As 5 principais áreas de profissionais de mídias sociais para 2019

Quando alguém fala que é um profissional de mídias sociais pode vir na sua cabeça que é aquela pessoa que fica o dia inteiro mexendo no Facebook. Não é? E, em partes, isso é bem verdade, tá bom. Confira neste conteúdo, porém, aquilo que você ainda não sabe!

Sabe que dentro do leque de profissionais de mídias sociais tem uma variação de funções? Existem diversas papéis que são importantes de serem executados nessa área. Descubra, as formas que se pode ter para trabalhar com as redes sociais hoje em dia.

Conhecendo a área

Antes de conhecer o que é cada função do trabalho que os profissionais de mídias sociais realizam é preciso saber quem ocupa essa área.

A pesquisa “O profissional de inteligência de mídias sociais no Brasil”, realizado no ano de 2017 pela pesquisadora Ana Claudia Zandavalle, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), mostra que 53% dos profissionais de mídias sociais no Brasil são as mulheres.

O levantamento ainda mostra que a área de mídias sociais tem muito o que crescer no País. Isso porque 47% dos profissionais que responderam à pesquisa de Zandavalle afirmaram que não se dedicam exclusivamente ao assunto.

E é aquilo lá: se você quer alcançar a perfeição, mais tempo você tem que se dedicar ao seu objetivo.

Se você quer se tornar referência nas mídias sociais e ser um expert no assunto ou fazer a sua empresa ser alvo de um “burburinho” positivo nas redes sociais, você precisa dedicar mais tempo, dinheiro e esforços nisso.

Entre aqueles 434 entrevistados que responderam as perguntas para a confecção do estudo,  46% disseram que são formados em jornalismo ou publicidade propaganda, um caminho mais natural para quem já está no mercado da comunicação.

No entanto, não é regra. O importante é entregar resultados.

O fato é que a faculdade pode te dar um horizonte, um norte, uma ideia de como tudo funciona. Mas, o mercado de marketing digital, como um todo, também aceita autodidatas e pessoas esforçadas em aprender.

O estudo ainda aponta que a execução dos serviços toma mais tempo do que a análise dos resultados – são 48% do total, ante 42%, respectivamente.

Para realizar esse tipo de trabalho, os profissionais entrevistados na pesquisa disseram que as ferramentas mais utilizadas na análise  de mídias sociais estão: Google Analytics; Scup; Facebook Insights; SocialBakers e Stilingue.

Em busca de qualificação profissional

No entanto, algo que a pesquisa demonstrou e pode trazer animação para quem quer investir na área e um caminho para quem deseja ingressar nela: 54% dos profissionais que trabalham com mídias sociais desejam, ou estão realizando, cursos para o aperfeiçoamento profissional na área.

O estudo ainda diz que 49% dos entrevistados responderam que utilizam material encontrado na internet para se inteirar mais sobre o assunto; 30% do total utiliza e-books ou livros e 26% costumam frequentar palestras e eventos relacionados a mídias sociais.

Além do mais, 119 cursos de especialização foram citados pelos entrevistados como sugestões de qualificação neste ramo dos serviços digitais.

5 principais áreas de profissionais de mídias sociais

As áreas que podem atuar os profissionais de mídias sociais são as seguintes: redação, design, métricas, mídia paga e relacionamento. Vamos ver como funciona cada uma delas na prática?

1 – Redação

– É o profissional que coloca o que foi imaginado na cabeça do profissional de mídia social no papel. Ele que vai definir os rumos do trabalho, além de deixa-lo palatável para o público. Ou seja, que vai ter de deixar tudo explicadinho, deixando a mensagem que se deseja transmitir bem clara.

2 – Design

– É a mente criativa do processo. É o que transforma os sonhos em realidade, digamos. Ele que que precisa ter a concepção artística do projeto e, assim como redator, é quem precisa transmitir a informação para o usuário.

3 – Métricas

– É o profissional que precisa fazer a análise das suas postagens nas redes sociais. Ele que conhece o que o usuário e seus seguidores preferem ver em suas timelines das redes sociais. Ele que está por dentro do que as pessoas querem  e procuram nas redes sociais.

Portanto, devem ser escutados com muita atenção e as ideias devem partir dos parâmetros apontados por eles.

4 – Mídia paga

 – Esse é o cara que anda com o cartão de crédito corporativo da firma. Brincadeira. Mas, é ele que decide como investir e qual o público alvo de sua empresa nas redes sociais.

Para trabalhar, esse profissional precisa de ter mapeada a análise do funcionamento das redes sociais da empresa, para poder decidir qual público terá preferencia nas propagandas patrocinadas. Qual faixa etária? Qual região de atuação? Qual o sexo? Qual o nível escolar? Etc.

5 – Relacionamento

– Outra função importantíssima. O profissional de mídias sociais responsável pelo relacionamento é quem vai interagir com os consumidores e usuários de suas redes sociais.

Ele que tem de ter o tato para atender às reclamações e reinvindicações e, também, trazer a leveza, e quebrar os números das análises e transforma-los em humanidade. Fazendo com que a rede social digital seja muito mais do que digital.

Formação ideal de agências de profissionais em mídias sociais

O profissional de mídia social precisa ter conhecimento do assunto, além disso, deve ter espírito empreendedor, afinal de contas, ele tem que saber como funciona todo o processo de criação para fazer um material mais atrativo e que faça com que as pessoas tenham olhos para a sua página, em meio a diversas reações, likes e compartilhamentos.

Além de tudo, é preciso dedicação.

Não é uma função a deixar a bel prazer ou nas mãos de qualquer pessoa e de qualquer jeito, então, ter uma boa presença nas redes sociais, faz com que a sua empresa esteja próximo dos clientes dela, ajuda a vender o produto e, principalmente, a marca.

Ou seja: significa dinheiro.

O ideal é que as empresas e agências de comunicação que atendem e gerenciam as redes sociais de diversas empresas, tenham profissionais especialistas em cada uma dessas áreas.

Assim, facilita o planejamento para a estratégia das redes sociais de seus negócios e também a proliferação de ideias.

Importante também, é que esses profissionais procurem cada vez mais aperfeiçoamento profissional, e que se dediquem, se tornando mais capacitado e dominando o assunto, sem que outras funções atrapalhem ou tirem a atenção, fazendo com que o trabalho fique melhor, fazendo jus aos investimentos realizados nele.