10 erros de marketing por email que você talvez esteja cometendo

ANÚNCIO

Os profissionais de marketing de hoje estão em um mundo totalmente novo, pois a tecnologia permite que você reúna novos leads online, ao mesmo tempo que melhora a retenção de clientes. No entanto, campanhas de email mal projetadas prejudicam a reputação e enviam os argumentos de venda direto para a pasta de spam.

Muitos novatos (e até profissionais de marketing experientes) cometem erros comuns ao implantar emails.

ANÚNCIO

Evite cometer 10 dos erros comuns de marketing por email a seguir, para fazer com que mais pessoas abram suas mensagens e, mais importante, tome medidas que resultem em aumento de receita.

10 erros de marketing por email que você talvez esteja cometendo
Foto: (reprodução/internet)

1. Incluindo Linhas de Assunto Pobres

Todos nós recebemos muitos emails. Como resultado, muitos leitores simplesmente examinam cada linha de assunto do email por meros microssegundos antes de realizar uma exclusão em massa de argumentos de venda indesejados.

Todo mundo já viu linhas de assunto grandiosas prometendo ao leitor que eles podem perder 20 quilos em duas semanas ou gerar uma renda de seis dígitos no mês seguinte. Assuntos de email exagerados gritam spam, e os leitores costumam marcá-los como tal, para consternação dos profissionais de marketing.

ANÚNCIO

Mesmo quando os leitores evitam rotular um determinado remetente como spam, proclamar o impossível os faz revirar os olhos e marcar a caixa de exclusão.

As linhas de assunto que obrigam os leitores a abri-los e a tomar medidas compartilham várias características:

  • Elas não enganam as pessoas para que elas possam abrir, então elas fornecem valor
  • Elas são curtas, doces e diretas
  • Elas se concentram no assunto, evitando palavras triviais e de preenchimento
  • Elas soam profissionais, não sensacionais
  • São personalizadas
  • Elas evitam gritar com o leitor em letras maiúsculas

Profissionais ocupados evitam emails cujas linhas de assunto não oferecem valor percebido. Emails excluídos sem abrir devido a títulos sem brilho desperdiçam o tempo dos profissionais de marketing e não geram receita adicional por seus esforços.

2. Falha ao utilizar visualizações de mensagens

A maioria dos programas de email apresenta pré-visualizações que apresentam aos leitores os tópicos abordados na correspondência. A visualização do email funciona um pouco como uma pista em uma notícia: os leitores querem saber se o restante do conteúdo valerá a pena ler.

Assim como a primeira linha de um artigo precisa atrair o interesse dos leitores, as visualizações das mensagens permitem que os clientes em potencial saibam se desejam ler mais.

Lembre-se desta regra: a primeira linha de qualquer email é a que tem a melhor classificação em termos de qualidade. Mesmo que o conteúdo que segue a primeira linha se assemelhe ao email direta no mesmo nível do talento criativo de David Ogilvy, palavras que ninguém lê não vendem nenhum produto ou serviço.

3. Não permitindo que os leitores respondam

Ninguém espera receber correspondência por email de seu aparente bom amigo chamado Não Responda. Os emails que não permitem que os leitores respondam e façam quaisquer perguntas que possam ter, os levam a procurar organizações com mais pessoalidade para fazer negócios. Um email de Marisol.Martinez@mybusiness.com é aberto com mais frequência do que de um “contato” anônimo.

Sempre forneça aos leitores uma maneira de entrar em contato. Se permitir respostas for muito complicado, integre um link “Fale conosco” que leva os clientes em potencial a uma página de destino bem projetada, onde eles podem fazer perguntas ou solicitar mais informações.

Essas páginas também podem capturar informações adicionais de clientes em potencial. Por exemplo, os corretores de imóveis podem exigir que os contatos indiquem seu cronograma para comprar ou vender uma casa.

4. Vindo com uma aura misteriosa

Os leitores de hoje evitam abrir emails que contenham até mesmo algo que parece ser uma isca (phishing) para ele. Muitos já foram vítimas de golpes, enquanto outros leram sobre os perigos na mídia. Uma vez que uma empresa ganha reputação por mensagens de marketing enganosas, reparar os danos pode levar anos, isso se o dano for reparado.

Evite exageros em campanhas de email. Sempre mantenha o tom profissional e cortês, e vá além, incluindo um aviso de privacidade em cada email, permitindo que os leitores saibam como cancelar a assinatura.

Embora nenhum profissional de marketing queira perder nem mesmo um cliente em potencial, as consequências de ganhar a reputação de organização não confiável afetam a receita mais do que um punhado de pessoas cancelando a assinatura por motivos pessoais.

