Descubra por que as empresas têm usado as assistentes virtuais inteligentes

A gente não precisa ir muito longe para se lembrar das assistentes virtuais inteligentes, né. É só falar da Siri, que você logo lembra da Apple. Essa assistente foi uma das pioneiras no mundo e até hoje é vista como muito “engraçada”.

Mas, não é só ela que existe e tem fama. A Google Assistant também é uma da lista. Apesar do nome não ser tão icônico assim, saiba que essa é uma das assistentes mais refinadas que existem no atual mercado.

E ainda existem outras que são bem interessantes. A Cortana é da Microsoft e está disponível até mesmo nos desktops. Tem ainda a Bixby, que é dos aparelhos Samsung e pode chegar até nas geladeiras mais modernas. E a Alexa é da Amazon, muito famosa no exterior.

O que é uma assistente virtual

Se você conhece todos esses nomes, mas ainda não se ligou para saber o que são ou quem são essas assistentes, considere que não é tão complicado assim entender. Até mesmo porque você já deve saber o que essas assistentes fazem, não é mesmo?

Elas são usadas para responder, de forma mais rápida, algumas dúvidas que os clientes possam ter. Aí, elas acabam sendo uma espécie de tecnologia para as “dúvidas mais frequentes” dos consumidores. E também permitem buscas mais breves sobre as questões.

PROPAGANDA

A gente não vai entrar nos detalhes da tecnologia, mas para você ficar a par do assunto, considere que essas assistentes fazem parte do “machine learning” e de “algoritmos”. Por isso, é considerada uma tecnologia de ponta.

E engane-se quem pensa que as assistentes virtuais estão apenas nos smartphones ou desktops. Atualmente, elas estão até mesmo em eletrodomésticos e em toda casa, no que são considerados objetos inteligentes.

Por que ter uma assistente virtual

Agora que você sabe o que é e quais são as principais assistentes virtuais inteligentes, vamos para o próximo ponto, que é justamente o de entender por que as empresas, especialmente de tecnologia, têm investido tanto nessas tecnologias.

E para deixar o tópico mais organizado, a gente separou as repostas em subtópicos. Cada um deles é para falar de um benefício dessa tecnologia. E isso vai acabar te surpreendendo, já que o crescimento das assistentes tem tudo a ver com as novas exigências dos consumidores.

Atendimento Personalizado

A primeira vantagem que esse tipo de tecnologia traz tem a ver com o atendimento personalizado. Isso porque a assistente virtual pode refinar e filtras as buscas dos clientes, sendo que atua também por 24 horas diárias e em todos os dias do ano.

Esse tipo de personalização responde à uma exigência das pessoas, que agora querem acessar as informações a qualquer hora do dia. Como consequência, isso acaba permitindo capturar dados e alinhas com a rotina das pessoas.

E sem contar que todas essas assistentes virtuais inteligentes que foram citadas aqui possuem a possibilidade de atuarem em vários meios virtuais, desde smartphones até computadores, notebooks, tablets e outros aparelhos.

Redução de Custos

Outra vantagem tem a ver com a redução de custos porque as empresas estão sempre pensando na otimização dos gastos. Assim sendo, evita-se um custo maior com contratações de pessoas, treinamentos para elas e até mesmo o pagamento de horas extras.

Isso porque a tecnologia permitir responder inúmeras questões a qualquer hora do dia e sem limitação de quantidade. Dá até para resolver problemas técnicos, o que acaba por “dispensar” um profissional desse nível. Logo, a empresa realoca o investimento para outras áreas e aumenta o seu core business.

Automação em Marketing Digital: o que é, como funciona e as vantagens

A Praticidade

Um último benefício dessas tecnologias que vamos citar aqui tem a ver com a praticidade. Isso porque esse tema é visto como essencial nos dias de hoje. Todo mundo quer objetividade, quer para já, quer resultados.

E, sim, as assistentes podem dar isso porque respondem rapidamente e sem limitações e a qualquer hora do dia. É prático: você entra lá, faz a sua pergunta e tem a sua resposta. Muito simples e prático.

E para quem está começando?

Agora que citamos as principais vantagens, não podemos deixar para trás o pequeno empresário, que é aquele que ainda não tem o renome de marcas como o Google ou a Apple. Afinal de contas, será que para ele essa tecnologia também é uma ideia boa?

Saiba que sim porque ela permite acessar a outras vantagens, que são mais indiretas, mas ainda assim podem representar um ótimo custo-benefício quando se faz a conta final.

A gente pode pensar, por exemplo, que a tecnologia vai permitir mais organização na gestão do empreendimento. Com as assistentes virtuais dá para agendar tarefas e mudar a agenda, por exemplo. Você gerencia tudo por comando de voz e isso te faz ganhar tempo.

Ainda temos que estudar a vantagem de automatizar as funções. Dá para pensar em pesquisas, pontos de referências, busca nos bancos de dados e até mesmo informações sobre alguma venda que foi feita.

Isso sem contar com o fato de que a tecnologia permite criar um ambiente mais colaborativo entre funcionários, colaboradores, parceiros. Isso não só facilita o trabalho, como também funciona como uma espécie de coach interativo, integrando as pessoas.

O aumento das vendas!

E para terminar a lista de vantagens, a gente não poderia deixar de falar das vendas, né. Com os atendentes virtuais fica claro que existe uma grande chance de as vendas aumentarem substancialmente.

E há pesquisas que já comprovaram que usar a ferramenta também vai permitir o aumento do ticket médio, a partir de táticas como o cross selling e o up selling. Assim sendo, não nos resta muitas dúvidas sobre o uso de tais tecnologias.

PROPAGANDA