tem mais chances de estarem à frente da concorrência:

  • Antecipe em que estágio(s) um usuário tem mais probabilidade de precisar dos serviços que sua empresa oferece.
  • Preveja a natureza das informações necessitam de uma decisão a ser tomada.
  • Forneça aos usuários as informações relevantes nessa fase para ajudá-los a tomar uma decisão ou deixe-os com mais orientações claras.

Para que isso aconteça, as empresas devem garantir que seus sites sejam otimizados para dispositivos móveis, para SEO local e para pesquisa por voz. Um site moldado para celular, ele precisa carregar de forma rápida, possuir informações que sejam relevantes (SEO local) e responder corretamente às perguntas feitas por voz, caso ele queira ser útil ao usuário. Em conjunto, isso maximiza as chances de um usuário escolher seu serviço.

Dando o salto para a pesquisa por voz

A natureza da pesquisa e a evolução dos algoritmos de pesquisa, com base na tecnologia em mudança e nos hábitos do consumidor, exigem que os profissionais de marketing acompanhem as tendências mais recentes. Essa é a maneira de permanecer relevante e competitivo.

 

Traduzido e adaptado por equipe Nomadan

Fonte: Convince & Convert

ANÚNCIO