3 etapas para montar um e-commerce do zero

Já quis começar a vender algo, mas, o custo de montar e manter uma loja, como a reforma, aluguel, alguém para cuidar da limpeza etc, foi algo que desanimou um pouco a começar? Ou, talvez, nem tenha desanimado, mas faltaram os recursos para a reforma, mas, o que acha de vender sem precisar de uma loja? Abrindo um e-commerce.

Uma das principais vantagens do e-commerce é exatamente o fato de não precisar de uma loja física, onde é preciso se preocupar com o ponto em que ela será aberta, nem vai precisar contratar vendedores, caixas e atendentes para poder vender, tornando o custo bem menor.

Mas, por onde começar na hora de abrir uma loja virtual? Quais os primeiros passos que precisam ser dados? São perguntas que pode surgir quando se pensa em começar um e-commerce, mas, você pode acabar descobrindo que é mais fácil do que imagina.

3 etapas para montar um e-commerce do zero
Fonte (Reprodução/internet)

Quer ver como começar um e-commerce do zero?

Primeiro passo, planejamento

Antes de começar um negócio, seja virtual ou físico, o primeiro ponto que precisa ser feito, é o planejamento. Para isso, você pode elaborar um plano de negócios (você pode entrar aqui para ver alguns templates que podem ser usados), ou um planejamento mais simples, mas, é importante que ele seja feito.

PROPAGANDA

Alguns pontos que é importante que sejam levantados na hora do planejamento, são os custos que terá, quais são os riscos, onde quer chegar daqui à 10 anos (visão da sua empresa), qual a missão dela (o que move a empresa?) e qual o público que quer atingir.

Levantando os custos, você poderá pensar em formas de reduzir eles, antes mesmo de começar. Prevendo os riscos, poderá pensar em uma solução antes mesmo que o problema aconteça, por exemplo, trabalhando com e-commerce a internet e um computador são imprescindíveis. O que você faria se o computador deve uma pane um dia?

Ter um plano B pode ser muito útil na hora de um imprevisto, assim como ter uma meta estabelecida de onde estar, é muito importante na hora de tomar decisões e decidir os próximos passos a serem dados, por exemplo, se o seu plano é atender o mercado nacional, precisaria de um depósito de um tamanho, se quiser ter clientes mundiais, o depósito seria maior.

Tenha um bom Layout

Já aconteceu de você entrar em um site e sentir tanta dificuldade de encontrar uma informação nele que acabou saindo e procurando outro? O layout do site é extremamente importante para que isso não aconteça na sua loja.

Faça um layout pensando principalmente no seu cliente o que inclui a facilidade de encontrar informações e a velocidade de navegação na loja, então, é importante um servidor que comporte os acessos (mais um detalhe que saberá com o planejamento).

Sobre a aparência, vai depender de seu público alvo, se é um público mais jovem e mais alternativo, se o público são pessoas com mais idade, tudo isso vai influenciar. Por exemplo, pessoas com mais idade tendem a ter problemas de vista, uma fonte maior pode ser o ideal.

Começando a vender

Para começar as vendas, você pode começar vendendo através de plataformas já existentes, como na Amazon.com. O que pode ser muito bom, uma vez que o custo inicial para montar um site próprio pode ser um pouco alto, contudo, o poder de barganha fica reduzido.

Por ter que pagar uma taxa para o site, o preço dos produtos podem acabar ficando mais altos que nos concorrentes, o que, eventualmente, irá reduzir a quantidade de vendas, de forma que ter seu próprio site pode ser o melhor.

Para montar o seu site, há diversas plataformas que pode optar para montar o seu, entrando aqui verá uma lista com 10 plataformas distintas que pode escolher, além de explicar exatamente como é o funcionamento de cada uma delas.

PROPAGANDA