Como Fazer a Análise SWOT: 10 motivos para investir hoje mesmo!

O que significa cada uma dessas letras e por que você deveria aplicar a técnica no seu negócio? Descubra Como Fazer a Análise SWOT!

Essa é uma ferramenta muito simples e que não é tão aplicada quanto poderia. SWOT é Strenghts, Weaknesses, Opportunities ou Threats. No Brasil, também é chamado de FOFA, isto é: Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças.

– Para que serve o SWOT?

Para fazer uma análise de cenário/ambiente com foco na gestão estratégica de uma empresa, podendo ser usada na busca de melhores resultados.

– E por que usar o SWOT?

Uma certeza em qualquer mercado é que a mudança é inevitável. Então, o que pode ser uma situação vantajosa para você ou seu produto hoje pode mudar amanhã.

Por isso, saber analisar os pontos fortes e fracos da sua empresa e do mercado é uma forma fundamental de fazer o planejamento para manter seu sucesso!

E a análise SWOT torna esse processo bastante fácil.

Pensando nisso, este conteúdo lhe vai ser muito útil para mostrar como aplicar a análise SWOT para obter melhores resultados para a sua marca!

E calma lá que vamos explicar Como Fazer a Análise SWOT! Só que antes vamos entender um pouco melhor disso tudo, tá bom?

SWOT – O que saber!

A análise SWOT é uma ferramenta de Marketing Digital bastante visual porque após identificar as forças (S), fraquezas (W), oportunidades (O) e Ameaças (T), você constrói um quadro organizando!

Esse quadro é muito útil para você, saiba disso!

O objetivo da SWOT é que após essa análise tanto do mercado, ou seja, uma análise externa e também das competências e falhas da empresa, uma análise interna, você defina estratégias e tenha mais clareza no momento da tomada de decisões.

Isso também é importante para o futuro da empresa!

Tanto que, ao criar o planejamento estratégico, a SWOT é indicada na fase de estudo de mercado e definição do cenário atual para que a empresa entenda qual sua situação hoje, onde ela deseja chegar e qual a melhor maneira de fazer isso.

10 motivos para investir hoje mesmo

  1. Promove um entendimento mais profundo sobre a situação
  2. Melhora o planejamento estratégico
  3. Facilita a tomada de decisão
  4. Explora novas possibilidades de soluções
  5. É um método simples e aplicável em vários níveis e áreas
  6. Identifica oportunidades para o sucesso
  7. Determina onde é possível fazer mudanças
  8. Revela prioridade
  9. É uma maneira simples de comunicar sua estratégia
  10. Organiza informações coletadas

Como Fazer a Análise SWOT

Como montar a sua Análise SWOT?

Comece desenhando quatro quadrantes, onde você irá preencher:

  • Forças (S – Strenghts),
  • Fraquezas (W – Weaknesses),
  • Oportunidades (O – Opportunities) e
  • Ameaças (T – Threats) da sua empresa e do seu mercado.

O ideal é que você vá escrevendo as suas respostas em um papel ou no seu editor de texto para mais tarde montar sua SWOT. A dica é anotar, captou?

Agora, vamos começar com os aspectos internos, ou seja, as forças e fraquezas da sua empresa. Nessa parte podem entra: fornecedores, equipe, clientes, concorrentes, tecnologia disponível, reputação, equipamentos, localização, etc.

Para identificar as forças do seu negócio, responda:

  • Quais são suas vantagens?
  • O que você faz bem?
  • Quais recursos você tem?

Para entender as fraquezas ou pontos negativos da sua empresa:

  • O que você não faz ou faz mal?
  • Seus recursos estão sendo suficientes?
  • A comunicação está adequada?

Agora que você já identificou os aspectos internos, está hora de enxergar melhor o cenário que pode afetar seu sucesso.

Como tendências na área, economia nacional e internacional, mudanças de perfil de pessoas da área, alterações de legislação, eventos nacionais e internacionais e mudanças culturais.

Vamos começar com aspectos positivos do mercado, as oportunidades:

  • Quais são as melhores oportunidades em um futuro próximo?
  • Quais são as tendências do mercado?
  • Qual é a melhor época para promover seu produto ou serviço?

Considere agora os aspectos negativos, as possíveis ameaças:

  • Quais obstáculos financeiros você irá enfrentar?
  • Que novas tecnologias podem afetar seu negócio?
  • Quais podem ser as mudanças promovidas pelos seus concorrentes?

Análise SWOT para o desenvolvimento pessoal

Apesar de ter sido criada para negócios, a análise SWOT é muito eficiente para trabalhos com saúde, educação e desenvolvimento pessoal.

Tanto que é bastante utilizada para a construção de planejamentos estratégicos pessoais.

A pessoa que deseja melhorar certos aspectos seus pode aplicar a SWOT para entender quais são suas maiores qualidades e também defeitos para identificar como esse “arsenal” interno.

Ee que por isso está sob seu controle pode ajudar a enfrentar a situação externa, seja o mercado de trabalho ou até mesmo um problema pessoal.

Caso você queira fazer uma análise SWOT pessoal, identifique suas forças:

  • Conhecimentos adquiridos
  • Características positivas
  • Contatos e parcerias

Para identificar esses pontos você precisa fazer uma autoanálise, mas também pode pedir ajuda a pessoas próximas a você, como colegas de trabalho, amigos e familiares.

Você também precisará definir com sinceridade seus pontos fracos.

Tente equilibrar o número de pontos fortes e fracos para que sua análise seja o mais realista possível.

Para estar bem preparado para o ambiente, você precisa entender quais são as situações atuais que terá que enfrentar ou aquelas que pode usar a seu favor, mesmo que você não tenha controle nenhum sobre elas.

Pense em tudo que pode auxiliar ou atrapalhar você na conquista dos seus sonhos e faça uma lista, classificando de acordo com o impacto que pode causar.

Como você viu, a análise SWOT pode ser usada tanto para criar estratégias para a sua empresa quanto para a sua vida pessoal, sendo uma ferramenta que, apesar de não ser muito nova, continua extremamente relevante para quem quer criar uma estratégia de sucesso em qualquer área.

Da redação

Add Comment