Saiba o que é e como funciona o Pop-up Store

Na busca por novas estratégias e inovações para o varejo, umas das novidades são as Pop-up Stores, também conhecidas como lojas temporárias. Mas, nem todo empreendedor digital sabe o que é isso. Então, vamos descobrir mais sobre como funciona o Pop-up Store.

Aliás, como o próprio nome sugere, são lojas que funcionam por certo tempo em lugares estratégicos com o objetivo de proporcionar ao cliente uma chance distinta de interagir com aquela empresa. Achou complicado? Continue lendo porque é simples.

A ideia dessa modalidade surgiu do conceito utilizado por exposições e feiras, que percorrem vários lugares em datas diferentes, como vem acontecendo há muitos anos.

Só que tem uma diferença importante entre elas. Por exemplos, as feiras e as exposições costumam ter vários expositores e organizadas por um grupo de pessoas, ao passo que as lojas temporárias são restritas a uma única marca.

Para saber mais sobre as Pop-up Store confira esse conteúdo até o final.

PROPAGANDA

O surgimento das lojas temporárias

Aqui no Brasil pode ainda ser uma modalidade tão popular. No entanto, nos Estados Unidos, mais precisamente em Nova York, onde surgiu a primeira loja temporária, em novembro de 2002, o conceito é bem interessante.

A marca que teve essa ideia foi a Target, para quem não conhece é um reconhecido supermercado e loja de departamento dos Estados Unidos. A sua Pop-up Store foi a Target Boat, traduzindo para o português, fica algo como Barco Target.

Por um período determinado, o Target Boat, ficou atendendo seus clientes pelo píer de Manhattan. Nos últimos 18 anos, muitas outras marcas também optaram em lançar suas próprias campanhas parecidas.

Entre elas, destacam-se a Song Airlines, Comme des Garçons e a Samsung. Além disso, outros tipos de negócios também testaram também suas próprias Pop-up Store, por exemplo, companhias de restaurantes.

Como funciona o Pop-up Store?

A experiência criada por fazer um Pop-up Store é conseguir atingir um público bem mais amplo. Normalmente, atingir aquelas pessoas que não costumam ter acesso aquela loja em dias normais e conhecerem os produtos da marca.

Outra vantagem é que pelo fato de não ter um composição fixa você pode usar toda sua criatividade para arrumar locais mais interessantes e singulares, fazendo com que seja uma experiência bem diferente e agradável.

Dessa forma, esse tipo de negócio deixa os clientes com curiosidade e inspiradores, podendo pensar em criar suas próprias oportunidades.

Além de dar aquela sensação de exclusividade. Isso porque o público vai querer aproveitar aquele momento que pode ser a única chance de o consumidor conhecer a marca, por morar longe, não saber o endereço ou qualquer outro motivo.

Oportunidade para e-commerce e novos negócios

Agora que você sabe como funciona o Pop-up Store, o próximo passo é considerar que todo e-commerce também podem se beneficiar das lojas temporárias. Afinal, essa pode ser uma boa oportunidade de divulgar as próprias marcas para um público mais focado.

Até mesmo porque nem sempre você conseguiria atingir da forma convencional. De uma forma geral, para qualquer negócio que você tentar abrir, saiba que é muito mais tranquilo e menos arriscado investir na Pop-Up Store do que em um ponto físico.

E o motivo é muito simples: essa forma de investimento é excelente para testar qual seria a aceitação e visibilidade de abrir a sua empresa naquela local. É como se fosse um teste, entende? Tanto é que muita gente tem usado esse formato para começar um negócio.

Caso não alcançar os números satisfatórios o prejuízo será menor. Contudo, existem muitos exemplos de lojas que arriscaram abrir temporariamente e devido ao grande sucesso optaram em se fixar naquele local.

como funciona o Pop-up Store

Conheça algumas lojas temporárias brasileiras de sucesso

Se você acha que são poucos os exemplos de Pop-Up Stores que fizeram sucesso aqui no Brasil, saiba que está enganado. Obviamente, aqui ainda é um conceito novo. Mas, nem por isso, sem sucesso. Por isso, vamos mostrar alguns casos inspiradores para você conhecer.

No Brasil, essa atividade começou a ganhar força em 2009, graças a uma ação da gigante empresa esportiva Nike, que fez sua loja temporária na Galeria do Rock, em São Paulo. E como você sabe como funciona o Pop-up Store, nem vamos nos ater a falar os detalhes.

E mesmo depois de mais de 10 anos, ainda um dos modelos mais marcantes até hoje, servindo como um ótimo exemplo de sucesso por aqui.

Além disso, pensando em lojas que se especializaram em vendas online, um grande exemplo de sucesso é a Oppa, que trabalha com móveis. A sua Pop-Up Stores foi instalada no Shopping Eldorado, também em São Paulo.

Exemplos mais recentes…

E para provar que o assunto é ainda e novo por aqui, mas sempre fazendo sucesso, saiba que no ano passado a loja de cosméticos, Sephora foi mais ousada na sua ação. Assim, ao invés de abrir apenas 1 loja temporária foram 14 espaços espalhados em grandes capitais brasileiras.

O objetivo era o de apresentar os produtos para públicos diferenciados.

E o nosso último exemplo é o museu tecnológico, no bairro do Ipiranga, em São Paulo, que tinha o intuito de anunciar um novo prédio que ainda estava em construção. Além disso, aproveitou para mostrar a história do bairro e convidar a galera para apreciar o projeto.

As vendas subiram muito e 80% do empreendimento foi comercializado em somente 5 semanas. Assim, de brinde, ganhou interesse e confiança da comunidade local, provando que a ideia pode dar certa se for usada corretamente.

PROPAGANDA