5 tendências em Martech para a próxima década

ANÚNCIO

“Tem sido um ano louco.” disse Scott Brinker, Chefe Martec e VP Platform Eco-System da HubSpot. Este ano, disse ele, a mudança organizacional finalmente começou a acompanhar a mudança tecnológica.

“O pessoal da Twilio fez um estudo com 2.500 empresas e descobriram que 97% delas relataram que o COVID-19 havia acelerado sua transformação digital”, disse ele. “Em média, as empresas disseram que acelerou em seis anos.”

ANÚNCIO
5 tendências em Martech para a próxima década
Foto: (reprodução/internet)

Brinker, que também atua como presidente do programa da conferência MarTech, também citou evidências da McKinsey que encontraram 10 anos de crescimento este ano em um período de três meses.

Parte dessa transição rápida foi dolorosa, reconheceu Brinker, mas: “Há boas notícias. Eu realmente acredito que podemos fazer isso. E quando eu olho para as tendências que já estão em andamento na tecnologia de marketing hoje e começo a extrapolá-las para os próximos 10 anos, as coisas vão ficar muito legais”.

As cinco tendências que definirão a próxima década, disse Brinker, são:

ANÚNCIO
  • Sem código (criadores cidadãos);
  • Plataformas, redes e mercados;
  • A grande explosão de aplicativos;
  • De big data a big ops
  • Humanizando homem e máquina.

Sem código

Esta é a tendência dos cidadãos criadores – não desenvolvedores – poderem criar aplicativos sem a necessidade de habilidades de codificação.

Plataformas, redes e mercados

Embora esses três conceitos se sobreponham, Brinker os conceitua como (1) as bases de software comuns sobre as quais soluções, fluxos de trabalho e campanhas podem ser construídos; (2) a facilitação da comunicação, colaboração e compartilhamento de ativos entre os usuários; e (3) espaços como Etsy e Fiverr que aproximam produtores e consumidores.

A grande explosão de aplicativos

A IDC publicou estimativas de que mais de 500 milhões de aplicativos e serviços digitais serão desenvolvidos e implantados usando abordagens nativas da nuvem até 2023.

De big data a big ops

Após uma década focada em big data, disse Brinker, a próxima década enfatizará os processos desencadeados por ela, a maneira como é destilado em informações e percepções, e a forma como é ativado por profissionais de operações de marketing que serão capazes de realizar análises dos insights e orquestração das ações que se seguem.

Humanizando homem e máquina

O poder da IA continuará a crescer, mas permanecerá a necessidade de coisas nas quais os humanos se especializam, como conhecimento de domínio e compreensão de negócios.

Fique por dentro: Algumas dicas antes de comprar um CDP para sua pilha de martech

As experiências que priorizam os dispositivos móveis se tornarão apostas pós-COVID-19

Uma abordagem que prioriza o celular se tornará uma aposta na criação de ambientes convenientes e seguros para o envolvimento dos clientes.

Os aplicativos móveis serão a principal ferramenta para preencher a lacuna entre a experiência de compra online e na loja, ajudando a fornecer conveniência adicional no momento em que os consumidores mais precisam.

Enquanto os consumidores ainda estão fazendo a maior parte de suas compras online via desktop, os varejistas estão trabalhando para impulsionar a adoção de seus aplicativos móveis, otimizando os tempos de carregamento, agilizando o checkout e adicionando opções de pagamento fáceis.

Os varejistas com uma forte infraestrutura de comércio eletrônico e uma experiência de aplicativo móvel fácil de usar estarão mais bem posicionados para acomodar os consumidores e responder às suas necessidades em constante mudança.

Embora o comércio eletrônico seja crucial em um mundo pós-COVID-19, os varejistas também devem aproveitar a tecnologia móvel para fazer com que os clientes se sintam seguros em lojas físicas existentes.

Por exemplo, programas de orientação móvel podem ajudar os clientes a navegar pelos corredores com mais facilidade e reduzir o tempo gasto na loja, enquanto as opções de clicar e coletar permitem que os consumidores limitem o contato com outros compradores.

Fique atento ao futuro

Ainda há muitas coisas para vir e outras que pode mudar de acordo com as previsões que fazemos. É essencial que o profissional de martech fique atento a essas mudanças, aliás, eles será diretamente impactado com isso.

Traduzido e adaptado por equipe Nomadan

Fonte: Marketing Land e ClickZ

ANÚNCIO