Anvisa reforça que uso de ivermectina não é recomendado – Entenda

ANÚNCIO

Nos últimos dias a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), vem reforçando em notas oficiais que o medicamento Ivermectina não tem nenhuma eficácia comprovada para tratamento contra o coronavírus.

O comunicado vem em um momento importante, uma vez que publicações em redes sociais com conteúdos sobre o uso do fármaco contra o novo vírus vem sendo amplamente sugeridas.

ANÚNCIO

Tal medicamento vem sendo testado como medida terapêutica no que tange ao novo vírus, entretanto, os resultados não certificaram garantia além do que é prescrito atualmente como seguro para administração do antiparasitário.

Anvisa reforça que uso de ivermectina não é recomendado - Entenda

Anvisa reforça que uso de ivermectina não é recomendado - Entenda
Fonte: reprodução/internet

Entenda agora neste artigo os detalhes da recomendação da Anvisa contrária ao uso de Ivermectina contra o coronavírus.

ANÚNCIO

Comunicado da Anvisa adverte contra uso do medicamento para terapia do novo vírus

Por enquanto o protocolo da Anvisa é contrário ao uso do medicamento para prevenção da enfermidade causada pelo coronavírus. Em notas oficiais, a autarquia vem intensificando sua posição:

“Não existem medicamentos aprovados para prevenção ou tratamento da Covid-19 no Brasil”

Veiculadas notícias sobre estudos em países estrangeiros empregando o medicamento in vitro com resultados positivos, passaram a servir como evidência da capacidade da droga para suprimir a capacidade do vírus de se multiplicar. Contudo, os testes não foram realizados diretamente em humanos, por isso não se sabe os efeitos do mesmo no organismo.

As redes sociais e seu papel na propagação indicações do Ivermectina contra o coronavírus

Ainda que não oficialmente anunciada uma vacina ou medicamento eficaz contra o coronavírus, as redes sociais vem sendo o veículo de divulgação de muitos possíveis “tratamentos eficazes” para cura da doença. O medicamento da vez é o Ivermectina, comercializado e prescrito para uso em combate de infestações parasitárias.

Essas postagens isoladas de comprovação da comunidade médica e científica fez com que o antiparasitário começasse a ter alta demanda em drogarias, e inclusive algumas prefeituras de grandes estados passaram a distribuir o medicamento, reforçando a influência da notícia para que as pessoas o utilizem como medida terapêutica, independentemente de qualquer aval das autoridades de saúde.

Para que serve o medicamento Ivermectina?

A droga somente é indicada para tratamento de infecções parasitárias e  provocadas por vermes, além de eficácia contra a escabiose, conhecida popularmente como sarna e ácaros. Dessa forma, o profissional que prescrever o seu uso para tratamento do coronavírus, deve arcar com a responsabilidade.

Testes e estudos com o medicamento Ivermectina na Covid- 19

Estudos e testes vêm sendo divulgados em plataformas e por diversos países, reiterando a possibilidade da droga ser administrada para prevenção e tratamento do coronavírus. Uma dessas publicações veio em forma de artigo divulgado em um portal de mesma fonte da hidroxicloroquina, já disseminado também como eficaz contra o novo vírus.

Em território brasileiro uma equipe de duas grandes Universidades (UFRJ e UFPE) pretendem realizar um ensaio clínico com o objetivo de verificar os reais resultados da droga contra o coronavírus.

No entanto, como não existem resultados conclusivos de eficácia do fármaco que extrapolam sua recomendação além do que indica sua bula, resta somente a comunidade científica investigar e comprovar ou descartar em absoluto sua administração, que até o presente momento apresenta profundas divergências entre médicos e pesquisadores.

ANÚNCIO