Será que clube de assinatura dá dinheiro? Saiba por onde começar

ANÚNCIO

Independentemente do produto ou serviço que você esteja vendo, saiba que você pode pensar nesse assunto. Tanto é que nos últimos meses, muitos empreendedores brasileiros têm se perguntado se “clube de assinatura dá dinheiro”. E você, pensou nisso? A gente vai refletir.

Até mesmo porque, como mencionamos, ainda que pareça impossível, saiba que o seu produto ou serviço pode se transformar em um clube. Claro que na maioria das vezes a gente fala de livros, cervejas artesanais, vinhos, produtos de beleza.

ANÚNCIO

Porém, também temos clubes de assinaturas de flores, de filmes e séries, de músicas, de TV, de jornais, de papeis, de crédito para transporte e até mesmo de churrasco. Então, para início de conversa, vamos entender o que é um clube e por onde podemos começar.

O que é um clube de assinatura

Na teoria, os clubes de assinatura são modelos antigos. Eles existem antes mesmo do mercado online e digital. Por exemplo, a assinatura de um jornal. Mas, vamos deixar o passado para trás por um momento e vamos incluir nessa receita as novas tendências.

Hoje em dia, o que o seu cliente busca? Entre tantas respostas, pode ser que você esteja pensando em algo que chegue próximo à palavra “exclusividade”, não é verdade? E é aqui que entram esses clubes de assinantes.

ANÚNCIO

Isso porque eles possuem vantagens e personalização de serviços. O que torna a ideia diferenciada e, na maioria dos casos, viável. Por exemplo, a Netflix vai além de ser um clube com filmes e séries de livre demanda. O serviço de streaming tem conteúdos sugeridos.

E isso é feito com base no gosto do assinante. Então, você ainda pode buscar o título no catálogo por categorias que mais gosta, por onde parou de assistir das últimas vezes e assim por diante. O mesmo vale para serviços de música, como Deezer ou Spotify.

Em números não tão recentes, mas que indicam o mercado, saiba que entre 2017 e 2018 tivemos um número de assinantes 23% maior do Netflix no nosso país.

Por onde começar

Agora, se você curtiu a ideia, mas não tem muita experiência nisso ainda pode estar se perguntando exatamente “por onde começar”. Afinal, ainda existe a dúvida para saber se o clube de assinatura dá dinheiro.

A primeira dica que a gente encontra dos profissionais é sobre escolher bem os parceiros comerciais. Mas, não somente isso. Você também deve ter cuidado ao encontrar fornecedores sérios, que não atrasem na entrega, por exemplo.

Na lista pontos importantes, nós ainda temos um outro quesito: a logística de entrega. A ideia é que você, enquanto empreendedor, sempre busque o melhor custo-benefício e se previna contra os problemas com o extravio.

Nesse começo de estudo da viabilidade, a gente ainda deve considerar que é importante pensar na publicidade, no acesso às informações e, logicamente, no suporte ao cliente, que é um item indispensavelmente importante para o seu clube.

Outros pontos

Se você acha que para um começo, tudo isso o que foi dito no tópico anterior basta, saiba que não. Você ainda deve pensar em usar as redes sociais, fazer eventos, experimentos. Sem falar ainda dos sistemas de pagamento, dos preços competitivos e dos pacotes.

Ainda é importante considerar o feedback de quem participa do clube. Ele vai ser uma espécie de termômetro para saber se o seu negócio está indo bem e tem prospecção de crescimento nos anos seguintes.

Outro dos pontos importantes é sobre a qualidade. Um clube de assinaturas de vinhos não deve enviar ao assinante apenas os vinhos mais baratos. A ideia não é essa. Ok? Mas, pensar em diferenciais sim é um ótimo começo, como enviar queijos ou acompanhamentos.

Por fim, saiba ainda que as regras para cancelamento do clube de assinatura devem estar tão claras para que o consumidor não se sinta prejudicado. Porque se ele fizer uma propaganda gratuita ruim do seu clube, aí sim você terá um grande problema a ser resolvido.

O que oferecer no clube

Agora você sabe o que é um clube de assinatura e por onde começar. Mas, não dá para dizer, ainda, se um clube de assinatura dá dinheiro. Sabe por que? Justamente porque isso vai depender do seu estudo, do seu projeto e até mesmo do que você vai oferecer.

Por exemplo, o que sabemos é que esse serviço tem uma forte demanda no país. No entanto, há de se destacar, especialmente, os clubes de assinatura de livros, que são os mais variáveis e há vários exemplos de sucesso que podem ser citados.

Um deles é a TAG Livros. Atualmente, é um dos maiores clubes do país, com mais de 25 mil assinantes, além de 100 mil assinaturas no clube Leiturinha. Basicamente, com o pagamento mensal, o consumidor recebe um kit literário em casa todos os meses.

Tem também o clube de vinhos. O Winet Club, por exemplo, tem 8 planos diferentes com assinaturas a partir de R$ 120,00. Logo, cada usuário tem direito a escolher 2 rótulos mensais, com 2 tipos de vinhos diferentes. E há o plano de 4 garrafas também e assim por diante.

Clube de assinatura dá dinheiro ou não?

Infelizmente, a gente não tem uma resposta única para isso. Mas, com certeza, após a leitura deste conteúdo, você vai conseguir começar a estruturar o seu plano de negócios pensando nesse tipo de serviço que pode oferecer no mercado.

Entre as vantagens, se a gente pode resumir, teremos: maior previsibilidade de vendas, maiores margens de lucro, conexão com o cliente, competitividade no mercado, rápido feedback dos clientes e gastos menores com clientes.

clube de assinatura dá dinheiro

Do lado negativo, porém, temos o fato de que ainda há muitos clientes com medo de fazer esse contrato a longo prazo, o problema em manter um valor durante o ano todo e a fadiga da assinatura, que pode ser um processo bem cansativo para o empreender.

Resumidamente, você deve fazer a conta e balancear os pontos positivos e negativos para saber se essa ideia vale a pena para você.

ANÚNCIO