Descubra como fazer Branded Content em 10 passos!

Branded contente… Você sabe o que é isso? Veja como funciona e como fazer o branded contente em apenas 10 passos.

Isso porque o branded contente serve como uma estratégia de marketing para a sua empresa e também para o seu negócio, assim como para os projetos e também para descobrir como alavancar o potencial que isso tem para crescer a sua audiência.

O branded content pode ser traduzido como “conteúdo de marca”.

E por conteúdo de marca você pode entender todo e qualquer conteúdo produzido por uma marca.

Porém, não é exatamente isso que o termo branded content realmente significa.

No marketing digital, você precisa entender além…

– O objetivo central do branded content não é a venda!

Esse é o papel da propaganda e até mesmo do conteúdo, em alguns casos. Mas, não do branded content.

E assim como muitas empresas, você pode estar se questionando: “por que investir em branded content se a intenção não é aumentar diretamente as vendas”?

Considere que o branded content tem como objetivo as seguintes questões:

  • A definição ou reforço do posicionamento da marca;
  • Aumento do valor de marca ou brand equity;
  • Lembrança espontânea da marca;
  • Criação de conexão com público-alvo ao incitar conversas sobre a marca.

O foco não está na venda direta, isso é certo!

Esse conteúdo não é sobre o produto ou sobre a empresa, mas sim sobre a audiência.

A mensagem do branded content não deve ser algo como “veja como esse produto é maravilhoso e irá resolver seu problema”, já que não há (ou pelo menos não deveria existir) a intenção de convencer as pessoas a tomar uma ação.

Você não vai querer convencer ninguém de nada, ok!

No entanto, esse tipo de conteúdo irá fazer com que as pessoas se lembrem da sua marca!

Quando surgir a necessidade, quando algum amigo precisar de alguma solução parecida com a que você oferece… Isso gera conexão.

Que nada mais é do que um sentimento de gratidão por parte da audiência.

Branded Content e Storytelling

Storytelling é a mais antiga forma de passar conhecimento através de gerações.

Storytelling é o conto de histórias reais e motivacionais e, muito provavelmente, você já viu alguma dessas por aí.

Ela representa também como olhamos para diversos fatos e formamos nossas opiniões, já que somos influenciados por histórias e pela forma como as interpretarmos.

A ideia é a de relacionar as pessoas com as histórias que são comuns a elas.

E como montar uma boa história?

Ela deve ser autêntica e criativa!

Assim, ela deve trazer uma conexão emocional e pessoal.

O que vai resultar em inspirar ação nas pessoas e levar o público a uma jornada de mudanças e transformações.

Observe que não estamos falando em vendas… Mesmo que isso vai ser importante no final.

As pessoas que contam e acreditam em histórias iguais possuem valores semelhantes.

A visão de mundo que temos é, simplesmente, uma coleção de histórias sobre fatos que acreditamos.

Muitas marcas estão melhorando sua habilidade de contar histórias que emocionam e prendem a atenção de quem lê, ouve ou assiste.

Nomes como Nike, Adidas, Boticário… Sempre fazem isso. Inclusive, Coca-Cola.

Se uma história é envolvente e emocionante, definitivamente as pessoas não irão achar ruim o fato de ela ter sido produzida e entregue por uma marca.

Justamente porque você está entregando conteúdo e valor e não vendas!

Ao contrário, podem sentir extremamente satisfeitas com aquela empresa.

Ou seja, a marca pode e até deve levar os créditos pela criação da história, mas desde que faça isso com sutileza.

Já viu as propagandas de vídeo da Coca-Cola? Então, raramente você vê uma propaganda direta de venda, não é mesmo? Isso porque eles vendem histórias.

Como fazer Branded Content?

Ao invés de espantar, você precisa encantar os seus clientes com o branded content.

Agora, como fazer isso?

Isso pode ser feito de várias formas e nós separamos 10 passos para você ser norteado.

1 – Descubra quem faz parte da sua audiência

Essas pessoas são quem teria interesse naquele conteúdo.

Em que tipo de assunto essas pessoas estão interessadas?

De alguma forma, isso os conecta com a sua marca

2 – Procure ver o que os canais de mídia

Quais canais têm como conteúdo o seu produto principal?

TV, cinema, blogs, jornais, revistas, rádios.

Todos estão fazendo em termos de conteúdo, já que eles produzem o que o público deseja.

E procure inserção de marca de forma bem-sucedida em alguns deles.

Alguns filmes de hollywood fazem isso com bastante eficiência.

3 – Crie sua persona

E também pesquise quais tipos de conteúdo ela tende a compartilhar.

Você pode usar o Buzzsumo para descobrir.

4 – Não use técnicas de calls to actions

Mesmo que você queira promover produtos, serviços e marcas.

Porque essa não é a ideia que está dentro de um branded contente.

5 – Transforme

Se você acredita que seu nicho de mercado não é interesse e nem poderá render boas histórias.

Assim, procure exemplos de outras marcas relacionadas que conseguiram transformar algo aparentemente “sem graça” em um divertido branded content.

6 – Área de atuação

O branded content não precisa estar diretamente relacionado a seu mercado de atuação.

Leve em consideração os interesses, desejos e paixões de sua audiência…

Mesmo que não sejam relacionados a seu negócio.

7 – Use diferentes formatos de mídia

Quando for contar a sua história, seja através de vídeos, podcasts ou textos.

Varie também os canais de distribuição do branded contente para aumentar o alcance da mensagem.

8 – Considere seus valores de marca

E posicionamento para definir qual a mensagem que você deseja passar através do branded content.

Por exemplo, você pode desejar mostrar que sua marca é descolada e jovem.

9 – Conte as histórias de seus clientes

Ou melhor, deixe que eles mesmos contem a sua história.

10 – Emoções

Tais quais felicidade, orgulho, satisfação, tristeza, raiva e choque podem produzir branded content que engajam e viralizam.

Será que o branded precisa abandonar o content?

As pessoas têm certa resistência á venda.

Se o possível cliente percebe que você está interessado somente em vender, tenha certeza de que ela irá se sentir desconfortável e até mesmo traído, em alguns casos.

Por isso que você precisa fazer com que o seu conteúdo seja tão envolvente e divertido que a parte da venda e da demonstração de marca não chamem tanta atenção assim.

Isso é branded content!

Porém, você precisa lembrar que o branded content precisa sim da presença de marca de alguma forma.

E por presença de marca não basta encontrar um conteúdo divertido e colocar seu logotipo nele. É preciso fazer com que ambos se integrem de forma orgânica e natural.

Infelizmente não há a medida certa nem a receita pronta para fazer isso.

Na dúvida, acompanhe a reação da sua audiência e aprenda com ela.

Add Comment