Descubra como usar o chat para comunicação interna na empresa de forma assertiva

ANÚNCIO

O que já era uma tendência se tornou um processo muito mais rápido na prática. Com a pandemia do vírus no mundo todo, as empresas tiveram que se adaptar aos recursos tecnológicos. Assim, o chat para comunicação interna na empresa se tornou “comum”.

Então, em várias empresas, de vários setores e tamanhos, a gente vê que as ferramentas de chat têm sido muito aproveitadas. Se você já está atuando na internet há algum tempo, com certeza, já sabia que isso ia acontecer mais cedo ou mais tarde.

ANÚNCIO

No entanto, como nem todo mundo está adaptado a elas, a gente optou por criar esse conteúdo. A ideia é que as pessoas saibam como usar essa ferramenta digital de forma assertiva, proveitosa e que traga benefícios para os participantes e para a empresa.

Como usar o chat para comunicação internet na empresa

Pensando nisso, a gente trouxe aqui alguns tópicos bastante importantes que vão falar sobre essa estratégia de comunicação que tem sido tão usada. Assim, você vai poder fazer uma autoanálise para descobrir se está usando o chat de forma correta.

O que falar

A primeira coisa é considerar o que falar no chat da empresa. Independente se você usa o Trello, o Hangout ou Hibox qualquer outro, essa dúvida é bastante comum. Será que dá para falar de coisas pessoais também? De fato, essa não é a melhor recomendação.

ANÚNCIO

Por isso, a dica é que um chat da empresa seja usado para falar sobre coisas da empresa. Ok? Ainda que a outra pessoa que está no chat seja a sua amiga ou parente, considere que há outros canais para conversar de assuntos paralelos, que não ligado ao trabalho.

E já que os assuntos estarão ligados à empresa, considere a oportunidade de falar em grupo ou em público sempre que possível. É possível que tenha um grupo do seu departamento. Então, o seu assunto pode ser de interesse de todos. Fale lá.

Como falar

A próxima questão é sobre como falar no chat. Aqui também entra uma regra simples, que leva em conta o bom senso. Fale sendo você mesmo. Porém, sempre que possível, evite ser simplista demais. Como assim?

Se você está falando com colegas de trabalho, então, você não está falando com o seu amigo pessoal ou primo. Mesmo que ele seja o seu primo, você tem que ter uma forma mais direta e mais objetiva de se comunicar. Fale com transparência e evite brincadeiras.

Obviamente, dá para ser alguém que usa emoctions, figurinhas, expressões menos sérias e até mesmo uma linguagem descontraída. Isso é totalmente possível e até mesmo indicado. Mas, evite dispersar do foco, que é falar sobre coisas da empresa.

Com quem falar

De modo geral, o chat para comunicação interna na empresa vale para todos os funcionários. E, na maioria das vezes, fica aberta a comunicação entre os trabalhadores de qualquer função e área. Então, de forma simples, você pode falar com quem você quiser.

Porém, novamente, entra o bom senso. É claro que você não vai chamar o gerente da empresa para fazer um comentário que não vai agregar valor para ele, né? Além do mais, a dica é você sempre falar com a pessoa responsável por você lá, que pode ser um líder.

Leve em conta que dá para falar com quem quiser. Porém, o mais indicado é se comunicar diretamente com a pessoa responsável pelo seu departamento ou área. Se necessário, é ele que vai falar com as pessoas de nível acima.

Além do mais, muitas vezes há grupos criados para determinados setores. E há formas de falar com todo mundo ao mesmo tempo, também, como usando a @all. Mas, só faça isso em casos realmente urgentes ou necessários.

Quando falar

Sobre quando falar, você tem que saber que a primeira coisa importante é considerar o respeito. Por isso, sempre opte por falar em horário de trabalho. Além disso, fale quando algum problema ou oportunidade surgir.

Ao mesmo tempo em que não se deve deixar para depois, também não se deve esquecer de que do outro lado da “linha” há uma pessoa, com vida social e pessoal. O chat, muitas vezes, é acionado fora do horário de trabalho. Porém, isso só deve acontecer em casos extremos.

Além do mais, use as oportunidades para contextualizar os assuntos. Por exemplo, se agora estão falando sobre o novo produto, use esse momento para isso. Para amanhã não ser que voltar a falar da mesma coisa. Até dá para ser assim, mas não é o ideal.

Por último, saiba também que nem sempre dá para esperar que as respostas ou decisões sejam tomadas no chat. Se o assunto for importante e você já aguardou tempo suficiente, procure a resposta em outros meios, como e-mails ou até mesmo telefone.

A videochamada

Se esse assunto foi para falar sobre a importância do chat dentro da comunicação interna de uma empresa, ainda mais em épocas de distanciamento social e de trabalhos remotos, considere que as videoconferências também se tornaram importantes.

chat para comunicação interna na empresa

Porém, elas são bem diferentes dos chats. Se o chat é um bate-papo mais informal, mais leve e menos importante, por outro lado, a videochamada é oposta. Geralmente, ela indica uma reunião importante e pode conter com 2 pessoas ou muito mais.

Ontem, nós fizemos um conteúdo para falar exatamente sobre como um líder deve se comportar durante a videochamada da empresa. Na matéria, a gente cita 7 coisas que ele pode fazer para manter a conversa em grupo organizada. Leia e confira as dicas.

ANÚNCIO