5. Enlouquecendo com gráficos e banco de imagens

Muitos consumidores hoje possuem computadores capazes de carregar conteúdo com muitas imagens rapidamente, mas projetar uma campanha em torno de nada além de gráficos afasta os leitores e faz com que a correspondência pareça irrelevante.

Embora o uso correto de gráficos e gráficos de venda destacados possam aumentar as taxas de conversão, considere-os as especiarias que você adiciona ao prato principal de conteúdo de qualidade. Um pouco vai longe e muito estraga toda a refeição.

Fique por dentro: Veja 7 dicas para evitar que seus emails caiam no Spam dos clientes

6. Ficando fora de alcance

Muitos profissionais de marketing trabalham muito duro com emails indesejados ou negligenciam o contato após o lançamento de uma ou duas campanhas bem-sucedidas.

Por mais que alguns amem seu conteúdo informativo, deixar passar muito tempo entre as correspondências distrai a atenção deles em outro lugar e bombardear os leitores com emails diários quando eles se inscreveram apenas para um boletim informativo mensal, irrita os seguidores leais.

O ideal é permitir que os visitantes do site indiquem a frequência de atualização desejada ao se inscrever e honrar seus desejos. Automatize emails para enviar em intervalos regulares, mesmo durante as férias ou licença para evitar falhas de comunicação.

7. Negligenciar usuários móveis

Hoje em dia, grande parte da população brasileira (e mundial) utilizar dispositivos inteligentes diariamente. Deixar de adaptar as campanhas de email para carregar corretamente nas janelas do iPhone resulta em perda de clientes e receita.

Sempre teste a versão beta das campanhas de email em uma variedade de dispositivos para eliminar problemas de qualidade e tempo de carregamento. Apesar dos profissionais de marketing não poderem controlar totalmente os problemas de velocidade de dispositivos mais antigos ou rede de internet de baixa qualidade, eles podem criar layouts que permitem que a maioria dos usuários visualize seu conteúdo mais rapidamente.

8. Falha ao rastrear campanhas

As campanhas de email precisam incorporar programas de rastreamento para identificar quais mensagens levam os clientes em potencial a agir e quais são enviadas diretamente para a lixeira computadorizada. Estabeleça um sistema de rastreamento para melhorar continuamente as medidas de marketing e aumentar as taxas de conversão.

Muitos sistemas de software de CRM incluem ferramentas de rastreamento de email e profissionais de marketing experientes utilizam o pacote completo para avaliar a eficácia da campanha. Isso também faz com que atinjam os clientes com maior probabilidade de abrir sua correspondência e atraí-los com ofertas especiais para aumentar as vendas.

9. Não podando os galhos

Fazer com que os clientes assinam e pagam voltem para verem mais conteúdo, mostra a importância de evitar a perda de tempo com aquelas pessoas que nunca abrem emails ou, até pior, os que denunciam a mensagem como spam. Avalie sua lista de clientes trimestralmente e exclua contatos que nunca foram convertidos.

Embora a eliminação de leads pareça uma proposta perigosa para muitos profissionais de marketing, no longo prazo, aqueles que se concentram principalmente em clientes engajados obtêm retornos mais elevados em seu investimento em campanhas de email. Cancelar a assinatura de email é realmente uma coisa boa .

Cada assinante custa um pouco de dinheiro e, embora o valor individual pareça pequeno, por que desperdiçar um centavo com clientes que apagam mensagens cuidadosamente elaboradas de maneira consistente?

10. Esquecendo uma frase de chamativa

O aspecto mais importante das campanhas de marketing por email é fazer com que os leitores ajam e invistam em produtos e serviços.

As chamadas para a ação eficazes têm como foco o cliente, não o produto.

Crie chamadas para a ação centradas nas necessidades dos leitores. Eles precisam de mais tempo durante o dia? Eles estão pesquisando o melhor software tributário para preparar uma declaração com vários Schedule Cs? Ofereça soluções sem depender de afirmações hiperbólicas.

Criação de campanhas de email que vendem

O email oferece uma maneira barata de alcançar clientes em potencial, mas campanhas mal elaboradas dão aos clientes em potencial a impressão de que uma empresa só quer receber seu dinheiro, oferecendo pouco valor em troca.

Campanhas bem sucedidas mantêm as necessidades do cliente em primeiro lugar ao criar scripts de conteúdo de marketing e oferecem soluções reais para os problemas diários sem prometer a lua.

Para que erros comuns sejam evitados, os profissionais de marketing podem enviesar seu público com muito mais eficácia do que apenas com anúncios tradicionais por meio da rádio e TV.

 

Traduzido e adaptado por equipe  Nomadan

Fonte Convince & Convert

ANÚNCIO