Saiba como escrever um e-mail marketing com base nos 6 modelos que existem

ANÚNCIO

Na hora de montar um e-mail marketing, o que mais acontece é dar aquele branco. Parece uma prova do Enem, sabe? E por mais dramático que seja, isso é real e acontece muito. Para te ajudar com isso, criamos esse texto que vai mostrar como escrever um e-mail marketing.

É claro que cada redator, cada empreendedor e cada pessoa tem a sua própria facilidade para isso. No entanto, há boas dicas que servem para todos. E uma delas é sobre conhecer os modelos de e-mail marketing que existem. Por que isso facilitar a entender o objetivo do texto.

ANÚNCIO

Sendo assim, vamos combinar uma coisa: primeiro vamos trazer os modelos de e-mail marketing que são mais usados hoje em dia. Depois, na segunda parte do texto, a gente fala sobre algumas dicas que são efetivas para montar um e-mail marketing de sucesso.

Os modelos de e-mail marketing

Antes de saber exatamente como escrever um e-mail marketing é importante a gente considerar quais são os 6 principais modelos que existem no mercado. Ou seja, que são os mais usados. Vamos lá.

1 – O e-mail de boas-vindas

Como o nome sugere, esse modelo de e-mail marketing é para dar boas-vindas aos clientes. Logo, trata-se de uma primeira interação entre o consumidor e a empresa. Nele, o ideal não é apresentar a lista de produtos ou serviços. Mas, dá para falar sobre cadastros, informações e até mesmo indicar alguns passos para conhecer mais da empresa.

ANÚNCIO

2 – Os newsletters

Essa próxima opção é conhecida por ser aquela que o cliente opta por receber, sendo que quase sempre são focadas em informações importantes ou até mesmo promoções. Esse é um modelo totalmente informativo, que visa na entrega de novidades ou informações relevantes. É isso.

3 – O e-mail promocional

Essa próxima ideia de e-mail é aquela que é focado no envio de promoções. Geralmente, é para promover a oferta, logo, trata-se de produtos com preços mais baixos ou serviços que possuem descontos de verdade. Também podem ser para divulgar eventos ou materiais gratuitos, como e-books.

4 – O lançamento de produtos

Diferente dos newsletters, que é bem mais focada em informações sobre produtos, sobre vendas, esse aqui tem o objetivo de falar sobre um novo produto que vai aparecer no mercado. A ideia é que é uma forma de agilizar a informação e fazer com que o seu mailing recebe como se fosse em primeira mão.

5 – E-mail de orçamento

Quando um cliente envia uma sugestão ou faz um comentário sobre um produto ou serviço, você pode retornar com um e-mail de apresentação ou de orçamento do mesmo. Sendo assim, será bem mais focado na questão comercial e técnica. Logo, o seu cliente deve receber informações essenciais, o que aumenta as chances de venda.

6 – E-mail transacional

Por último, nós temos o e-mail transacional, que nada mais é do que aquele que confirma uma transação que o cliente fez. Pode ser para falar do fechamento do pedido, para lembrar dos produtos no carrinho, para dizer que a compra foi efetiva, que o pagamento está aprovado, etc.

E como escrever um e-mail marketing

Agora, você sabe quais são os tipos de e-mail que existem. Claro que você não precisa ter todos disponíveis aí na sua empresa. Porém, é muito importante que você entenda a diferença entre eles. Afinal, nem todos são focados na venda. Não é mesmo?

O segundo ponto é você considerar que independente do modelo escolhido, você poderá usar algumas regras em comuns. Ficou confuso? Calma, vamos explicar isso de uma forma mais didática e você entender porque foi importante conhecer os modelos antes.

Conheça o público e tenha o objetivo

A primeira coisa a se pensar sobre como escrever um e-mail marketing é que você tem um modelo de e-mail. Certo. A próxima coisa é saber que você tem um público. Certo, também. No entanto, você terá um objetivo diferente conforme o modelo.

Por exemplo, mesmo que o seu público seja o mesmo, nem todo mundo vai ter interesse em um produto especifico ou vai mandar um direct para você perguntando sobre aquele serviço que você ofereceu há 2 meses. Então, além de conhecer o público é preciso saber objetivar.

Crie um design focado e foque na qualidade

O próximo ponto importante é você considerar que um e-mail marketing de orçamento tem que ser mais fácil de ser visto porque pode conter números, porcentagens, etc. Já um e-mail de apresentação pode ser bem mais breve e limpo. Entende a diferença?

Saiba como usar o e-mail marketing sem gastar muito [3 dicas de ouro]

Então, você deveria ter um design pensado para cada tipo de e-mail que será enviado. E jamais se esquecer de que, para todos os casos, a sua qualidade tem que ser de “excelência”. Então, capriche na escrita, na formulação e em todo o envio.

Use a sua criatividade e tenha chamadas para a ação

Para fechar esse conteúdo sobre como escrever um e-mail marketing, considere que você pode usar da sua criatividade para montar um texto incrível. Mas, por outro lado, jamais abuse ou ache que o seu cliente é bobo demais. Ok?

ferramenta de planejamento de palavras-chaves

Além disso, não esqueça do foco principal, que é a chamada para a ação. Ou seja, se o cliente quer saber de um produto, tenha um botão que o leve para o carrinho, por exemplo. Se é um e-mail de transação, tenha a opção de “acompanhar o pedido”, assim por diante.

ANÚNCIO