Saiba como solicitar o cartão de crédito do BNDES

PROPAGANDA

O BNDES é o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social do país. É muito conhecido por ofertar aos empresários uma chance de crédito para investirem em suas ideias. A novidade é que agora o MEI também pode solicitar o cartão de crédito BNDES.

Aliás, o MEI é o Microempreendedor Individual e é uma categoria de empresa considerada micro. Ela tem sido alternativa para muita gente, inclusive, para quem trabalha na internet, com o marketing digital ou com canais do Youtube, por exemplo.

PROPAGANDA

Abaixo, a gente vai falar sobre algumas vantagens do cartão de crédito BNDES e também sobre como é o processo de solicitação, que pode ser feito online.

O que é o cartão do BNDES

O cartão do BNDES é um produto financeiro que funciona como um cartão de crédito. Só que a ideia dele é ser voltado para os empreendedores, de forma a financiar investimentos e o uso empresarial. Assim, vale para micro, pequenas e médias empresas, inclusive, MEIs – Microempreendedores Individuais.

PROPAGANDA

A partir daí, o BNDES tem algumas opções de cartões, como o Agro. O BNDES Agro é um cartão exclusivo para pessoas físicas, só que vale para quem tem propriedades rurais.

Antes mesmo de falar como solicitar o cartão de crédito do BNDES, vamos falar sobre os requisitos de quem pode fazer isso. Os pequenos empresários devem ter faturamento bruto anual de, no máximo, R$ 300 milhões e devem ser sediados no Brasil.

Outro detalhe do cartão é que os usuários podem fazer compras exclusivamente no site do BNDES, que vamos indicar abaixo. E, por lá, dá para seguir o passo a passo para a compra. Sendo que atualmente existem condições para as compras.

Por exemplo, é preciso considerar um limite de crédito máximo de R$ 2 milhões para clientes e para cada banco. Além disso, o prazo máximo de parcelamento vai até 48 meses, isto é, são 4 anos para pagar a conta. E as taxas de juros são pré-fixadas, vamos falar disso abaixo, também.

Conheça os 5 problemas fiscais que produtores digitais costumam enfrentar

O cartão do BNDES para MEIs

Vale criar um tópico para falar sobre o cartão para MEI. Isso porque é um assunto de interesse de muitos microempresários no nosso país. Para pedir o cartão vai ser preciso estar formalizado como MEI.

Aí, vai precisar apresentar documentos solicitados pelos bancos, além do certificado de regularidade do FGTS e do RAIS.

Lembrando que o BNDES não exige um tempo mínimo de atividade de MEI para que ele tenha o cartão de crédito. Mas, vale considerar que os bancos têm o direito e o poder de fazer tais exigências para conceder o crédito.

E vale considerar também que um cliente pode ter mais de um cartão BNDES. Isso acontece caso o banco trabalhe com mais bandeiras e que o limite não ultrapasse os R$ 2 milhões de crédito.

Como solicitar o cartão BNDES

Uma coisa que pouca gente sabe é que dá para solicitar o cartão do BNDES pela internet mesmo. É isso: a solicitação é online e você nem precisa sair de casa. Basta alguns cliques e algumas informações para fazer o seu pedido.

Existe uma página específica para isso, que é do cartãobndes e que foi criada junto ao governo federal. Por lá, o interessado vai precisar informar alguns dados da empresa, como o número do CNPJ e também o controle, que pode ser nacional ou estrangeiro.

Depois, também se exige outros dados. Entre eles: o número do CNAE Fiscal, o setor, o ramo de atividade e aí, por último, vem a escolha do banco emissor. Atualmente, o cartão BNDES é emitido por bancos como Sicredi, Bradesco, Caixa, Sicoob, Santander, Banestes, Banrisul e BRDE.

Vale lembrar, no entanto, que todo pedido passa por uma análise antes de ser aprovado. E isso quer dizer que nem todo pedido é aprovado. Aí, a alternativa é melhorar o score financeiro da empresa e fazer um novo pedido futuramente.

Outra coisa importante que o Banco diz é que é preciso estar em dia com as obrigações fiscais para pedir o cartão do BNDES. Isso inclui as contas com o INSS, com o FGTS, com os tributos federais e também a RAIS.

Lembrando também que o BNDES informa que a análise de crédito é de responsabilidade de cada banco emissor. “Incluindo a cobrança das prestações e a aplicação de tarifas”. Por isso, vamos falar mais das taxas, abaixo.

Para finalizar este tópico, considere que, quase sempre, o banco exige que o cliente abra uma conta para ter acesso ao cartão de crédito. Conforme o BNDES explica, isso é porque “os bancos cobram as faturas por meio do débito em conta corrente”.

As taxas de juros e as tarifas

No próprio site do BNDES tem a informação de que atualmente a taxa de juros praticada é de 1,21% ao mês. E há uma tabela geral de tarifas que informa a taxa mensal, sendo atualizada a cada novo período de 30 dias.

Inclusive, o BNDES informa uma simulação online da taxa de juros para um crédito de R$ 2.980. Ele pode ser pago em 3 parcelas de R$ 1.005 ou em até 36 parcelas de R$ 101. Considerando a taxa de 1,21% mensais. Para saber mais da simulação online, acesse.

O BNDES também informa que os bancos podem cobrar a Tarifa de Abertura de Crédito, que não deve exceder 2% do limite de crédito cedido. Para tirar dúvidas, acesse o tutorial do BNDES. Já para falar diretamente no BNDES, o interessado tem os números 0800-702-6337 ou o 0800-702-6307.

PROPAGANDA